Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
Plano de ensino 9º ano história
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

Share

Planos de ensino 9 ano historia 2014

Download to read offline

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Planos de ensino 9 ano historia 2014

  1. 1. ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Superintendência Regional de Ensino de Varginha E ESCOLA ESTADUAL ________________________________ Endereço: _______________________________________ E- E- mail: _________________________________________ PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA – E.F - 9º ano ANO: 2014 PROFESSOR: __________________________________ NÚMERO DE AULAS SEMANAIS: ___________________ NÚMERO DE AULAS BIMESTRAIS: ( x ) 1º Bimestre ( x ) 2º Bimestre ( x ) 3º Bimestre ( x ) 4º Bimestre TOTAL DE AULA (ANUAL) ________________________
  2. 2. REVISÃO DIAGNÓSTICA 9º ANO HISTÓRIA. Matéria do 8º ano TÓPICOS DESCRITORES. HABILIDADES CONTEÚDO Eixo Temático II Construção do Brasil: Território, Estado e Nação Tema 1: O Estado Brasileiro e a Nação: Monarquia X República Subtema 1 – A “virada do século”: transformações políticas no Brasil do século XVIII para o século XIX TÓPICOS- 11. Revoluções liberais: industrial, americana e francesa. TÓPICOS 12. Inconfidências e Brasil Joanino: movimentos de contestação e reorganização da relação metrópole-colônia. TÓPICOS 13. A Revolução de 1817 e a Independência TÓPICOS -14. Bases do estado monárquico e limites da cidadania: patrimonialismo, escravidão e grande propriedade. TÓPICOS 15. Mudanças sócioeconômicas, crise política e fim da monarquia. Complementar VI. O Imperador e a Constituição de 1824: fundamentos jurídicos e políticos da monarquia. Complementar VII. Centralismo X federalismo, ordem X desordem na Regência e início do Segundo Reinado. Complementar VIII. Construção da identidade nacional: “branqueamento” e elitismo. D19 - Caracterizar a proibição de livre comércio como sendo uma das razões de revolta dos colonos contra o domínio metropolitano. D20 - Diferenciar, no processo de independência, a fragmentação política da América D39 - Identificar os motivos que promoveram a eclosão do movimento de independência dos EUA. D40 - Compreender a importância da Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão. D28 - Compreender que a desagregação do regime escravista contribuiu para o fim do sistema monárquico. D14 - Reconhecer as necessidades que levaram à substituição da mão-de- obra escrava pela mão-de-obra livre (expansão do capitalismo, extinção do tráfico). D15 - Associar o sistema latifundiário colonial brasileiro com a permanência da grande propriedade rural do Brasil atual. . Compreender a importância das revoluções e seus impactos para a construção do mundo contemporâneo. . Conceituar república, liberalismo e cidadania. . Identificar as decorrências da instalação da corte no Rio de Janeiro. . Analisar o impacto da transferência da corte portuguesa para o Rio de Janeiro para o processo de emancipação política do Brasil: . Analisar as bases socioeconômicas da monarquia brasileira, identificando continuidades e mudanças em relação à era colonial e à época atual. . Compreender e analisar os limites da cidadania no contexto da sociedade escravista do Império. . Analisar e compreender as mudanças na organização do trabalho e a diversificação econômica no Império. . Analisar e discutir: o abolicionismo, o republicanismo. • Compreender e analisar o processo de implantação da monarquia no Brasil. • Analisar e compreender a formulação de uma primeira identidade nacional como projeto das elites políticas do Império, e, portanto, excludente. Revolução Americana Revolução Francesa Iluminismo Revolução Industrial Capitalismo Garantia de direitos Inconfidência Mineira Emancipação política do Brasil. Vinda da corte para o Brasil Revolução do Porto Golpe da maioridade Movimentos de contestação ao poder = Inconfidência Mineira Independência do Brasil Influências das revoluções liberais. Independência das colônias inglesas. Sistema eleitoral. Aparecimento de indústrias. Introdução da mão-de-obra livre Entrada de estrangeiros no mercado de trabalho brasileiro Brasil pós-independência Poder moderador Período regencial Voto censitário Branqueamento Criação de uma nacionalidade sem cidadania.
