Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
SAÚDE OCUPACIONAL
O PAPEL DO ENFERMEIRO
Enfermeiro Filipe Airosa
Autorizado transitoriamente, pela Ordem do Enfermeiros, a...
SUMÁRIO
 Saúde Ocupacional
 Funcionamento dos serviços de SST
 Legislação Base para os serviços de saúde
 Papel do Enf...
SAÚDE OCUPACIONAL
A Saúde Ocupacional é uma área de intervenção prioritária que valoriza o local de trabalho
como espaço p...
FUNCIONAMENTO DOS
SERVIÇOS DE SST
Enfermeiro Filipe Airosa
SST – O QUE É?
Conjunto de serviços que visam intervir na realidade laboral, modificando as condições
gerais e específicas...
CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS
Serviços Externos
Empresa
Contrato de
serviços de
SST
Visitas
periódicas
médicas e
técnicas
Serviç...
CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS
Enfermeiro Filipe Airosa
> 400
trabalhadores
Obrigatório serviço interno
de medicina do trabalho
>...
EQUIPA DE SST
Equipa
Multidisciplinar
Enfermeiro do
Trabalho
Administrativos
e Comerciais
Técnico de SST
Fisioterapeuta
Ou...
Enfermeiro Filipe Airosa
SST
Saúde doTrabalho
Atividades de vigilância
médica dos trabalhadores,
através de consultas peri...
RISCO PROFISSIONAL
É a possibilidade de um trabalhador sofrer um dano provocado
pelo trabalho que desenvolve, podendo pôr ...
ACIDENTE DETRABALHO E DOENÇA PROFISSIONAL
ACIDENTE DE TRABALHO
O acidente é aquele que se verifica no local e no tempo de ...
Enfermeiro Filipe Airosa
ACIDENTE DETRABALHO
Acidente de
Trabalho
Algoritmo Interno
da Empresa
Tratamentos nos
serviços de...
LEGISLAÇÃO BASE PARA OS
SERVIÇOS DE SAÚDE
Portaria nº 299/2007, de 16 de Março Portaria n.º 71/2015, de 10 de Março
Lei n....
PRINCIPAIS PONTOSA RETER:
Enfermeiro Filipe Airosa
COLABORADORES
COM IDADE
SUPERIOR A 50
ANOS E INFERIOR A
18 ANOS
COLABOR...
FICHA DE APTIDÃO
Ficha de Aptidão – Novo Modelo
PAPEL DO ENFERMEIRO DO
TRABALHO
Enfermeiro Filipe Airosa
NOVAS DIRETRIZES
1. Reconhecimento de habilitação para o exercício de
enfermagem do trabalho;
2. Autorização transitória p...
ORIENTAÇÃO Nº 09/2014, DE 3 DE JUNHO DE 2014 DA DGS
Os enfermeiros requerentes a admitir neste registo devem cumprir pelo ...
ORIENTAÇÃO Nº 09/2014, DE 3 DE JUNHO DE 2014 DA DGS
AUTORIZAÇÃOTRANSITÓRIA PARA EXERCÍCIO DE ENFERMAGEM
DOTRABALHO
Poderão...
ATIVIDADE DO ENFERMEIRO DOTRABALHO
Enfermeiro Filipe Airosa
Gestão da saúde do trabalhador ou de grupos de trabalhadores;...
ATIVIDADE DO ENFERMEIRO DOTRABALHO
Enfermeiro Filipe Airosa
Trabalhador
Família
Comunidade
PROMOÇÃO DA SAÚDE
PROTEÇÃO ESPE...
PROMOÇÃO DA SAÚDE E
PROTEÇÃO ESPECÍFICA
Enfermeiro Filipe Airosa
EDUCAÇÃO
PARA A
SAÚDE
VIGILÂNCIA
DE SAÚDE
VIGILÂNCIA
DAS
...
Enfermeiro Filipe Airosa
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Enfermeiro Filipe Airosa
ERGONOMIA E GINÁSTICA LABORAL
DIAGNÓSTICO PRECOCE ETRATAMENTO
Enfermeiro Filipe Airosa(Helena Loureiro)
EXAMES DE
RASTREIO
PARTICIPAÇÃO DE
ACIDENTE
CUID...
