Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Construções e instalações para caprinocultura

942 views

Published on

Construções e instalações para caprinocultura, informações métricas

Published in: Science
  • Login to see the comments

Construções e instalações para caprinocultura

  1. 1. Construções e Instalações para Caprinocultura Daphene Rodrigues UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE AGRONOMIA E ZOOTECNIA
  2. 2. INTRODUÇÃO GENÉTICA SANIDADE NUTRIÇÃO CONDIÇÕES AMBIENTAIS INFORMAÇÕES 2
  3. 3. INTRODUÇÃO Vantagens Otimização da relação: homem/animal/ambiente Facilita e reduz a mão-de-obra Favorece manuseio do rebanho Favorece o controle de doenças Protegem e dão segurança ao animais Dividem pastagens Armazenam e reduzem o desperdício de alimentos 4
  4. 4. INTRODUÇÃO Objetivo de uma boa instalação É viabilizar e facilitar o manejo geral de um rebanho caprino, sem causar estresse aos animais, otimizando o emprego da mão-de-obra, reduzindo custos e favorecendo a produção e a produtividade do empreendimento. 5
  5. 5. INTRODUÇÃO Considerações na construção Fatores climáticos Temperatura Umidade relativa do ar Velocidade do vento Precipitação Técnicas de produção Sistema de produção Local Poder de investimento 6
  6. 6. INSTALAÇÕES Apriscos Saleiros Pediluvio Esterqueiras Bretes Cercas Comedouros Bebedouros Quarentenários Currais 8
  7. 7. APRISCOS Baias por categoria: Fêmeas em lactação; fêmeas secas; animais jovens; recria; cria; maternidade; e reprodutores Escritório Farmácia Sala de ração Sala de ordenha 9
  8. 8. APRISCOS Principal instalação Piso batido ou suspenso ripado Orientação Leste – Oeste Declividade 2,0 a 5,0% Próximo a fontes d’água 10
  9. 9. APRISCOS COLETIVAS – máx 12 animais 1,5 – 2,0m² / animal Pé direito 2,5 – 3,0m Piso suspenso – 0,8 – 1,0m Ripas 4,0 – 7,0cm Espessura 1,5 – 3,0cm Distância Jovens 1,0cm Adultos 1,5 – 2,0cm Rampas 1,0 – 1,5 m largura 11
  10. 10. CENTROS DE MANEJO Apriscos 12
  11. 11. Baias para fêmeas secas ou em lactação INDIVIDUAIS COLETIVAS APRISCOS COLETIVAS – máx 12 animais 1,5 – 2,0m² / animal 13
  12. 12. APRISCOS 1,5 – 2,0m² / animal http://www.capritec.com.br/csa/Instalacoes/htm14
  13. 13. BAIAS COLETIVAS 15
  14. 14. BAIAS COLETIVAS 16
  15. 15. BAIAS INDIVIDUAIS 17
  16. 16. BAIAS INDIVIDUAIS 18
  17. 17. Baias para animais jovens COLETIVAS – até o desmame DIVIDIDA POR SEXO – venda dos reprodutores APRISCOS COLETIVAS – máx 20 animais 0,5m² / animal 19
  18. 18. BAIAS COLETIVAS 20
  19. 19. Baias para recria Fêmeas que serão mantidas no plantel Vendidas como reprodutoras APRISCOS LOTE – máx 10 animais 1,0 - 1,5m² / animal 21
  20. 20. Baias maternidade Locais de movimentação mínima Boa visibilidade APRISCOS LOTAÇÃO – máx 3 animais 4,0m² / animal 22
  21. 21. MATERNIDADE 23
  22. 22. Baias para reprodutores Individuais Fora do capril APRISCOS DISTÂNCIA – 200m no mín 5,0m² / animal 24
  23. 23. REPRODUTORES http://www.capritec.com.br/csa/Instalacoes/Reprodutores/Ins-Rep.htm25