  3. 3. Plano de Ensino 9º ano – Ensino Fundamental. (1o Bimestre) • EIXO TEMÁTICO II: Construção do Brasil: Território, Estado e Nação ____________________________________________________________ Tema 2: Tema 2: Brasil, Nação Republicana. __________________________________________________________________________________ Subtema 1 – A “República de Poucos”: a República Velha e a dominação oligárquico federalista Tópicos Nº Aulas Habilidades Conteúdo 16. Primeira República: “modernidade”,grande propriedade, coronelismo e federalismo IX.Transformações econômicas, sociais e culturais no Brasil da Primeira República X. Revolução Russa de 1917 e movimento operário, anarquismo e comunismo no Brasil 3 3 3 16.1. Conceituar oligarquia, clientelismo, coronelismo e federalismo e relacioná-los como elementos constitutivos do sistema político oligárquico. 16.2. Identificar a estrutura jurídico- institucional do regime republicano brasileiro, contida na Constituição de 1891. 16.3. Compreender o significado da construção de Belo Horizonte em termos da modernidade e do ideal republicano. • Analisar os partidos políticos, o processo eleitoral na república oligárquica e os limites da cidadania nesse contexto. • Compreender o processo de diversificação econômica no Brasil aliado aos processos de imigração, urbanização e industrialização. • Compreender o processo de transformação da paisagem urbana da cidade do Rio de Janeiro, associando modernidade e exclusão social. • Relacionar o modernismo e a busca da nacionalidade: a Semana de Arte Moderna de 1922. • Compreender a Revolução Russa de 1917 e o processo de construção do comunismo na União Soviética e sua repercussão no Brasil. • Analisar o movimento tenentista e a Coluna Prestes. • Analisar o período entre-guerras e a crise de 1929. - Período Republicano - Mandonismo local do coronel (voto de cabresto). - Construção de Belo Horizonte (progresso, higienização, modernidade) - A Semana de Arte Moderna. - Movimento operário no Brasil e comunismo. (Revolução Russa) - Crise de 29 – Período entre guerras. - Totalitarismo Conceituar: oligarquia, clientelismo, coronelismo, federalismo, sistema político oligárquico, mandonismo local, voto de cabresto. Conceituar: República oligárquica, urbanização, higienização, modernidade, organização do espaço da cidade, mudança da capital do Estado de Ouro Preto para BH, imigração, industrialização, revoltas populares do período, Semana de Arte Moderna Conceituar: Revolução Russa, czarismo, Socialismo Real, URSS, criação de partidos comunistas correntes anarco- sindicalista e a comunista, anarquistas. Movimento tenentista, crise de 29, período entre guerras, totalitarismo.
  4. 4. Plano de Ensino 9º ano – Ensino Fundamental. (2o Bimestre) • EIXO TEMÁTICO III: Nação, Trabalho e Cidadania no Brasil ____________________________________________________________ Tema 2: A Era Vargas (1930-1945): fortalecimento do Poder Central, a Nação Brasileira “re-significada” e a Cidadania. __________________________________________________________________________________ Subtema 1 – A Revolução de 1930, Estado e Industrialização: os avanços e recuos da cidadania, extensão dos direitos sociais X cerceamento dos direitos políticos e civis. Tópicos Nº Aulas Habilidades Conteúdos 17. Revolução de 1930 no Brasil 18. A Era Vargas: autoritarismo, estado e nação XI. Ascensão do nazi- fascismo na Europa XII. O rádio, o cinema, o carnaval e o futebol: a cultura de massas no Brasil 4 4 2 2 4 3 3 17.1. Compreender o processo de crise do sistema oligárquico brasileiro, relacionando-o à ascensão de novas forças políticas e econômicas. 