Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Logistica reversa & solidariedade

212 views

Published on

Nosso trabalho é coletar alimento onde sobra e entregar onde falta. Este conceito é denominado “colheita urbana”. Alimentos que seriam descartados, mas que ainda têm valor nutricional são coletados e levados para comunidades de baixa renda da cidade, onde é feita a distribuição destes alimentos. Com isso, diminuímos o volume de lixo orgânico gerado, fornecemos alimentos saudáveis e reduzimos os gastos destas famílias com alimentos.

Published in: Food
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Logistica reversa & solidariedade

  1. 1. LOGÍSTICA REVERSA & SOLIDARIEDADELOGÍSTICA REVERSA & SOLIDARIEDADE
  2. 2. INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO  No Brasil, anualmente 41 milNo Brasil, anualmente 41 mil toneladas de alimentos sãotoneladas de alimentos são desperdiçados.desperdiçados.  Brasil é um dos dez países queBrasil é um dos dez países que mais perdem e desperdiçammais perdem e desperdiçam alimentos no mundo.alimentos no mundo.  Desperdício de alimentos causaDesperdício de alimentos causa um prejuízo econômicoum prejuízo econômico estimado em U$$ 940 bilhões.estimado em U$$ 940 bilhões.
  3. 3. OBJETIVO GERAL DO PROJETOOBJETIVO GERAL DO PROJETO??  Apresentar os procedimentosApresentar os procedimentos corretos de como aplicar essacorretos de como aplicar essa operação naoperação na logística Reversalogística Reversa..  Combater o desperdício deCombater o desperdício de alimentos.alimentos.  Fornecendo alimentosFornecendo alimentos saudáveis a comunidade desaudáveis a comunidade de baixa renda.baixa renda.
  4. 4. COMO SURGIU O PROJETO?COMO SURGIU O PROJETO?  O Projeto Logística Reversa &O Projeto Logística Reversa & Solidariedade surgiu a partir de uma visãoSolidariedade surgiu a partir de uma visão do Professor do curso de Logística Carlosdo Professor do curso de Logística Carlos Henrique junto com a turma de 4º periodoHenrique junto com a turma de 4º periodo na epoca, que ao fazer suas compras emna epoca, que ao fazer suas compras em uma feira da cidade constatou um grandeuma feira da cidade constatou um grande volume de desperdício de frutas evolume de desperdício de frutas e verduras que iriam ser descartados. Comverduras que iriam ser descartados. Com isso surgiu a ideia do projetoisso surgiu a ideia do projeto
  5. 5. QUAL A NOSSA CONTRIBUIÇÃO PARA OQUAL A NOSSA CONTRIBUIÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO?DESENVOLVIMENTO DO PROJETO?  Com o projeto podemos desenvolver e coletarCom o projeto podemos desenvolver e coletar alimentos onde sobra, e entregar onde falta,alimentos onde sobra, e entregar onde falta, para as famílias de baixa renda, e com isso,para as famílias de baixa renda, e com isso, praticar tudo aquilo que aprendemos em salapraticar tudo aquilo que aprendemos em sala de aula.de aula.  Fornecendo alimentos saudáveis, trazendoFornecendo alimentos saudáveis, trazendo esperanças as famílias atendidas comesperanças as famílias atendidas com alimentação. Além disso, ainda diminuímos oalimentação. Além disso, ainda diminuímos o volume de lixo orgânico gerado e reduzimosvolume de lixo orgânico gerado e reduzimos gastos públicos com coleta e disposição degastos públicos com coleta e disposição de resíduos.resíduos.
