Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Narrativas híbridas e remix audiovisual

Apresentação no Festival IMAGE PLAY 2020.

Resumo: Num tempo de incerteza e mudança surgem novas convergências da imagem com o imaginário, ancoradas na multimédia e nas inovações tecnológicas. Este é o tempo das narrativas híbridas e do remix audiovisual, buscando novas linguagens audiovisuais a partir de configurações estabelecidas por características dos meios de comunicação, enfatizando o papel das plataformas de difusão de informação e entretenimento. Assim, importa suscitar algumas questões sobre a elasticidade da imagem, o ato de ver, e de pensar a comunicação.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Narrativas híbridas e remix audiovisual

  1. 1. NARRATIVAS HÍBRIDAS E REMIX AUDIOVISUAL José Bidarra Universidade Aberta Portugal Festival IMAGE PLAY
  2. 2. Objetivos ■ Apresentar projetos de arte digital interativa que configuram novas formas narrativas com base num remix audiovisual, desenvolvidos em parceria com estudantes da Universidade Aberta (Apartheid Blues e Rhythms of Lisbon); ■ Repensar a elasticidade da imagem e da comunicação dentro dos constrangimentos da pandemia global (COVID-19) em curso no ano de 2020, apresentando como exemplo a reportagem videográfica de um evento virtual (Retiro DMAD 2020). José Bidarra, 2020
  3. 3. Narrativas interativas José Bidarra, 2020
  4. 4. Remix audiovisual José Bidarra, 2020
  5. 5. Andy Warhol “Marilyn-Monroe” José Bidarra, 2020
  6. 6. Man Ray “Clock Wheels” José Bidarra, 2020
  7. 7. Marcel Duchamp “Fontaine” José Bidarra, 2020
  8. 8. O que têm em comum as 3 obras? ■ Reutilizam imagens ou objetos existentes ■ Apresentam-nos uma nova configuração ■ Expressam uma nova visão estética José Bidarra, 2020
  9. 9. Arte e narrativa ■ Obra: Sem Abrigo (Lisboa) ■ Artista: Tavar Zawacki José Bidarra, 2020
  10. 10. Expressão artística na aprendizagem ■ Conhecer a importância das narrativas digitais em sistemas e aplicações interativas (de carácter educativo e de entretenimento); ■ Identificar os modelos e técnicas relacionados com a realização e produção de aplicações multimédia e sistemas interativos; ■ Criar protótipos audiovisuais a partir do desenvolvimento de aplicações e sistemas com base em narrativas digitais. José Bidarra, 2020
  11. 11. Sequência de etapas na aprendizagem 1. Geração de ideias e discussão livre (presencial) 2. Pesquisa de materiais audiovisuais (online) 3. Mapeamento de uma narrativa com as suas ramificações (Mindomo) 4. Apresentação multimédia da narrativa com ilustração audiovisual (Prezi) 5. Prática com equipamentos e instalações (estúdio e exterior) 6. Programação informática com sensores e atuadores (Processing) 7. Design da interação e performance no espaço (LabINVITRO) 8. Apresentação final ao público (LabINVITRO, Retiros DMAD) José Bidarra, 2020
  12. 12. Pesquisa para os projetos (Mindomo) José Bidarra, 2020
  13. 13. Desenvolvimento da narrativa (Prezi) José Bidarra, 2020
  14. 14. Programação informática (Processing) José Bidarra, 2020
  15. 15. Design da interação e dos movimentos José Bidarra, 2020
  16. 16. Instalação artística digital (LabINVITRO) José Bidarra, 2020
  17. 17. Apartheid Blues (2014) “Why “apartheid blues” to designate this project? Well, if African slaves in America created the “blues” music in the early 19th century to make it easier to endure a rough existence, in South Africa black people lived almost like slaves in their land during the apartheid regime until late in the 20th century. The QR codes enable to collect information contained in news clips from the 80’s.” José Bidarra, 2020 José Bidarra & Patrícia Rodrigues
  18. 18. Rhythms of Lisbon (2016) “The idea of our project is to allow the viewer to feel the rhythms of the city through the interplay with an interactive artefact. It also allows being involved in dance with the city!” José Bidarra, 2020 José Bidarra & Helder Matta e Silva
  19. 19. Retiro DMAD (2020) Video documental do retiro online do Doutoramento em Média-Arte Digital, realizado entre 20 e 24 de julho de 2020, durante o período de pandemia da COVID- 19. José Bidarra, 2020 José Bidarra & Adriano Viçoso
  20. 20. Produção audiovisual ■ Áudio: seleção de música, efeitos, excertos (online) ■ Vídeo: captura com telemóvel e câmaras GoPro ou SONY (profissional) ■ Fotografias: captura com telemóvel e câmara fotográfica ■ Pós-Produção e FX: em Adobe Pemiere e After Effects (UAb) ■ Distribuição online em HD, no Vimeo: – Apartheid Blues – https://vimeo.com/jbidarra/apartheidblues – Rhythms of Lisbon - https://vimeo.com/177986690 – Retiro DMAD 2020 – https://vimeo.com/464147224 José Bidarra, 2020
  21. 21. Conclusão ■ Procurámos mostrar como diferentes formas de expressão se integram através de narrativas híbridas que misturam elementos audiovisuais inerentes à experiência e visão dos autores; ■ Apresentámos ainda propostas estéticas em que a narrativa recorre a elementos interativos que permitem o “diálogo” com o espectador, procurando servir de base a novos processos criativos; ■ Para além de identificar elementos de confluência entre as várias linguagens, procurámos um melhor entendimento dessa tendência contemporânea, muito próxima do videoclip musical e do teaser de cinema, que designámos de “REMIX AUDIOVISUAL”. José Bidarra, 2020
  22. 22. OBRIGAD O! José Bidarra, 2020 Jose.Bidarra@uab.pt

×