17.2. Identificar no Brasil dos anos 30 e início dos anos 40 a presença de embates entre comunistas e fascistas. 18.1. Relacionar o autoritarismo do governo Vargas com a ascensão do nazi-fascismo. 18.2. Identificar as ambigüidades da política econômica nacionalista do governo Vargas. 18.3. Relacionar a II Segunda Guerra Mundial e a industrialização no Brasil. 18.4. Analisar e compreender os avanços e recuos da cidadania nesse período: extensão dos direitos sociais (direitos trabalhistas, ampliação do direito de voto) X cerceamento dos direitos políticos e civis (autoritarismo). 18.5. Analisar e compreender o processo de constituição de uma nova identidade nacional ligada à industrialização e à centralização do poder. 18.6. Analisar o papel da propaganda oficial para difusão do novo ideário nacional, utilizando os meios de comunicação (rádio) e as expressões artísticas (música, literatura, cinema). • Compreender o processo de ascensão dos regimes extremistas de direita na Alemanha e Itália. • Compreender a constituição e difusão de uma cultura popular e, ao - Momento político da sucessão presidencial, a aliança liberal, o governo provisório, revolução constitucionalista. - As condições econômicas da Europa pós-guerra, o nacionalismo e revanchismo dos alemães e italianos, o crescimento do nazi- fascismo, via organização partidária e da propaganda, na Alemanha e na Itália. - O Estado Novo e seu investimento na construção de uma identidade nacional pautada em valores patrióticos, na glorificação do trabalho, na valorização do hibridismo cultural brasileiro. - Instrumentos de comunicação utilizados para se alcançar a “disciplina” (DIP) Conceituar: república velha, o domínio das oligarquias rurais e o clientelismo, a revolução russa, o movimento anarquista, a Semana da Arte de 1922, a Coluna Prestes, a crise de 1929 e suas repercussões na economia brasileira, tenentismo, aliança liberal, o governo provisório, revolução constitucionalista. Conceituar: Era Vargas, Segunda Guerra Mundial, Revolução de 1930, autoritarismo, nazi- fascismo, nacionalismo, direitos trabalhistas, voto feminino. Conceituar: cultura de massas e cultura popular. Estado Novo, valores patrióticos, glorificação do trabalho, valorização do hibridismo cultural brasileiro, instrumentos de comunicação utilizados para alcançar “disciplina” imposta pelo Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), O futebol e o carnaval (manifestações híbridas da cultura
  5. 5. mesmo tempo, de uma cultura de massas, no Brasil da Era Vargas. • Conceituar cultura de massas e cultura popular. popular brasileira) Plano de Ensino 9º ano – Ensino Fundamental. (3o Bimestre) • EIXO TEMÁTICO III: Nação, Trabalho e Cidadania no Brasil ____________________________________________________________ T Tema 2: A República Democrático-Populista (1945-1964): Avanços e Recuos da Cidadania, Guerra Fria e Internacionalização Econômica __________________________________________________________________________________ Subtema 1 – A Guerra Fria, a internacionalização da economia e a industrialização do Brasil. Tópicos Nº Aulas Habilidades Conteúdo 19. Novo contexto internacional: fim da Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria 20. Avanços do capital estrangeiro e crise do populismo • 4 4 2 2 2 4 4 3 19.1. Contextualizar a Guerra Fria e a divisão do mundo em áreas de influência dos EUA e URSS, identificando os conflitos em que essas potências se envolveram na Europa, Ásia, África e América. 19.2. Compreender a importância das Revoluções Chinesa e Cubana para a história do século XX, no mundo e no Brasil. 20.1. Analisar a influência do capital estrangeiro na industrialização do Brasil e os embates internos entre “entreguistas” e “nacionalistas”. 20.2. Conceituar populismo. 20.3. Identificar e analisar a constituição dos partidos políticos no Brasil nas décadas de 50-60. 20.4. Analisar o “desenvolvimentismo” nos anos dourados de JK (1956-1960). 