  6. 6. QUAL A RELAÇÃO DO PROJETO COMQUAL A RELAÇÃO DO PROJETO COM O CURSO?O CURSO?  O projeto esta totalmente voltado para logísticaO projeto esta totalmente voltado para logística reversa, visto que visa reduzir o desperdício dandoreversa, visto que visa reduzir o desperdício dando uma destinação adequada para os resíduos queuma destinação adequada para os resíduos que causariam problemas ambientais, pois os produtoscausariam problemas ambientais, pois os produtos que são coletados passam por uma triagem ondeque são coletados passam por uma triagem onde os produtos que estão bons para consumo sãoos produtos que estão bons para consumo são distribuídos para as famílias carentes, e a outradistribuídos para as famílias carentes, e a outra parte que não serve para consumo humano éparte que não serve para consumo humano é destinado para alimentação de animais e adubos.destinado para alimentação de animais e adubos.
  7. 7. COMO O MUNDO SE RELACIONA COM OCOMO O MUNDO SE RELACIONA COM O PROBLEMA DO SEU PROJETO?PROBLEMA DO SEU PROJETO?  No mundo muitas medidas estão sendo tomadasNo mundo muitas medidas estão sendo tomadas para diminuir o desperdício de alimento, no brasilpara diminuir o desperdício de alimento, no brasil programas comoprogramas como Fome ZeroFome Zero,, Mesa BrasilMesa Brasil comcom conceito de banco de alimentos, outro modo deconceito de banco de alimentos, outro modo de diminuir o desperdício é o reaproveitamento totaldiminuir o desperdício é o reaproveitamento total dos alimentos, ou seja, utilizar cascas, folhas edos alimentos, ou seja, utilizar cascas, folhas e talos na alimentação e não simplesmentetalos na alimentação e não simplesmente descarta-los como lixo.descarta-los como lixo.
  8. 8. APROVEITAMENTOS DOS ALIMENTOS.APROVEITAMENTOS DOS ALIMENTOS.  O Projeto Logística Reversa desenvolveuO Projeto Logística Reversa desenvolveu atividades teóricas e práticas com o intuitoatividades teóricas e práticas com o intuito de reconhecer os alimentos e suasde reconhecer os alimentos e suas funções nutricionais, conhecer os gruposfunções nutricionais, conhecer os grupos dos alimentos, assim como os cuidados nados alimentos, assim como os cuidados na separação dos alimentos dos mesmos,separação dos alimentos dos mesmos, observando a higiene pessoal e higiene doobservando a higiene pessoal e higiene do alimentos.alimentos.
  9. 9. QUAIS AS DISCIPLINAS VOCÊSQUAIS AS DISCIPLINAS VOCÊS CONSEGUE APLICAR NO PROJETO?CONSEGUE APLICAR NO PROJETO?  Todas elas, pois iremos administrar,Todas elas, pois iremos administrar, contabilizar e fazer o marketing para quecontabilizar e fazer o marketing para que seja divulgado para um maior numero deseja divulgado para um maior numero de pessoas possíveis.pessoas possíveis.  Gestão de pessoas para saber como lidarGestão de pessoas para saber como lidar com as pessoas docom as pessoas do PRÓPRIO GRUPOPRÓPRIO GRUPO ee das comunidades favorecidas.das comunidades favorecidas.  Comportamento organizacional paraComportamento organizacional para sabermos desenvolver as funções de cadasabermos desenvolver as funções de cada membro do grupo.membro do grupo.
  10. 10. ARTIGOS RELACIONADOS SOBRE OARTIGOS RELACIONADOS SOBRE O PROJETO?PROJETO?  Art. Desperdício de alimentos: um problemaArt. Desperdício de alimentos: um problema de saúde publica.de saúde publica.  Autora: Rita Maria Monteiro Goulart.Autora: Rita Maria Monteiro Goulart.  Mesa Brasil: O programa realizado peloMesa Brasil: O programa realizado pelo SESC.SESC.  Antonio Gomes Soares: Desperdício deAntonio Gomes Soares: Desperdício de alimento no Brasil : Um desafio político ealimento no Brasil : Um desafio político e social a ser vencido.social a ser vencido.
