Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

3

Share

Download to read offline

Programa de estudo - As Leis Morais em Nossas Vidas

Download to read offline

Programa de Estudo baseado na IV Parte de "O Livro dos Espíritos"

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Programa de estudo - As Leis Morais em Nossas Vidas

  1. 1. AS LEIS MORAIS EM NOSSAS VIDAS | Apresentação do Programa | Quarta-feira | 17.03.2010
  2. 2. Imagem da internet
  3. 3. Vale dar uma olhada nas memórias de Sir Isaac Newton escritas por Willian Stukeley, recentemente disponibilizadas no site da Royal Society. Nas páginas 42 e 44, Stukeley descreve a conversa que teve com Newton sobre o surgimento da sua teoria da gravitação, a famosa passagem da queda da maçã. http://ttp.royalsociety.org
  4. 4. ... Após o jantar, com o clima ameno, fomos até o jardim beber chá sob as sombras de algumas macieiras, somente ele e eu. Presenciamos uma queda e ele me contou que foi em uma situação similar, em outra ocasião, que as idéias sobre gravitação vieram a sua mente. "Porque uma maçã sempre cai perpendicularmente ao chão?", pensou com ele mesmo.
  5. 5. Perplexo pela queda da maçã, sentou e põe-se a meditar. "Porque não vai para o lado, ou para cima? Mas sempre em direção ao centro da terra? Com certeza, a razão é que, a terra atrai a maçã. Com certeza há um poder atrativo na matéria. E a soma de todo o poder atrativo da terra deve estar localizado no seu centro, não nas suas bordas.
  6. 6. Assim, essa maçã cai perpendicularmente, ou para seu centro. Se matéria de fato atrai matéria, isso deve se dar na proporção da sua quantidade. Assim, a maçã atrai a terra, da mesma forma que a terra atrai a maçã."
  7. 7. Lei da Gravitação Universal Pouco se sabia sobre gravitação até o século XVII, pois acreditava-se que leis diferentes governavam os céus e a Terra. A força que mantinha a Lua pendurada no céu nada tinha a ver com a força que nos mantém presos à Terra. Isaac Newton foi o primeiro a pensar na hipótese das duas forças possuírem as mesmas naturezas; até então, havia apenas a teoria que dizia que era o magnetismo que fazia os planetas orbitarem o Sol.
  8. 8. Lei da Gravitação Universal Newton explica, “Todos os objetos no Universo atraem todos os outros objetos com uma força direcionada ao longo da linha que passa pelos centros dos dois objetos, e que é proporcional ao produto das suas massas e inversamente proporcional ao quadrado da separação entre os dois objetos.” A força de atração entre dois objetos é chamada de peso.
  9. 9. Sir Issac Newton ( Woolsthorpe, 4/01/1643 - Londres, 31/03/1727 ) Imagem da internet
  10. 10. LEI 1. Lei, no sentido geral, é o preceito que emana de uma autoridade soberana. 2. Lei, no sentido cientifico, é uma regra que descreve um fenômeno que ocorre com certa regularidade. 3. Lei, no sentido jurídico, é uma norma ou conjunto de normas jurídicas criadas através dos processos próprios do ato normativo e estabelecidas pelas autoridades competentes para o efeito.
  11. 11. L.E., questões 617 e 617 a “Todas as (leis )da Natureza são leis divinas, pois Deus é o autor de tudo. O sábio estuda as leis da matéria, o homem de bem estuda e pratica as da alma.” “Entre as leis divinas, umas regulam o movimento e as relações da matéria bruta: as leis da física, cujo estudo pertence ao domínio da Ciência.