20.5. Analisar e compreender os embates político-ideológicos entre direita e esquerda nos governos Jânio Quadros e João Goulart: o golpe militar de 1964. 20.6. Compreender os motivos, os pretextos e as estratégias subjacentes ao golpe militar de 1964. 20.7. Analisar limites e avanços da cidadania entre 1945 e 1964. - Demonstrar que o conflito entre as duas superpotências do pós-guerra (EUA e URSS) não esteve restrito apenas a questões político-militares. O viés econômico, tal como o cultural e o ideológico também estiveram presentes enquanto perdurou a Guerra Fria. - A industrialização brasileira, os denominados anos dourados de JK, crise do populismo, o governo Jânio Quadros e João Goulart, o Golpe Militar de 64. Conceituar: fim da Segunda Guerra e a desestruturação do bloco socialista, ordem mundial bipolar; a Revolução Chinesa, bloco socialista; a Guerra da Coréia, Revolução Cubana, construção do Muro de Berlim, a crise dos mísseis em Cuba guerra do Vietnã, movimentos emancipacionistas na África, Ásia e América no pós-guerra; os governos soviéticos pós-Stálin, conflito entre as duas superpotências do pós-guerra (EUA e URSS), Guerra Fria. Conceituar: Segunda Guerra Mundial, desenvolvimento do capitalismo, ascensão de um mundo socialista, comunismo , fim da Era Vargas e as políticas nacional-populistas, industrialização brasileira, anos dourados de JK, crise do populismo, governo Jânio Quadros e João Goulart, o Golpe Militar de 64, aceleração do crescimento da dívida externa brasileira.
  6. 6. Obs: O planejamento será alterado de acordo com a necessidade do aluno. Plano de Ensino 9º ano – Ensino Fundamental. (4o Bimestre) • EIXO TEMÁTICO III: Nação, Trabalho e Cidadania no Brasil ____________________________________________________________ Tema 3: Anos de Chumbo e Anos Rebeldes: a Ditadura Militar (1964-1985) Tema 4: Estado e Cidadania no Brasil Atual: a República Democrática e o Neoliberalismo (1985 aos dias atuais) __________________________________________________________________________________ Subtema 1 – Os avanços do capital estrangeiro, a crise do populismo e o golpe de 1964. Subtema 1 – Estado, economia e sociedade: o papel do estado na organização econômica, a abertura do mercado e os direitos sociais Tópicos Nº /a Habilidades Conteúdo 21. Repressão, resistência política e produção cultural no Brasil 22. Democracia e cidadania no Brasil atual XIII. Neoliberalismo e tensões sociais no Brasil 3 3 3 4 3 4 4 3 4 3 6 21.1. Analisar o processo de implantação da ditadura militar no Brasil. 21.2. Identificar as bases jurídicas e institucionais da ditadura militar: atos institucionais, Constituição de 1967 e Emenda Constitucional de 1969. 21.3. Analisar o aparato repressivo militar e paramilitar instituído pela ditadura, com apoio da sociedade civil, para eliminação dos opositores (“subversivos”) e sustentação do regime. 21.4. Analisar os principais movimentos de resistência da esquerda (guerrilhas urbanas e rurais). 21.5. Identificar e analisar as restrições à cidadania na ditadura e as limitações aos direitos políticos e civis. 21.6. Analisar as mudanças no contexto econômico brasileiro durante a ditadura: internacionalização da economia, industrialização, urbanização, dependência econômica e constituição de uma sociedade de consumo. 21.7. Analisar o contexto cultural brasileiro antes do golpe de 64 e a forma como foi afetado; as diversas formas de resistência dos artistas e intelectuais brasileiros: a MPB, os festivais da canção e o cinema novo. 21.8. Analisar a implantação dos governos autoritários e da luta armada na América Latina. 22.1. Analisar o contexto de formulação da “Constituição Cidadã” de 1988 e os avanços da cidadania nela expressos. 