Enfermeiro Filipe Airosa
RASTREIO VISUAL
Enfermeiro Filipe Airosa
RASTREIO AUDITIVO
Enfermeiro Filipe Airosa
ELETROCARDIOGRAMA DE 12 DERIVAÇÕES
Enfermeiro Filipe Airosa
ESPIROMETRIA
Procedimento:
1. Inspiração profunda
2. Apertar o bocal com boca e dentes
3. Expirar...
Enfermeiro Filipe Airosa
OUTROS EXAMES COMPLEMENTARES
REABILITAÇÃO E REINSERÇÃO
Enfermeiro Filipe Airosa(Helena Loureiro)
VIGILÂNCIA DE
DOENÇA CRÓNICA
TERAPIA LOCAL ADAPTAÇÃO
P...
Enfermeiro Filipe Airosa
ENFERMEIRO
DO
TRABALHO
Especialista
Prescritor
Coordenador
Gestor
CuidadorSocorrista
Preventivo e...
PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE
OCUPACIONAL (PNSOC)
2º ciclo 2013-2017
Enfermeiro Filipe Airosa
O QUE É?
O Programa Nacional de Saúde Ocupacional 2º ciclo 2013/2017 é
um instrumento orientador quanto à proteção e promo...
NOVO NÍVEL DE ORGANIZAÇÃO
Equipa de Coordenação
do PNSOC (já existente)
Equipa Regional de Saúde
Ocupacional
Equipa Local ...
PRINCÍPIOS ESTRATÉGICOS
Os princípios estratégicos do 2º Ciclo do PNSOC (…) visam reforçar a
capacidade organizativa, de p...
OBJETIVOSGERAIS
Enfermeiro Filipe Airosa
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Enfermeiro Filipe Airosa
BIBLIOGRAFIA
http://www.dgs.pt/saude-ocupacional.aspx
Enfermeiro Filipe Airosa
BIBLIOGRAFIA
 ANTUNES, Ricardo João Correia da Cruz Pais. Enfermagem do Trabalho – Contributo do Enfermeiro
para a Saúde ...
SAÚDE OCUPACIONAL
O PAPEL DO ENFERMEIRO
Enfermeiro Filipe Airosa
Autorizado transitoriamente, pela Ordem do Enfermeiros, a...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Saúde Ocupacional - Papel do Enfermeiro

8,766 views

Published on

Seminário apresentado a alunos do 4º ano de Licenciatura de Enfermagem da Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro
Sumário:
-Saúde Ocupacional
-Funcionamento dos serviços de SST
-Legislação Base para os serviços de saúde
-Papel do Enfermeiro do Trabalho
-Novas Diretrizes
-Atividade do Enfermeiro do Trabalho
-Promoção da Saúde e Proteção Específica
-Diagnóstico Precoce e Tratamento
-Reabilitação e Reinserção
-Programa Nacional de Saúde Ocupacional 2º ciclo 2013/2017

Published in: Health & Medicine
  • Comprueba la fuente ⇒ www.EddyHelp.com ⇐. Este sitio me ha ayudado a escribir artículos científicos en inglés y español.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Posso recomendar um site. Ele realmente me ajudou. Chama-se ⇒ www.boaaluna.club ⇐ Eles me ajudaram a escrever minha dissertação.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Verifique a fonte ⇒ www.boaaluna.club ⇐. Este site me ajudou escrever uma monografia.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THIS can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THIS is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THIS Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THIS the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THIS Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THIS can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THIS is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THIS Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THIS the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THIS Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Saúde Ocupacional - Papel do Enfermeiro

