Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pis pasep e cofins - cumulativo.

1,156 views

Published on

Aula 1 PIS Pasep eCofins

Published in: Economy & Finance
  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Pis pasep e cofins - cumulativo.

  1. 1. Formas de Apuração
  2. 2.  * Instituição das contribuições: A contribuição para o Programa de Integração Social – PIS tem seu veiculo introdutor a Lei Complementar n° 7 de 07-09-70 e contribuição para o PASEP a Lei Complementar n° 8 de 03-12-70. PIS-PASEP e COFINS
  3. 3.  Inicialmente as pessoas jurídicas de fins lucrativos contribuíam com duas parcelas, a primeira a ser deduzida do imposto de renda devido e a segunda como ônus da empresa PIS-PASEP e COFINS
  4. 4.  Atualmente PIS e COFINS são sem dúvidas os tributos mais complexos e controversos do nosso sistema tributário. Por quê? Leis esparsas, vários regimes de apuração diferenças de conceitos são as maiores dificuldades na hora de apurar a contribuição. PIS-PASEP e COFINS
  5. 5.  PIS: Faturamento: Folha de Pagamento: Importação: Modalidades
  6. 6.  Cofins: Faturamento Importação Modalidades
  7. 7.  Cumulativo: Não Cumulativo: Regimes de apuração
  8. 8.  Contribuinte: Fato gerador: Base de cálculo: Alíquota básica: PIS/COFINS Cumulativo – Lei 9.718/98
  9. 9.  O Que é Faturamento? Faturamento é o resultado do objetivo social da empresa. Compreende à receita bruta das atividades da empresa. A lei 12.973/14 veio reformar o conceito de Receita Bruta: PIS/COFINS Cumulativo
  10. 10.  “Art. 12. A receita bruta compreende: I - o produto da venda de bens nas operações de conta própria; II - o preço da prestação de serviços em geral; III - o resultado auferido nas operações de conta alheia; e IV - as receitas da atividade ou objeto principal da pessoa jurídica não compreendidas nos incisos I a III. PIS/COFINS Cumulativo
  11. 11.  § 1o A receita líquida será a receita bruta diminuída de: I - devoluções e vendas canceladas; II - descontos concedidos incondicionalmente; III - tributos sobre ela incidentes; e IV - valores decorrentes do ajuste a valor presente, de que trata o inciso VIII do caput do art. 183 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976, das operações vinculadas à receita bruta. PIS/COFINS Cumulativo
  12. 12.  Exclusões da Base de cálculo: • Vendas Canceladas. • Descontos Incondicionais. • ICMS recolhido na condição de ST. PIS/COFINS Cumulativo
  13. 13.  PIS/COFINS tem por base a Receita Líquida da atividade das empresas. Conclusão
  14. 14.  Pessoas que recolhem PIS e COFINS pelo Regime Cumulativo poderão reconhecer para fins de apuração das contribuições o Regime de Caixa ou de Competência. PIS e COFINS
  15. 15.  Deverá ser recolhido até o dia 25 do mês subsequente. Código DARF 8109 (PIS) E 2172 (COFINS). O contribuinte do PIS e da COFINS deverá apresentar até o 10° dia útil do 2° mês subsequente ao período de apuração. Obrigações
  16. 16.  Os valores pagos pelo fornecimento de Mercadorias ou Prestação de Serviços estão sujeitos a Retenção na Fonte de IR e Contribuições Federais. Deverão efetuar a Retenção os Órgãos Públicos, Autarquias e Fundações do Direito Público sobre a aquisição de mercadorias, bens e serviços. As demais Empresas de Direito Privado deverão reter as Contribuições Sociais sobre os serviços tomados. Leis 9.430/96 e 10.833/03. Retenção na Fonte
  17. 17.  A empresa Modelo, está sujeita ao regime cumulativo de apuração de PIS e COFINS, e reconhece, para fins contábeis e de apuração das contribuições suas receitas por regime de competência. Em seu objeto social, a empresa possui como atividades a venda de mercadorias e o serviço de instalação. Durante o mês de Julho de 2015 a empresas apresentou os seguintes números: Exemplo de Apuração
  18. 18.  Exemplo Receita de venda de mercadorias R$ 17.000,00 Acréscimo financeiro sobre as vendas R$ 5.000,00 (-) Descontos incondionais -R$ 4.000,00 (-) Devoluções -R$ 3.000,00 (=) Receita liquida de venda de mercadorias R$ 15.000,00 Receita de Prestação de serviços R$ 3.000,00 Juros sobre prestações em atraso R$ 2.000,00 Receita de venda de bens do ativo permanente R$ 10.000,00 (-) Custo das mercadorias Vendidas -R$ 8.000,00 (-) Despesas comerciais -R$ 5.000,00 (-) Despesas administrativas -R$ 3.000,00 (-) Despesas Financeiras -R$ 2.000,00 (=) Resultado do período R$ 12.000,00
  19. 19.  Apuração do PIS e da COFINS Base de Cálculo da contribuição R$ 18.000,00 PIS a Recolher (0,65%) R$ 117,00 COFINS a Recolher (3,00%) R$ 540,00 Exemplo
  20. 20.  1) Quais as modalidades de contribuições do PIS, e da COFINS? 2) Quais os regimes de Apuração? 3) Para fins de apuração das contribuições, defina regime de caixa e regime de competência. 4) O que é Retenção na fonte? Qual o tipo de responsabilidade do contratante da mercadoria ou serviço? Ela pode ser tratada pelo contribuinte como antecipação do devido? Exercícios
  21. 21.  5) A Empresa Exemplo está sujeita ao regime cumulativo de apuração das contribuições. Ela tem por objeto social unicamente a venda de mercadorias, e recolhe as contribuições por regime de competência com os dados abaixo apure o valor devido das contribuições. No período apurado: Obs: 1)Neste período ela recebeu de clientes, à titulo de venda de mercadorias o valor de R$ 15.000,00. 2) Neste Período a empresa sofreu retenção na fonte no valor de R$ 32,50 de PIS e de R$ 150,00 de COFINS Exercícios
  22. 22. Receita de venda de mercadorias R$ 20.000,00 Acréscimo financeiro sobre as vendas R$ 7.000,00 (-) Descontos incondicionais -R$ 3.500,00 (-) Devoluções -R$ 3.500,00 (=) Receita liquida de venda de mercadorias R$ 20.000,00 Receita de aluguel R$ 3.000,00 Juros sobre prestações em atraso R$ 2.000,00 (-) Custo das mercadorias Vendidas -R$ 8.000,00 (-) Despesas comerciais -R$ 5.000,00 (-) Despesas administrativas -R$ 3.000,00 (-) Despesas Financeiras -R$ 2.000,00 (=) Resultado do período R$ 7.000,00 Exercícios
  23. 23.  Apuração: Exercícios Apuração do PIS e da COFINS - COMPETENCIA Base de Cálculo da contribuição PIS apurado (-) PIS retido PIS a Recolher (0,65%) COFINS APURADO COFINS retido - COFINS a Recolher (3,00%)
  24. 24.  E se a empresa apurasse os valores pelo regime de caixa, como ficaria a apuração? Exercícios Apuração do PIS e da COFINS - Caixa Base de Cálculo da contribuição PIS apurado (-) PIS retido PIS a Recolher (0,65%) COFINS APURADO COFINS retido COFINS a Recolher (3,00%)
  25. 25.  Considerações: Boa Noite.

×