22.2. Contextualizar as transformações mundiais do final do século XX a partir da desagregação do socialismo real. 22.3. Analisar o contexto das tensões e reivindicações sociais no Brasil atual: eleições brasileiras de 2002, o Movimento dos Sem-Terra (MST) e a reforma agrária; os sem teto; movimento negro; a questão das políticas afirmativas. • Analisar o contexto de estabelecimento de uma “nova ordem” mundial: ascensão dos governos conservadores e do neoliberalismo. • Analisar a eleição de Fernando Collor de Mello e a abertura econômica do mercado brasileiro. • Analisar a mobilização popular e o impeachment de Fernando Collor de Mello (1992). • Analisar os dois governos de Fernando Henrique Cardoso e a implantação do neoliberalismo no Brasil. - Atos Institucionais da Constituição de 1967 (concentração do poder nas mãos do Executivo) - Movimentos de resistência da esquerda - Restrições aos direitos políticos e civis. - ‘Milagre econômico dos anos de 1970. - Falência da propaganda ufanista da ditadura militar e a resistência da extrema direita. - Novo sindicalismo e a criação das Centrais Sindicais, a aprovação da lei de Anistia Política (1979); - Reorganização partidária e o surgimento de novos partidos políticos - Diretas Já - Assembléia Nacional Constituinte e elaboração de uma nova Constituição para o Brasil, em 1988. - Cidadania: os direitos civis, políticos e sociais. - Universalidade do voto: a restrição do voto ao analfabeto. - Racismo: crime inafiançável e imprescritível - Tortura como crime inafiançável e não- anistiável. - Governo Sarney - Governo de Fernando Collor de Mello( postura de salvador da Pátria) - CPI - Governo Itamar Franco. - Governo FHC
  7. 7. • Analisar a criação dos blocos econômicos regionais: Mercosul, Nafta e MCE. - Governo Lula OBS: Os tópicos complementares e respectivos números de aulas serão ministrados e avaliados a critério do professor, de acordo com o desenvolvimento da turma, priorizando os tópicos obrigatórios. - METODOLOGIA / ESTRATÉGIAS Trabalho em grupo (x ) Debate ( x ) Bingo (X) Trabalhos em classe e extra classe (X) Pesquisa de campo ( x ) Feira de Cultural ( ) Arguição - oral (X) Interpretação de charges, mapas, gráficos, tabelas (X) Aula expositiva dialógica ( x ) Excursão ( ) Prova relâmpago (X) Exercícios ( x ) Exposição de Trabalhos ( x ) Interpretação de textos (X) Prova Escrita (X) Mídias ( x ) Leituras ( x ) Aulas expositivas dialogadas (X) Apresentação de trabalhos (x) Atividades em ambiente virtual ( x ) Produção de vídeos (x) - RECURSOS Caderno do aluno ( x ) Datashow ( x ) Quadro/giz ( x ) Outros: Livro didático ( x ) Jornais, revistas ( x ) Mídias ( x ) Computador ( x ) Obs.: O uso do livro didático e sua interface com o CBC Passos: 1º- Selecionar os eixos temáticos e temas, tópicos e habilidades, referentes ao ano escolar no qual irá lecionar. 2º- Selecionar do livro didático adotado os textos, mapas, atividades que podem ser utilizadas para a concretização do conteúdo do CBC. 3º- Pesquisar em outros livros didáticos do mesmo ano ou de anos diferentes e outros materiais as atividades que podem ser utilizadas para concretizar as habilidades selecionadas. - AVALIAÇÃO Diagnóstica ( x ) Outros: Bingo (X) Arguição - oral (X) Interpretação de charges, mapas, gráficos, tabelas (X) Trabalhos em classe e extra classe (X) Prova relâmpago (X) Interpretação de textos (X) Oral ( x ) Escrita ( x ) Atitudinal ( x ) Virtual ( ) Prova Escrita (X) Aulas expositivas dialogadas (X) – BIBLIOGRAFIA Livro Adotado Blog SRE ( x )
  8. 8. CBC ( x ) Outros: Outros sites da internet Orientações Pedagógicas ( x ) Roteiro de Atividades ( x ) CRV ( x )
  9. 9. MATRIZ DE REFERÊNCIA - VERSÃO PRELIMINAR HISTÓRIA – 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL - TÓPICOS E SEUS DESCRITORES I - HISTÓRIA DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES(étnica, cultural e social e Migrações em Minas Gerais e Brasil) D1 Compreender a importância do estudo da História para a formação cidadã. D2 Identificar a diversidade populacional brasileira através dos processos migratórios, conceituando cultura, mestiçagem, hibridismo e suas manifestações. D3 Distinguir História e Pré-Hstória e a origem dos diferentes povoadores, sua evolução e diversidade. D4 Identificar as características da colonização na