Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Entrevistas
Curso: MBA Branded Content

FACHA - Faculdades Reunidas Helio Alonso
LUIZ AGNER









UX e Arquitetura de I...
Entrevista de UX
■ Entrevista é uma conversação guiada entre
duas pessoas
■ Uma pessoa busca obter informação da
outra
■ M...
Envolvidos (UX)
■ Entrevistados
■ Entrevistador
■ Anotador
■ Operador de câmera
■ Observadores
Materiais da entrevista
■ Protocolo
■ Lista de perguntas
■ Método de anotação
■ Método de gravação
■ Local da entrevista
■...
Fases da entrevista
1.Introdução
2.Aquecimento
3.Corpo da entrevista
4.Esfriamento
5.Fechamento
1- Introdução
■ Até 10 minutos
■ Apresentações
■ Objetivos da entrevista
■ Permissões: áudio e vídeo
■ Encorajar a sinceri...
2- Aquecimento
■ 5 a 10 minutos
■ Começar com perguntas fáceis e não
ameaçadoras
■ Confirmar perfil demográfico
■ Cargo, e...
3- Corpo
■ 80% do tempo
■ Começar com perguntas mais gerais
■ Aprofundando com perguntas mais
detalhadas
■ Vai se tornando...
4- Esfriamento
■ 5 a 10 minutos
■ Resumir os pontos principais da
entrevista realizada
■ Fazer perguntas de follow-up
5- Fechamento
■ Sinalizar o fim da entrevista
■ Fechar o notebook, guardar canetas,
desligar gravadores
■ Perguntar se há ...
Não interromper
■ O maior erro é interromper o
participante
■ Dar tempo ao participante de
completar os pensamentos
■ Não ...
Manter o foco
■ Cuidado para o entrevistado não sair
do tema
■ Não ouvir detalhes demasiados e
desnecessários
■ O entrevis...
Silêncio é valioso
■ Outro grande erro é tentar preencher o
silêncio
■ O silêncio do entrevistador sinaliza ao
entrevistad...
Muita atenção
■ Prestar atenção continuada é muito
importante
■ Dar breaks em pontos lógicos durante
a entrevista
■ Depois...
Perguntas difíceis
■ Esperar até desenvolver empatia e
confiança do entrevistado
■ Explicar o objetivo desta informação
■ ...
Utilizar exemplos
■ Não substituem a linguagem clara
■ Usar como último recurso pois pode
introduzir tendenciamentos
■ Exe...
Não forçar opiniões
■ Não forçar o entrevistado a escolher
entre opções quando ele mostrar que
todas são iguais
■ Não forç...
Se fazer de bobo
■ “Se fazer de bobo” ou de ignorante é
uma estratégia para evitar influenciar
o entrevistado
■ Esta estra...
Linguagem corporal
■ O corpo pode influenciar
■ Entonação da voz; gestos; olhar
■ Não fazer contato visual quando você
dis...
Atenção, nesses resumos:
■ Não inserir sua análise ou julgamento.
■ Não defender o produto/sistema
■ Não fornecer solução ...
Empatia
■ Não agir como robô, sem emoções
■ Mostrar que sabe como o entrevistado
se sente/sentiu
■ Mostrar engajamento com...
Bibliografia
■ Courage & Baxter – 

Understanding Your Users – A Practical
Guide to User Requirements. Ed. MK/
Elsevier
■ ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Pós Branded Content (1c)

Pós Branded Content - Facha.
Disciplina: UX e Arquitetura de Informação, 2019.
Aula 01.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Pós Branded Content (1c)

  1. 1. Entrevistas Curso: MBA Branded Content
 FACHA - Faculdades Reunidas Helio Alonso LUIZ AGNER
 
 
 