  24. 24. SOLÁRIO Fêmeas secas ou em Lactação 6,0m² / animal Animais jovens 2,0m² / animal Reprodutores 5,0m² / animal Vitamina D: participa na absorção de cálcio e fósforo no intestino, no transporte desses elementos no sangue e na mobilização e fixação desses minerais nos ossos. Em condições normais a necessidade desta vitamina é suprida pela produção na pele do animal quando em exposição à luz solar. A deficiência em animais jovens pode acarretar raquitismo (crescimento retardado) e, devido às alterações no metabolismo ósseo, fraqueza e dificuldade de se levantar ou deitar. 26
  25. 25. APRISCOS Escritório e Farmácia Sala de 6,0 m² Sala de ração Próximo a ordenha Arejada com grandes janelas Sala de ordenha Próximo das baias das fêmeas e longe das dos machos 27
  26. 26. SALA DE ORDENHA MANUAL 28
  27. 27. SALA DE ORDENHA MECANIZADA  http://www.capritec.com.br/csa/Instalacoes/Ordenha/Ins-Ord.htm29
  28. 28. 30
  29. 29. Saleiro Maderia, metal, pneus, alvenaria Dentro ou fora da baia CENTRO DE MANEJO 0,20 x 0,40m (largura x profundidade) 0,50 a 0,60m altura 31
  30. 30. SALEIROS 32
  31. 31. Pediluvio Portátil ou Fixo – Entrada dos currais Associado ao brete CENTRO DE MANEJO Largura igual a da porteira 2,0 x 0,15m (comprimento x profundidade) 33
  32. 32. PEDILUVIO 34
  33. 33. Esterqueira Paredes de concreto ou tijolos Protegido da água da chuva e do ressecamento excessivo do sol CENTRO DE MANEJO 50 m de distância mín do capril Piso espessura 0,10m (concreto) Fermentação Completa 60 – 90 dias 35
  34. 34. ESTERQUEIRAS 36
  35. 35. Bretes Acompanhado de uma seringa Fechamento lateral sem espaçamento CENTRO DE MANEJO Largura inferior 0,25 – 0,40 m Largura superior 0,35 – 0,50 m 5,0 –11,0 m comprimento 0,80 m altura 37
  36. 36. BRETES 38
  37. 37. BRETES 39
  38. 38. Cercas Pedra, madeira, vara, bambu, cerca viva, arame liso, tela, elétrica, alvenaria. CENTRO DE MANEJO 40
  39. 39. Tipo de cerca/FIO Arame Farpado Arame liso 5 fios Arame liso 6 fios 1° fio 5 cm 10 cm 10 cm 2° fio 10 cm 15 cm 15 cm 3° fio 15 cm 20 cm 20 cm 4° fio 15 cm 25 cm 25 cm 5° fio 20 cm 25 cm 30 cm 6° fio 25 cm – 30 cm TOTAL 90 cm 95 cm 130 cm CERCAS 41
  40. 40. Cochos Fácil limpeza, localizados fora da baia Uso de ripas de proteção CENTRO DE MANEJO Categoria Comprimento (m/animal) Até 6 meses de idade 0,20 – 0,30 De 6 a 12 meses de idade 0,25 - 0,33 Fêmeas adultas 0,30 – 0,40 Reprodutoras 0,40 – 0,50 42
  41. 41. COCHOS 43
  42. 42. COCHOS 44
  43. 43. COCHOS 45
  44. 44. Bebedouro Acesso à vontade Longe de saleiros e volumosos Água boa e de qualidade Automático (com boia ou válvula), tipo chupeta, alvenaria, baldes, vasos comunicantes (gravidade), aguadas. 0,80m de altura (degrau para filhote) CENTRO DE MANEJO 46
  45. 45. BEBEDOUROS 47
  46. 46. BEBEDOUROS 48
  47. 47. BEBEDOUROS 49
  48. 48. BEBEDOUROS 50
  49. 49. Quarentenário Recebe os animais novos Longe do Rebanho Fornecimento de água e alimento CENTRO DE MANEJO 1,5 – 2,0m² / animal 51
  50. 50. Local de isolamento Longe do Rebanho Animais doentes ou em recuperação CENTRO DE MANEJO 1,5 – 2,0m² / animal 52
  51. 51. Currais Pesagem Vermifugação Vacinação Banho sarnicida Casqueamento Tosquia Corte de cauda Apartação, entre outras. CENTRO DE MANEJO 53
  52. 52. Currais Baias Brete Seringa Pediluvio, etc. CENTRO DE MANEJO 54
  53. 53. Obrigada!!! 56

×