  12. 12. L.E., questões 617 e 617 a “As outras dizem respeito especialmente ao homem considerado em si mesmo e nas suas relações com Deus e com seus semelhantes. Contém as regras da vida do corpo, bem como as da vida da alma: são as leis morais.”
  13. 13. JESUS “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.” - (S. MATEUS, cap. V, vv. 17.) - Imagem da internet
  14. 14. JESUS Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. - (S. MATEUS, cap. 22, vv. 36 a 40.) - Imagem da internet
  15. 15. JESUS Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. - (S. MATEUS, cap. 22, vv. 36 a 40.) - Imagem da internet
  16. 16. L.E, conclusão, item VIII Perguntam algumas pessoas: Ensinam os Espíritos qualquer moral nova, qualquer coisa superior ao que disse o Cristo? ..................................... Não, o Espiritismo não traz moral diferente da de Jesus.
  17. 17. L.E, conclusão, item VIII Os Espíritos vêm não só confirmá-la, mas também mostrar-nos a sua utilidade prática. Tornam inteligíveis e patentes verdades que haviam sido ensinadas sob a forma alegórica. ............................................. Jesus veio mostrar aos homens o caminho do verdadeiro bem.
  18. 18. E.S.E, cap. I, item 3 Jesus não veio destruir a lei, isto é, a lei de Deus; veio cumpri-la, isto é, desenvolvê-la, dar-lhe o verdadeiro sentido e adaptá-la ao grau de adiantamento dos homens. Por isso é que se nos depara, nessa lei, o principio dos deveres para com Deus e para com o próximo, base da sua doutrina.
  19. 19. E.S.E, cap. I, item 7 Assim como o Cristo disse: "Não vim destruir a lei, porém cumpri-la", também o Espiritismo diz: "Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução." Nada ensina em contrário ao que ensinou o Cristo; mas, desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que foi dito apenas sob forma alegórica.
  20. 20. E.S.E, cap. I, item 7 Vem cumprir, nos tempos preditos, o que o Cristo anunciou e preparar a realização das coisas futuras. Ele é, pois, obra do Cristo, que preside, conforme igualmente o anunciou, à regeneração que se opera e prepara o reino de Deus na Terra.
  21. 21. E.S.E., cap XXVIII, item I PREFÁCIO Os Espíritos recomendaram que, encabeçando esta coletânea, puséssemos a Oração dominical, não somente como prece, mas também como símbolo.
  22. 22. E.S.E., cap XXVIII, item I De todas as preces, é a que eles colocam em primeiro lugar, seja porque procede do próprio Jesus (S. Mateus, 6:9 a 13), seja porque pode suprir a todas, conforme os pensamentos que se lhe conjuguem; é o mais perfeito modelo de concisão, verdadeira obra-prima de sublimidade na simplicidade
  23. 23. Monte das oliveiras Imagem da internet Pedra de mármore contendo a oração do Pai Nosso em Aramaico Galileu e em hebreu
  24. 24. Pai Nosso no dialeto Aramaico Galileu (conhecido como Aramaiyt G'lilaya) Avunan d'bishmaya Nosso Pai Celestial Yeticadash sh'mach Santificado seu Teu Nome Tite malcutach Venha o Teu Reino Yehie sevionach Seja feita a Tua vontade Heicama d'bishmaya af bar'a Na terra assim como o é nos céus Hab lan lachma Nosso pão diário D'sunchanan yaomana Dá-nos hoje U'ashvuk lan hoveinan Perdoa as nossas dívidas Heicama d'af enan Assim como nós Shbaknan lichayoveinan perdoamos os nossos devedores Ula T'ilan linissiuna Não nos conduza a tentação Ela patsian min bishta Mas livra-nos do mal Mitul dilach'hi malcuta Pois teu é o Reino U'cheila u'teshbuchta O Poder e a Glória L'alam almin Para todo o sempre Amiyn Amem Imagem da internet
