Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
1.	
  (UDESC)	
  -­‐	
  Calcular	
  a	
  normalidade	
  de	
  uma	
  solução	
  
de	
   soda	
   cáustica	
   preparada	
 ...
7.	
  (UnB)	
  	
  
	
  
Os	
   anti-­‐inflamatórios	
   não	
   esteroides	
   (AINE)	
  
constituem	
  um	
  grupo	
  de...
8-­‐	
  	
  (Ita	
  2010)	
  Uma	
  solução	
  aquosa	
  de	
  HCl	
  0,1	
  mol	
  L–1	
  
foi	
  titulada	
  com	
  uma	...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

of

Laura   quimica 1 Slide 1 Laura   quimica 1 Slide 2 Laura   quimica 1 Slide 3
Upcoming SlideShare
Granting Oracle Schema Permissions when Objects not created Yet
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

0 Likes

Share

Download to read offline

Laura quimica 1

Download to read offline

quimica

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to like this

Laura quimica 1

  1. 1. 1.  (UDESC)  -­‐  Calcular  a  normalidade  de  uma  solução   de   soda   cáustica   preparada   com   50cm3   de   uma   solução  de  densidade  1,530g/cm3,  contendo  50,1%  de   NaOH  em  peso,  diluídos  a  500  cm3.   a)19,16  N                b)  1,916  N              c)  0,200  N              d)  0,7665  N     2.   Tem-­‐se   uma   solução   0,4N   de   um   ácido   que   se   deseja  transformar  em  solução  0,5N  pela  mistura  com   uma   solução   2N   do   mesmo   ácido.   Calcule   o   volume,   em   mL,   de   solução   2N   que   se   deve   empregar   para   obter  200cm3  de  solução  0,5N.   a)  25        b)  50        c)  12,5        d)  1,25        e)  100     3.  Diluindo  uma  solução  2,3M  de  cloreto  de  magnésio   a  fim  de  se  obter  uma  solução  0,1N  do  sal.  É  correto:   I-­‐  A  normalidade  da  solução  inicial  é  de  4,6N   II-­‐  volume  final  deve  ser  46  vezes  maior  que  o  inicial.     III-­‐  Cada  centímetro  cúbico  da  solução  2,3M  fornecerá   46  cm3  de  solução  0,1N  após  diluição.   A  alternativa  que  contém  as  afirmações  corretas  é:   a)I  e  II                      b)  II  e  III                        c)I  e  III                      d)  I,  II  e  III     4.   (UFPR   2012)   Uma   amostra   de   oxalato   de   sódio   puro,   pesando   0,268   g,   é   dissolvida   em   água.   Adiciona-­‐se   ácido   sulfúrico   e   a   solução   é   titulada   a   70°C,   requerendo   40,00mL   de   uma   solução   de   permanganato  de  potássio.  O  ponto  final  da  titulação  é   ultrapassado   e   uma   titulação   do   excesso   é   realizada,   gastando-­‐se   para   a   operação   5,00mL   de   solução   de   ácido   oxálico   0,2M.   A   reação   que   se   processa,   não   balanceada,  é:       A   molaridade   da   solução   de   permanganato   de   potássio  é:    Dados:  C  =  12;  1;  O  =  16;  Na=23.     a)  0,01.              b)  0,02.                c)  0,03.                d)  0,05.                e)  0,08.       5.   (UEL   2012)   25,0   mL   de   uma   solução   de   NaOH   neutralizam   totalmente   10,0   mL   de   uma   solução   de   HNO3.  Juntando-­‐se  40,0  mL  da  solução  de  NaOH  a  2,00   g  de  um  ácido  orgânico  monocarboxílico  e  titulando-­‐ se  o  excesso  de  NaOH  com  uma  solução  de  HNO3  ,  são   gastos  6,00  mL  do  ácido  até  o  ponto  de  equivalência.   Qual  o  volume  da  solução  de  HNO3  que  corresponde   ao   número   de   mols   contidos   nos   2,00   g   do   ácido   orgânico?   Apresente   os   cálculos   realizados   na   resolução  da  questão.     6.  (Ita  2010)  Determine  o  valor  aproximado  do  pH  no   ponto   de   equivalência,   quando   se   titula   25,0   mL   de   ácido  acético  0,1000  mol  L–1  com  hidróxido  de  sódio   0,1000  mol  L–  1.     7.  (Ufg  2010)  Um  suco  de  laranja  industrializado  tem   seu   valor   de   pH   determinado   pelo   controle   de   qualidade.   Na   análise,   20   mL   desse   suco   foram   neutralizados  com  2  mL  de  NaOH  0,001  mol/L.  Tendo   em  vista  o  exposto,   a)  determine  o  pH  desse  suco;   b)   qual   a   técnica   empregada   nesse   controle   de   qualidade?     c)  como  identificar  que  a  neutralização  ocorreu?                                                                                                                              