  1. 1. SAÚDE OCUPACIONAL O PAPEL DO ENFERMEIRO Enfermeiro Filipe Airosa Autorizado transitoriamente, pela Ordem do Enfermeiros, a exercer Enfermagem doTrabalho desde maio de 2015, pelo período de 5 anos. Declaração nº 162/2015/ENF Sr.ª D’Alegria – Centro Clínico de Medicina noTrabalho, Lda.19-07-2015
  2. 2. SUMÁRIO  Saúde Ocupacional  Funcionamento dos serviços de SST  Legislação Base para os serviços de saúde  Papel do Enfermeiro doTrabalho  Novas Diretrizes  Atividade do Enfermeiro doTrabalho  Promoção da Saúde e Proteção Específica  Diagnóstico Precoce eTratamento  Reabilitação e Reinserção  Programa Nacional de Saúde Ocupacional 2º ciclo 2013/2017 Enfermeiro Filipe Airosa
  3. 3. SAÚDE OCUPACIONAL A Saúde Ocupacional é uma área de intervenção prioritária que valoriza o local de trabalho como espaço privilegiado para a prevenção primária dos riscos ocupacionais, a proteção e promoção da saúde e o acesso aos serviços de saúde dos trabalhadores. DGS, 2013 Enfermeiro Filipe Airosa Identificação ControloAvaliação PRINCIPAIS OBJETIVOS: • Evitar ou minimizar a exposição profissional a fatores de risco; • Assegurar uma elevada qualidade de vida no trabalho; • Alcançar elevados níveis de conforto, saúde e bem-estar físico, mental e social.
  4. 4. FUNCIONAMENTO DOS SERVIÇOS DE SST Enfermeiro Filipe Airosa
  5. 5. SST – O QUE É? Conjunto de serviços que visam intervir na realidade laboral, modificando as condições gerais e específicas do ambiente de trabalho, com o objetivo do melhor sucesso e rendimento de todos os colaboradores de uma empresa. FESETE, 2010 Enfermeiro Filipe Airosa PRINCIPAIS OBJETIVOS: • Proporcionar condições de trabalho que garantam a segurança e saúde dos trabalhadores; • Diminuir o número de sinistralidades e incapacidades, através de uma política de prevenção de riscos; • Garantir que os fatores nocivos ao ambiente não ultrapassem níveis de exposição recomendados.
  6. 6. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Serviços Externos Empresa Contrato de serviços de SST Visitas periódicas médicas e técnicas Serviços Internos Enfermeiro Filipe Airosa Empresa Presença interna de médicos, enfermeiros e técnicos
  7. 7. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Enfermeiro Filipe Airosa > 400 trabalhadores Obrigatório serviço interno de medicina do trabalho > 250 trabalhadores Médico tem de ir acompanhado por um enfermeiro
  8. 8. EQUIPA DE SST Equipa Multidisciplinar Enfermeiro do Trabalho Administrativos e Comerciais Técnico de SST Fisioterapeuta Outros profissionais de saúde Médico do Trabalho Enfermeiro Filipe Airosa
  9. 9. Enfermeiro Filipe Airosa SST Saúde doTrabalho Atividades de vigilância médica dos trabalhadores, através de consultas periódicas E atividades de prevenção associadas ao risco de lesão no trabalhador ao fim de um longo período de exposição Segurança doTrabalho Atividades de prevenção associadas ao risco de lesão imediata no trabalhador
  10. 10. RISCO PROFISSIONAL É a possibilidade de um trabalhador sofrer um dano provocado pelo trabalho que desenvolve, podendo pôr em causa o equilíbrio do estado de saúde do trabalhador. Enfermeiro Filipe Airosa AGENTESFÍSICOS -Ruído -Vibrações -Radiações -Humidade -Temp. Extrema AGENTESQUÍMICOS -Poeiras -Gases/Vapores -Compostos AGENTESBIOLÓGICOS -Vírus -Bactérias -Fungos AGENTESMEC./ERGON. -MMC -Trab. c/ Máquinas -Trab. em altura -Trab. em pé/sentado -EPI’s deficientes -Iluminação def. -Riscos elétricos -Equip. c/ ecrãs