  25. 25. E.S.E., cap XXVIII, item I Com efeito, sob a mais singela forma, ela resume todos os deveres do homem para com Deus, para consigo mesmo e para com o próximo.
  26. 26. Parte Terceira | “AS LEIS MORAIS” 1. Da Lei Divina ou Natural; 2. Da Lei de Adoração; 3. Da Lei do Trabalho; 4. Da Lei de Reprodução; 5. Da Lei de Conservação; 6. Da Lei de Destruição; 7. Da Lei de Sociedade; 8. Da Lei de Progresso 9. Da Lei de Igualdade; 10. Da Lei de Liberdade 11. Da Lei de Justiça, Amor e Caridade 12. Da Perfeição Moral
  27. 27. E.S.E., cap XXVIII, item I ORAÇÃO DOMINICAL
  28. 28. 1. Lei Divina ou Natural PAI NOSSO QUE ESTÁS NO CÉU... “Em todas as obras da Criação, desde o raminho de erva minúscula e o pequenino inseto, até os astros que se movem no espaço, o nome se acha inscrito de um ser soberanamente grande e sábio.”
  29. 29. 2. Lei de Adoração SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME... “Cego, portanto, é aquele que te não reconhece nas tuas obras, orgulhoso aquele que te não glorifica e ingrato aquele que te não rende graças.”
  30. 30. 3. Lei do Trabalho VENHA A NÓS O VOSSO REINO... “Senhor, deste aos homens leis plenas de sabedoria e que lhes dariam a felicidade, se eles as cumprissem. Com essas leis, fariam reinar entre si a paz e a justiça e mutuamente se auxiliariam, em vez de se maltratarem, como o fazem...”
  31. 31. 4. Lei de Reprodução SEJA FEITA A VOSSA VONTADE... “Fazer a tua vontade, Senhor, é observar as tuas leis e submeter-se, sem queixumes, aos teus decretos...”
  32. 32. 1.º DEVER DO HOMEM Garantir a Existência do Mundo Corporal
  33. 33. 5. Lei de Conservação 6. Lei de Destruição ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU... ...O homem a ela se submeterá, quando compreender que és a fonte de toda a sabedoria e que sem ti ele nada pode. Fará, então, a tua vontade na Terra, como os eleitos a fazem no Céu.” E.S.E, Cap. XVIII, item 3
  34. 34. 2.º DEVER DO HOMEM Manter a própria vida pela sua conservação. Da conservação decorre, em certo sentido a destruição. Preciso é que tudo se destrua para renascer e regenerar. (L.E., 728A) NASCER, VIVER, MORRER, RENASCER AINDA. PROGREDIR SEMPRE, TAL É A LEI. ( Inscrito no dólmem de Kardec)
  35. 35. 7. Lei de Sociedade O PÃO NOSSO DE CADA DIA DAI-NOS HOJE E SEMPRE... “Dá-nos o alimento indispensável à sustentação das forças do corpo; mas, dá-nos também o alimento espiritual para o desenvolvimento do nosso Espírito.”
  36. 36. 8. Lei de Progresso 9. Lei de Igualdade 10. Lei de Liberdade PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TENHA OFENDIDO... “Cada uma das nossas infrações às tuas leis, Senhor, é uma ofensa que te fazemos e uma dívida que contraímos e que cedo ou tarde teremos de saldar.”
  37. 37. 11. Lei de Justiça, Amor e Caridade E NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO... “Desde que temos vontade para o fazer, também podemos ter a de praticar o bem, pelo que, ó meu Deus, pedimos a tua assistência e a dos Espíritos bons, a fim de resistirmos à tentação.”
  38. 38. Deus – JUSTIÇA - por AMOR criou o homem e este para bem viver com o seu próximo deve praticar a CARIDADE.
  39. 39. 12. Da Perfeição Moral MAS LIVRA-NOS DO MAL... “Quando os homens as cumprirmos (Leis Divina), o mal desaparecerá da Terra, como já desapareceu de mundos mais adiantados que o nosso.” E.S.E, Cap. XVIII, item 3