América e as bases do capitalismo industrial. D5 Identificar as especificidades dos povos indígenas brasileiros à época da chegada dos europeus. D6 Caracterizar a presença africana no Brasil colonial, diferenciando o tipo de escravidão existente na África e o tipo implantado na América Portuguesa. D7 Conceituar e identificar os processos da expansão colonizadora portuguesa. D8 Relacionar as atividades econômicas internas e a acumulação de capital na Colônia: abastecimento interno, tráfico negreiro, escravidão de índios e negros. D9 Compreender o processo de implantação da agromanufatura do açúcar no Nordeste brasileiro. D10 Analisar a formação da sociedade brasileira, estabelecendo relações entre as ações dos missionários católicos, escravidão e poder local. D11 Analisar as disputas sobre o território sul-americano entre Portugal e outras potências européias no séc.XVIII por meio dos principais tratados. D12 Identificar a origem dos imigrantes que chegaram no Brasil e em Minas Gerais nos séculos XIX e XX. II - CONSTRUÇÃO DO BRASIL: TERRITÓRIO, ESTADO E NAÇÃO D13 Compreender a importância das revoluções contemporâneas para a construção da cidadania no mundo e no Brasil. D14 Analisar o sistema capitalista emergentes , o progresso científico-tecnológico e a nova organização dos trabalhadores. D15 Analisar as influências dos ideais liberais no Brasil colonial. D16 Analisar os antecedentes históricos da vinda da família real portuguesa para o Brasil e as alterações políticas e sociais ocorridas no território brasileiro. D17 Caracterizar a Constituição Brasileira de 1824 e suas implicações na sociedade brasileira. D18 Analisar e caracterizar os conflitos políticos e sociais no Brasil Imperial. D19 Relacionar o fim do tráfico de escravos aos interesses ingleses e as medidas favoráveis à abolição, tomadas pelo governo brasileiro a partir de 1850. D20 Compreender a educação no Brasil Império como formadora de uma identidade nacional excludente e elitista. III - BRASIL, NAÇÃO REPUBLICANA D21 Conceituar e compreender os termos oligarquia, clientelismo, coronelismo e federalismo, relacionando-os ao regime republicano brasileiro. D22 Identificar as características da Constituição de 1891 e suas implicações. D23 Estabelecer relação entre o ideal republicano, modernidade e o processo de urbanização e industrialização no Brasil. D24 Identificar os conflitos políticos e eleitorais na República Velha. D25 Identificar características dos movimentos sociais na República Velha e as novas ideologias partidárias no Brasil. IV - NAÇÃO, TRABALHO E CIDADANIA NO BRASIL D26 Compreender o processo de crise do sistema oligárquico brasileiro. D27 Relacionar e caracterizar o governo autoritário de Vargas aos regimes totalitários. D28 Estabelecer relações entre a Segunda Guerra Mundial e a industrialização no Brasil. D29 Identificar características do governo do presidente Eurico Gaspar Dutra. D30 Identificar características do governo JK. D31 Identificar características do presidente Jânio Quadros. D32 Identificar características de regimes políticos e a implantação da ditadura militar no Brasil. D33 Identificar o quadro econômico e social no Brasil durante a ditadura militar. D34 Identificar características dos governos militares no Brasil. D35 Reconhecer os avanços da cidadania expressos na Constituição de 1988. D36 Analisar as tensões e reivindicações sociais no Brasil atual. D37 Relacionar os governos neoliberais da década de 1990. D38 Analisar a atual conjuntura política e econômica brasileira.