 
 UX e Arquitetura de Informação
  2. 2. Entrevista de UX ■ Entrevista é uma conversação guiada entre duas pessoas ■ Uma pessoa busca obter informação da outra ■ Melhor técnica para participar da mente de outro ser humano ■ Leva a uma estreita relação entre pessoas ■ São flexíveis ■ Podem ser usadas sozinhas ou em conjunto com outra atividade para definir requisitos de UX.
  3. 3. Envolvidos (UX) ■ Entrevistados ■ Entrevistador ■ Anotador ■ Operador de câmera ■ Observadores
  4. 4. Materiais da entrevista ■ Protocolo ■ Lista de perguntas ■ Método de anotação ■ Método de gravação ■ Local da entrevista ■ Auxílios à memória ■ Artefatos (extras)
  5. 5. Fases da entrevista 1.Introdução 2.Aquecimento 3.Corpo da entrevista 4.Esfriamento 5.Fechamento
  6. 6. 1- Introdução ■ Até 10 minutos ■ Apresentações ■ Objetivos da entrevista ■ Permissões: áudio e vídeo ■ Encorajar a sinceridade
  7. 7. 2- Aquecimento ■ 5 a 10 minutos ■ Começar com perguntas fáceis e não ameaçadoras ■ Confirmar perfil demográfico ■ Cargo, empresa ■ Top 5 mais, ou Top 5 menos ■ Parece mais uma conversa do que um questionário, mas não perder tempo
  8. 8. 3- Corpo ■ 80% do tempo ■ Começar com perguntas mais gerais ■ Aprofundando com perguntas mais detalhadas ■ Vai se tornando intensa
  9. 9. 4- Esfriamento ■ 5 a 10 minutos ■ Resumir os pontos principais da entrevista realizada ■ Fazer perguntas de follow-up
  10. 10. 5- Fechamento ■ Sinalizar o fim da entrevista ■ Fechar o notebook, guardar canetas, desligar gravadores ■ Perguntar se há questões por parte do participante ■ Agradecimentos ■ Compensações ao participante
  11. 11. Não interromper ■ O maior erro é interromper o participante ■ Dar tempo ao participante de completar os pensamentos ■ Não completar os pensamentos deles, nem colocar palavras em sua boca
  12. 12. Manter o foco ■ Cuidado para o entrevistado não sair do tema ■ Não ouvir detalhes demasiados e desnecessários ■ O entrevistador deve polidamente interromper o entrevistado e recolocar o ponto de interesse
  13. 13. Silêncio é valioso ■ Outro grande erro é tentar preencher o silêncio ■ O silêncio do entrevistador sinaliza ao entrevistado a permissão para fornecer mais detalhes ■ Dica - Contar até 5 ■ Usar tokens: Ah, Hum-humm (continuidade) ■ Evitar tokens: Ok, Sim (concordância)
  14. 14. Muita atenção ■ Prestar atenção continuada é muito importante ■ Dar breaks em pontos lógicos durante a entrevista ■ Depois, solicitar pequeno resumo da última resposta ■ Sempre engajar o entrevistado pedindo exemplos, reflexões e esclarecimentos
  15. 15. Perguntas difíceis ■ Esperar até desenvolver empatia e confiança do entrevistado ■ Explicar o objetivo desta informação ■ Não deixar o entrevistado pensar que é por curiosidade ■ [Explicação do objetivo do dado]. “Você se importaria em informar qual é a sua faixa salarial?”
  16. 16. Utilizar exemplos ■ Não substituem a linguagem clara ■ Usar como último recurso pois pode introduzir tendenciamentos ■ Exemplo: se a pergunta é sobre o uso de companhias aéreas de baixo custo, ler a lista completa dessas companhias.
  17. 17. Não forçar opiniões ■ Não forçar o entrevistado a escolher entre opções quando ele mostrar que todas são iguais ■ Não forçá-lo a opinar ■ Pode-se pedir para enumerar os prós e contras de cada opção
  18. 18. Se fazer de bobo ■ “Se fazer de bobo” ou de ignorante é uma estratégia para evitar influenciar o entrevistado ■ Esta estratégia nem sempre dá bons resultados: o entrevistado pode se sentir traído ou desconfiado. ■ Melhor ser honesto e humilde: o conhecimento do entrevistado vai contribuir para o seu.
  19. 19. Linguagem corporal ■ O corpo pode influenciar ■ Entonação da voz; gestos; olhar ■ Não fazer contato visual quando você discorda ■ Balançando a cabeça ■ Dica – se olhar sempre em gravações de vídeo
  20. 20. Atenção, nesses resumos: ■ Não inserir sua análise ou julgamento. ■ Não defender o produto/sistema ■ Não fornecer solução ou a sua explicação para o fato descrito ■ Evitar hipóteses Resumir e reafirmar
  21. 21. Empatia ■ Não agir como robô, sem emoções ■ Mostrar que sabe como o entrevistado se sente/sentiu ■ Mostrar engajamento com corpo e olhar ■ Não discordar do participante ■ Na pesquisa de UX, o participante tem sempre razão ■ Ser diplomático
  22. 22. Bibliografia ■ Courage & Baxter – 
 Understanding Your Users – A Practical Guide to User Requirements. Ed. MK/ Elsevier ■ Richardson, R. Pesquisa Social – Métodos e Técnicas. Ed. Atlas

×