Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Design de Informação aplicado a negócios

Estudo de caso apresentado no Interaction South-America 2009

Design de Informação aplicado a negócios

  1. 1. Feliphe Lavor – Calandra Soluções :: ISA 2009<br />Design de Informação aplicado a negóciosLinguagem visual como facilitadora de interação com arquitetura da informação em empresa do ramo de Gás LP <br />
  2. 2. Introdução<br />Design, negócios, usabilidade<br />
  3. 3. Desenvolvimento de interface HC<br />Produzir mais e melhor<br />Engenharia de Produção<br />Sistemas<br />Usabilidade<br />
  4. 4. Negócios<br />TI<br />Usabilidade<br />
  5. 5. TI<br />Design<br />Negócios<br />
  6. 6. Fonte:Jessica Hagy, thisisindexed.com<br />
  7. 7. “Usabilidade é a facilidade com que um usuário pode aprender a operar, preparar entradas para e interpretar as saídas de um sistema ou componente.” <br />ABNT - ISO/IEC 9126-1, 2003<br />
  8. 8. O projeto<br />Gás, Organização, <br />Arquitetura de Informação<br />
  9. 9. O CLIENTE<br /><ul><li>Empresa distribuidora de Gás Liquefeito Petróleo (GLP): “Gás de cozinha”.
  10. 10. O Brasil representa o quinto maior mercado de Gás LP do mundo (1).
  11. 11. O GLP é utilizado na cozinha de 95% de lares brasileiros (2).
  12. 12. A empresa estudada atende 25 mil postos de revendas distribuídos por todo o país e mais de 20 mil clientes industriais e comerciais. </li></ul>(1) Gas Brasil, 2009 <br />(2) Sindigas, 2009<br />
  13. 13. O PROJETO<br />Implementação de Gestão Eletrônica de Documentos (GED)<br />Taxonomia para setor responsável pelo GED<br />
  14. 14. O PROJETO<br />Mas esse setor da organização é parte de uma arquitetura maior<br />
  15. 15. O PROJETO<br />Demanda<br />Mapear Arquitetura de Informação organizacional perene, diretriz para demais iniciativas estratégicas que abrangessem toda a companhia. <br />
  16. 16. Os desafios<br />Culturas organizacionais, <br />Excesso de informação<br />
  17. 17. CULTURAS ORGANIZACIONAIS<br />“Entende-se como cultura de uma organização o seu conjunto de valores, convicções e atitudes.” <br />Paul Muchinsky<br />“Envolve o aspecto psicológico dos membros da empresa e os modelos mentais que eles possuem.” <br />John Roberts<br />
  18. 18. CULTURAS ORGANIZACIONAIS<br />Dois processos de distribuição: envasado e granel<br />
  19. 19. CULTURAS ORGANIZACIONAIS<br />Fusão de duas marcas, de regiões diferentes do país<br />
  20. 20. CULTURAS ORGANIZACIONAIS<br />Mentalidades brasileira e da matriz estrangeira<br />
  21. 21. CULTURAS ORGANIZACIONAIS<br /><ul><li>Diferentes modelos mentais.
  22. 22. Diferentes vocabulários.
  23. 23. Diferentes percepções.</li></li></ul><li>EXCESSO DE INFORMAÇÃO<br />
  24. 24. EXCESSO DE INFORMAÇÃO<br /><ul><li>Inconsistência de informações.
  25. 25. Dificuldades para passagem de conhecimento.
  26. 26. Falta de clareza.</li></li></ul><li>Fonte:Jessica Hagy, thisisindexed.com<br />
  27. 27. INTERAÇÃO ENTRE CONSULTORIA E CLIENTE<br />Equipe Consultoria<br />Cliente<br />Impactos na interação entre equipe de consultoria e cliente trazem grandes riscos para o projeto.<br />
  28. 28. Solução<br />Cadeia de Valor + <br />Design de Informação =<br />Interação entre consultoria e cliente<br />
  29. 29. DESAFIOS<br />Diferentes culturas<br />Excesso de Informação<br />
  30. 30. DESAFIOS<br />SOLUÇÕES<br />Arquitetura de <br />Informação baseada na<br />Cadeia de Valor da organização<br />Diferentes culturas<br />Ciclos iterativos de levantamento apoiados por Design de Informação<br />Excesso de Informação<br />
  31. 31. CADEIA DE VALOR<br />“Representa o conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até a fase da distribuição final.” <br />Michael Porter<br />
  32. 32. CADEIA DE VALOR<br />“Representa o conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até a fase da distribuição final.” <br />Michael Porter<br />Mais perene que estruturas como organogramas, e cobre todas as culturas intra-organizacionais mencionadas.<br />