  40. 40. “Praza-te, Senhor, que os nossos desejos se efetivem. Mas, curvamo-nos perante a tua sabedoria infinita que em todas as coisas que nos escapam à compreensão se faça a tua santa vontade e não a nossa, pois somente queres o nosso bem e melhor do que nós sabes o que nos convém.” E que assim seja...
  41. 41. Programa de Estudo 1. Resenha das questões de “O Livro dos Espíritos” 2. Análise de aspectos da lei através das experiências de vida de personagens da Boa Nova
  42. 42. 1. Lei Divina ou Natural Resenha questões 614 a 648 Viver no mundo sem ser do mundo • Conhecimento das leis divinas • O bem e o mal • Escala de valores • Ficar na superfície da mensagem • Romper os vínculos com o passado.
  43. 43. 2. Lei de Adoração Resenha das questões 649 a 646 Exigências para crer • Adoração exterior / crer em aparência • Incompreensão da idéia de Deus • Valores verdadeiros Exigências para servir • Renúncia e confiança • Sacrificio : ato de tornar sagrado
  44. 44. 3. Lei do Trabalho Resenha das questões 647 a 685 A conquista dos bens eternos • Trabalho incessante no bem Não há inválidos • Sentir-se “velho” para servir ao bem
  45. 45. 4. Lei de Reprodução Resenha das questões 686 a 701 Saúde e ciência • Reprodução de valores • Cura real / doenças e doentes • Cuidar do corpo e do espírito
  46. 46. 5. Lei de Conservação Resenha das questões 702 a 727 Os apelos da juventude • Gozo dos bens terrenos • Vencer os impulsos / Agir e não reagir • Autoconhecimento • Nescessário e supérfluo • Servir a Deus ou a Mamon? • Fidelidade a Deus / Tributo de César
  47. 47. 6. Lei de Destruição Resenha das questões 728 a 765 Rompimentos • Perdão/Rompimento com o orgulho • Mudanças / Rompimento perante a família e a sociedade • O homem velho / Negação de Pedro • Violência / A outra face
  48. 48. 7. Lei de Sociedade Resenha das questões 766 a 775 Preconceitos • Viver em sociedade/ Família • O espírito e a letra • Falta de aprofundamento na mensagem / incompreensão • As diversas formas de discriminação • Vida contemplativa / Caridade
  49. 49. 8. Lei do Progresso Resenha das questões 776 a 802 Coragem da Fé • A verdade não exige, transforma • Progresso individual / A dor do crescimento • Esperanças da Boa Nova / Apreensão por conquistá-las • Dúvida e Fé
  50. 50. 9. Lei de Igualdade Resenha das questões 803 a 824 Riqueza: Meio ou Fim ? • O valor do bom profissional • Definição de riqueza • Riqueza : Meio e não fim • Nescessário e supérfluo • Não se deixar influenciar por cargos/postos/poder • Os bens da alma/ os bens do mundo A mulher e o evangelho
  51. 51. 10. Lei de Liberdade Resenha das questões 825 a 872 Livre-arbítrio • Liberdade de Consciência • Liberdade de Pensar • Liberdade de Agir
  52. 52. 11. Lei de Justiça, Amor e Caridade Resenha das questões 873 a 892 A mensagem que renova • Entregar a vida / Seguir o Cristo até a morte O amor em ação
  53. 53. 12. Da Perfeição Moral Resenha das questões 893 a 919 As ilusões do mundo • O jogo político e os interesses da mensagem cristã • Os fins justificam os meios? • Ceder para conquistar: A ilusão do discípulo. • Esforço para recuperar-se
  • JoseMarcosdeMessias

    May. 11, 2021
  • repsempre

    Mar. 23, 2018
  • andrefalcao146

    Mar. 13, 2017

Programa de Estudo baseado na IV Parte de "O Livro dos Espíritos"

Views

Total views

2,604

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

8

Actions

Downloads

168

Shares

0

Comments

0

Likes

3

×