  11. 11. QUE PROBLEMA GEROU O PROJETOQUE PROBLEMA GEROU O PROJETO ??  A grande quantidade de desperdício de alimentos, que poderiam ser consumidos, reduzindo assim a grande quantidade de lixo gerado.  Manaus - Todos os dias, cerca de 30% dos legumes, frutas e verduras hortaliças e peixes jogados no lixo das feiras e mercados de Manaus daria para alimentar quase 100 mil pessoas por mês, que chegam em Manaus vão para o lixo, conforme estimativa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).Os produtos estragam ou se danificam devido às falhas no manuseio e transporte.
  12. 12. QUAIS SÃO AS MELHORIAS QUEQUAIS SÃO AS MELHORIAS QUE PODEMOS AGREGAR AO PROJETO?PODEMOS AGREGAR AO PROJETO?  Uma participação mais ativa colaboradores.Uma participação mais ativa colaboradores.  Uma atenção especial para a triagem dosUma atenção especial para a triagem dos alimentos.alimentos.  Equipe de limpeza.Equipe de limpeza.  Destinação final dos alimentos descartados.Destinação final dos alimentos descartados.  Levantamento das quantidades coletadas.Levantamento das quantidades coletadas.
  13. 13. Bairro Nova FlorestaBairro Nova Floresta  Famílias Cadastradas – 15Famílias Cadastradas – 15  Alimentos recolhidos com osAlimentos recolhidos com os feirantes- 450kgfeirantes- 450kg  Cestas Montadas- 29Cestas Montadas- 29  Famlias Pre Cadastradas - 14Famlias Pre Cadastradas - 14  Famílias beneficiadas- 29Famílias beneficiadas- 29  300 kg aproveitados300 kg aproveitados  150 kg descartados150 kg descartados
  14. 14. Bairro: Colônia Antônio Aleixo.Bairro: Colônia Antônio Aleixo.  Famílias Cadastradas – 17Famílias Cadastradas – 17  Cestas Montadas- 17Cestas Montadas- 17  Famílias beneficiadas- 17Famílias beneficiadas- 17  Alimentos recolhidos com osAlimentos recolhidos com os feirantes-353kg.feirantes-353kg.  255 kg aproveitados255 kg aproveitados  98 kg descartados98 kg descartados
  15. 15. Bairro: Jorge TeixeiraBairro: Jorge Teixeira  Famílias Cadastradas – 35Famílias Cadastradas – 35  Famílias Pre Cadastradas - 25Famílias Pre Cadastradas - 25  Cestas Montadas- 60Cestas Montadas- 60  Famílias beneficiadas- 60Famílias beneficiadas- 60  Alimentos recolhidos com osAlimentos recolhidos com os feirantes- 3t.feirantes- 3t.  2.100 kg aproveitados2.100 kg aproveitados  900 kg descartados900 kg descartados
  16. 16. Bairro: Campo DouradosBairro: Campo Dourados  Famílias Cadastradas – 70Famílias Cadastradas – 70  Famílias Pré Cadastradas - 40Famílias Pré Cadastradas - 40  Cestas Montadas- 110Cestas Montadas- 110  Famílias beneficiadas- 110Famílias beneficiadas- 110  Alimentos recolhidos com os feirantes- 6 tAlimentos recolhidos com os feirantes- 6 t  4.100Kg aproveitados4.100Kg aproveitados  1.900kg descartados1.900kg descartados
  17. 17. Bairro FazendinhaBairro Fazendinha  Famílias Cadastradas – 100Famílias Cadastradas – 100  Famílias Pré Cadastradas - 50Famílias Pré Cadastradas - 50  Cestas Montanas- 150Cestas Montanas- 150  Famílias beneficiadas- 150Famílias beneficiadas- 150  Alimentos recolhidos com os feirantes- 7 tAlimentos recolhidos com os feirantes- 7 t  6.000 t aproveitados6.000 t aproveitados  1.000 kg descartados1.000 kg descartados
  18. 18. QUAIS FORAM OS RESULTADOS ATÉQUAIS FORAM OS RESULTADOS ATÉ AGORAAGORA ??  Já fizemos 5 coletas em bairros carentes.  Mais de 12.755 KILOS de alimentos coletados e distribuídos às famílias atendidas  Pelo menos 366 famílias assistidas pelo projeto
  19. 19. CONSIDERAÇÕES FINAIS.CONSIDERAÇÕES FINAIS.  Nosso trabalho será concluído quando osNosso trabalho será concluído quando os objetivos, propostas forem atingidos atravésobjetivos, propostas forem atingidos através das evidencias praticadas do nosso projeto,das evidencias praticadas do nosso projeto, com a execução completa da logística comocom a execução completa da logística como um todo.um todo.

×