  33. 33. DESIGN DE INFORMAÇÃO<br />“Palavras e frases são normalmente processadas e codificadas apenas pelo sistema verbal, enquanto imagens são processadas e codificadas tanto pelo sistema visual quanto pelo verbal.” <br />Allan Paivio<br />
  34. 34. DESIGN DE INFORMAÇÃO<br />Fonte:WhartonSchoolof Business<br />
  35. 35. PROCESSO ITERATIVO<br />CONSULTORIA DE NEGÓCIOS<br />DESIGN<br />INTERAÇÕES COM CLIENTE BASEADAS EM PROTOTIPAÇÃO CONCEITUAL<br />
  36. 36. Processo<br />A construção do modelo, <br />conceitos revisados a cada ciclo das iterações<br />
  37. 37. CICLO 1: Cadeia de Valor macro<br />
  38. 38. CICLO 1: Cadeia de Valor macro<br />Dois processos (granel e envasado), duas marcas, visão brasileira e matriz internacional, mas <br />UMA EMPRESA.<br />
  39. 39. CICLO 2: Detalhamento dos Clientes<br />
  40. 40. CICLO 2: Detalhamento dos Clientes<br />Antes de serem “parceiros”, os Revendedores são clientes da empresa.<br />
  41. 41. CICLO 3: Especificação de atores<br />
  42. 42. CICLO 3: Especificação de atores<br />5 Leis da Gestalt.<br />
  43. 43. 5 Leis da Gestalt<br />Proximidade, Semelhança, Continuidade, Clausura, Simplicidade<br />
  44. 44. 1)Lei da Proximidade: Elementos próximos são identificados como sendo do mesmo grupo.<br />
  45. 45. 2)Lei da Semelhança: a semelhança entre elementos (cores, forma, tamanho...) ajuda a identificar diferentes grupos.<br />
  46. 46. 3)Lei da Continuidade: o ser humano tende a seguir um fluxo para conectar os elementos em uma direção específica.<br />
  47. 47. 4)Lei da Clausura: a disposição dos elementos delimita os grupos existentes.<br />
  48. 48. 5)Lei da Simplicidade: o ser humano tem facilidade de assimilar diferentes elementos quando estes se apresentam da forma mais simples.<br />
  49. 49. Gestaltmal aplicada<br />
  50. 50. Gestaltmal aplicada<br />Falta de clareza em Continuidade atrapalha percepção do fluxo do produto, enquanto problemade Proximidade não deixa clara a diferenciação entre atores do processoxzc<br />
  51. 51. Gestalmal aplicada<br />Fonte:Sindigas<br />
  52. 52. Gestalmal aplicada<br />Forma como Continuidade é aplicada reforça a distância entre diferentes culturas (granel x envasado), enquanto utilização de fotos impacta na Simplicidade da representação.<br />
  53. 53. Finalizando<br />Interfaces entre organização, fornecedores e clientes<br />
  54. 54. Detalhando interfaces com ícones<br />Tipos de Transporte<br />Responsabilidades<br />
  55. 55. Interfaces no diagrama<br />Envasado sob responsabilidade do fornecedor<br />Granel sob responsabilidade da distribuidora<br />
  56. 56. O resultado final...<br />
  57. 57. Cadeia de Valor<br />
  58. 58. Diferentes culturas<br />Clareza de informação<br />Excesso de Informação<br />
  59. 59. Diferentes culturas<br />Clareza de informação<br />Excesso de Informação<br />O infográfico, que originalmente seria apenas para apoiar o levantamento, tornou-se um entregável estratégico do projeto.<br />
  60. 60. A gente faz isso?<br />
  61. 61. A gente faz isso!<br />
  62. 62. A gente faz isso!<br />A Arquitetura de Informação organizacional construída a partir desse processo foi aprovada por diferentes áreas funcionais do cliente, mesmo aquelas que anteriormente apresentavam grandes diferenças culturais.<br />
  63. 63. Conclusões <br />
  64. 64. <ul><li>É preciso antever riscos na interações com clientes, analisando culturas e contextos de trabalho dos mesmos;
  65. 65. Habilidades de design podem assumir papel estratégico em processos de consultoria de negócios, facilitando interação com clientes e mitigando riscos;
  66. 66. Algumas empresas já estão abertas para absorver design como fator estratégico para interação com fornecedores e representação de seus negócios. Para atender essa demanda é importante que designers brasileiros desenvolvam capacitações de análises de negócios.</li></li></ul><li>Obrigado. <br />llavor@calandra.com.br<br />feliphelavor@gmail.com<br />@feliphelavor<br />calandra.com.br<br />

×