  10. 10. MATRIZ DE REFERÊNCIA - VERSÃO PRELIMINAR HISTÓRIA – 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL - TÓPICOS E SEUS DESCRITORES I - HISTÓRIA DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES(étnica, cultural e social e Migrações em Minas Gerais e Brasil) D1 Compreender a importância do estudo da História para a formação cidadã. D2 Identificar a diversidade populacional brasileira através dos processos migratórios, conceituando cultura, mestiçagem, hibridismo e suas manifestações. D3 Distinguir História e Pré-Hstória e a origem dos diferentes povoadores, sua evolução e diversidade. D4 Identificar as características da colonização na América e as bases do capitalismo industrial. D5 Identificar as especificidades dos povos indígenas brasileiros à época da chegada dos europeus. D6 Caracterizar a presença africana no Brasil colonial, diferenciando o tipo de escravidão existente na África e o tipo implantado na América Portuguesa. D7 Conceituar e identificar os processos da expansão colonizadora portuguesa. D8 Relacionar as atividades econômicas internas e a acumulação de capital na Colônia: abastecimento interno, tráfico negreiro, escravidão de índios e negros. D9 Compreender o processo de implantação da agromanufatura do açúcar no Nordeste brasileiro. D10 Analisar a formação da sociedade brasileira, estabelecendo relações entre as ações dos missionários católicos, escravidão e poder local. D11 Analisar as disputas sobre o território sul-americano entre Portugal e outras potências européias no séc.XVIII por meio dos principais tratados. D12 Identificar a origem dos imigrantes que chegaram no Brasil e em Minas Gerais nos séculos XIX e XX. II - CONSTRUÇÃO DO BRASIL: TERRITÓRIO, ESTADO E NAÇÃO D13 Compreender a importância das revoluções contemporâneas para a construção da cidadania no mundo e no Brasil. D14 Analisar o sistema capitalista emergentes , o progresso científico-tecnológico e a nova organização dos trabalhadores. D15 Analisar as influências dos ideais liberais no Brasil colonial. D16 Analisar os antecedentes históricos da vinda da família real portuguesa para o Brasil e as alterações políticas e sociais ocorridas no território brasileiro. D17 Caracterizar a Constituição Brasileira de 1824 e suas implicações na sociedade brasileira. D18 Analisar e caracterizar os conflitos políticos e sociais no Brasil Imperial. D19 Relacionar o fim do tráfico de escravos aos interesses ingleses e as medidas favoráveis à abolição, tomadas pelo governo brasileiro a partir de 1850. D20 Compreender a educação no Brasil Império como formadora de uma identidade nacional excludente e elitista. III - BRASIL, NAÇÃO REPUBLICANA D21 Conceituar e compreender os termos oligarquia, clientelismo, coronelismo e federalismo, relacionando-os ao regime republicano brasileiro. D22 Identificar as características da Constituição de 1891 e suas implicações. D23 Estabelecer relação entre o ideal republicano, modernidade e o processo de urbanização e industrialização no Brasil. D24 Identificar os conflitos políticos e eleitorais na República Velha. D25 Identificar características dos movimentos sociais na República Velha e as novas ideologias partidárias no Brasil. IV - NAÇÃO, TRABALHO E CIDADANIA NO BRASIL D26 Compreender o processo de crise do sistema oligárquico brasileiro. D27 Relacionar e caracterizar o governo autoritário de Vargas aos regimes totalitários. D28 Estabelecer relações entre a Segunda Guerra Mundial e a industrialização no Brasil. D29 Identificar características do governo do presidente Eurico Gaspar Dutra. D30 Identificar características do governo JK. D31 Identificar características do presidente Jânio Quadros. D32 Identificar características de regimes políticos e a implantação da ditadura militar no Brasil. D33 Identificar o quadro econômico e social no Brasil durante a ditadura militar. D34 Identificar características dos governos militares no Brasil. D35 Reconhecer os avanços da cidadania expressos na Constituição de 1988. D36 Analisar as tensões e reivindicações sociais no Brasil atual. D37 Relacionar os governos neoliberais da década de 1990. D38 Analisar a atual conjuntura política e econômica brasileira.
  • EribertoGiardini

    Mar. 3, 2015
  • priscilla2009

    Feb. 17, 2015
  • marlilins

    Jul. 28, 2014

Views

Total views

3,908

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

9

Actions

Downloads

96

Shares

0

Comments

0

Likes

3

×