  2. 2. 7.  (UnB)       Os   anti-­‐inflamatórios   não   esteroides   (AINE)   constituem  um  grupo  de  fármacos  com  capacidade  de   controlar   a   inflamação,   promover   analgesia   e   combater   a   hipertermia.   Essa   classe   heterogênea   de   fármacos   inclui,   entre   outros,   o   ácido   acetilsalicílico   (aspirina,   ou   AAS),   anti-­‐   inflamatório   não   esteroide   mais   antigo   e   mais   utilizado   na   prática   médica.   Os   efeitos  do  AAS  e  de  outros  AINE  devem-­‐se  à  sua  ação   inibidora   da   atividade   da   enzima   ciclogenase,   COX,   bloqueando,  assim,  a  conversão  do  ácido  araquidônico   em   precursores   de   prostaglandinas,   Pgs   e   tromboxano.   A   enzima   ciclogenase   apresenta   duas   isoformas,   COX-­‐1   e   COX-­‐2.   A   COX-­‐1   é   expressa   continuamente   na   maioria   dos   tecidos   normais,   agindo   como   protetora   da   mucosa   gastrintestinal.   A   COX-­‐2   é   expressa   em   níveis   muito   baixos   ou   em   situações   de   lesão   tecidual.   Dois   estudos   mostraram   que  o  uso  regular  do  AAS  resultou  na  redução  de  40%   dos   cânceres   de   estômago   em   indivíduos   infectados   com   a   bactéria   Helicobacter   pylory   no   estômago;   cânceres   de   estômago   em   indivíduos   não   infectados   não  foram  reduzidos  pelo  uso  do  AAS.  O  consumo  de   AAS   por   longos   períodos   pode   induzir,   em   alguns   indivíduos,  distúrbios  gastrintestinais  e  complicações   cardiovasculares   fatais.   Considerando   o   texto,   as   figuras   e   o   esquema   básico   de   inibição   de   prostaglandinas,  julgue  os  itens  a  seguir.   a)   Para   o   ácido   araquidônico,   são   oito   os   possíveis   isômeros   geométricos   cujas   propriedades   físicas   são   iguais,   excetuando-­‐se   a   de   desvio   sobre   a   luz   polarizada.   b)   Os   compostos   orgânicos   gerados   pela   oxidação   branda   das   duplas   do   ácido   araquidônico   usando-­‐se   uma   solução   aquosa   diluída   e   neutra   de   KMnO4   –   reação  de  Bayer  –  apresentam  maior  solubilidade  em   água  que  o  ácido  araquidônico.   c)   Os   átomos   de   carbono   do   anel   benzênico   da   aspirina  ligados  alternadamente  por  ligações  simples   e  duplas  com  hibridização  sp2  e  sp3,  respectivamente,   apresentam  distâncias  diferenciadas  entre  si.   d)  Considere  que,  na  determinação  do  teor  de  AAS  em   um   medicamento,   tenham   sido   utilizados   50   mL   de   NaOH   0,1   mol/L   na   titulação   da   aspirina   em   um   comprimido   de   massa   igual   a   1,00   g.   Nesse   caso,   o   percentual   em   massa   de   aspirina   no   comprimido   é   menor  que  95%.                                                                                                          
  3. 3. 8-­‐    (Ita  2010)  Uma  solução  aquosa  de  HCl  0,1  mol  L–1   foi  titulada  com  uma  solução  aquosa  de  NaOH  0,1  mol   L–1.   A   figura   a   seguir   apresenta   a   curva   de   titulação   obtida  em  relação  à  condutância  da  solução  de  HCl  em   função  do  volume  de  NaOH  adicionado.     Com  base  nas  informações  apresentadas  nesta  figura,   assinale  a  opção  ERRADA.   a)  Os  íons  responsáveis  pela  condutância  da  solução   no  ponto  R  são:  H+,  Cl–  e  Na+.   b)  Os  íons  responsáveis  pela  condutância  da  solução   no  ponto  S  são:  Na+  e  Cl–.   c)  A  condutância  da  solução  no  ponto  R  é  maior  que   no   ponto   S   porque   a   mobilidade   iônica   dos   íons   presentes  em  R  é  maior  que  a  dos  íons  presentes  em   S.   d)  A  condutância  da  solução  em  T  é  maior  que  em  S   porque  os  íons  OH–  têm  maior  mobilidade  iônica  que   os  íons  Cl.   e)   No   ponto   S,   a   solução   apresenta   neutralidade   de   cargas,  no  R,  predominância  de  cargas  positivas  e,  no   T,  de  cargas  negativas.     9.   (UFPR)   Uma   amostra   impura   de   ácido   cítrico   de   fórmula  molecular  C6H8O7,  de  0,384  g,  com  a  fórmula   estrutural   apresentada   a   seguir,   foi   titulada   com   30   mL  de  uma  solução  de  NaOH  0,1  mol/L.     Descreva  as  reações  envolvidas  na  titulação  total  e  o   teor   de   ácido   cítrico   na   amostra   analisada   em   g   %(m/m). Massas  atômicas:  C  =  12;  H  =  1;  O  =  16;  Na  =  23.  

quimica

Views

Total views

381

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

7

Actions

Downloads

2

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×