  11. 11. ACIDENTE DETRABALHO E DOENÇA PROFISSIONAL ACIDENTE DE TRABALHO O acidente é aquele que se verifica no local e no tempo de trabalho e produz direta ou indiretamente lesão corporal, perturbação funcional ou doença do qual resulta redução na capacidade de trabalho ou de ganho ou a morte. Lei 98/2009 de 4 de Setembro, nos termos do artigo 284.º doCódigo deTrabalho – Secção II – Delimitação doAcidente deTrabalho – Atº 8 Enfermeiro Filipe Airosa DOENÇA PROFISSIONAL A doença profissional é aquela que resulta diretamente das condições de trabalho, consta da Lista de Doenças Profissionais (Decreto Regulamentar n.º 76/2007, de 17 de Julho) e causa incapacidade para o exercício da profissão ou morte. FESETE, 2010
  12. 12. Enfermeiro Filipe Airosa ACIDENTE DETRABALHO Acidente de Trabalho Algoritmo Interno da Empresa Tratamentos nos serviços de saúde Participação à seguradora Enviar para Serviços de SST E Doença Profissional Participação à Segurança Social Aguardar decisão escrita % Incapacidade Comunicado ao médico e empresa Após decisão: ALGORITMOS BASE DE ATUAÇÃO
  13. 13. LEGISLAÇÃO BASE PARA OS SERVIÇOS DE SAÚDE Portaria nº 299/2007, de 16 de Março Portaria n.º 71/2015, de 10 de Março Lei n.º 102/2009, de 10 de setembro Enfermeiro Filipe Airosa
  14. 14. PRINCIPAIS PONTOSA RETER: Enfermeiro Filipe Airosa COLABORADORES COM IDADE SUPERIOR A 50 ANOS E INFERIOR A 18 ANOS COLABORADORES COM IDADE ENTRE OS 18 ANOS E OS 49 ANOS AUSÊNCIAS AO TRABALHO SUPERIORES A 30 DIAS COLABORADORES EM PROCESSO DE ADMISSÃO Consulta médica e emissão de Ficha de Aptidão anualmente Consulta médica e deve ser emitida Ficha de Aptidão de dois em dois anos Consulta médica e emissão de Ficha de Aptidão quando regressar ao trabalho Consulta antes ou até aos 15 dias a seguir à data de admissão na empresa
  15. 15. FICHA DE APTIDÃO Ficha de Aptidão – Novo Modelo
  16. 16. PAPEL DO ENFERMEIRO DO TRABALHO Enfermeiro Filipe Airosa
  17. 17. NOVAS DIRETRIZES 1. Reconhecimento de habilitação para o exercício de enfermagem do trabalho; 2. Autorização transitória para o exercício de enfermagem do trabalho por 5 anos. Enfermeiro Filipe Airosa A obrigatoriedade da existência de enfermeiros no local de trabalho surge, em Portugal, desde a década de 70 e desde essa data a legislação manteve o enfermeiro como um dos elementos da equipa de saúde ocupacional. ANTUNES, 2009 Orientação nº 09/2014, de 3 de Junho de 2014 da DGS
  18. 18. ORIENTAÇÃO Nº 09/2014, DE 3 DE JUNHO DE 2014 DA DGS Os enfermeiros requerentes a admitir neste registo devem cumprir pelo menos um dos seguintes critérios:  a) Enfermeiro Especialista detentor do Curso de Especialização em Enfermagem de Saúde Pública com a vertente de Saúde Ocupacional, com exercício em serviços de Saúde Ocupacional, em entidades públicas ou privadas, por um tempo igual ou superior a um ano.  b) Enfermeiro Especialista detentor do Curso de Estudos Superiores Especializados em Enfermagem na Comunidade com a vertente de Saúde Ocupacional, com exercício em serviços de Saúde Ocupacional, em entidades públicas ou privadas, por um tempo igual ou superior a um ano.  c) Enfermeiro Especialista detentor do Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Comunitária, com exercício em serviços de Saúde Ocupacional, em entidades públicas ou privadas, por um tempo igual ou superior a 2 anos.  d) Enfermeiro detentor do Curso de Mestrado em Saúde Pública ou Saúde Ocupacional, com exercício em serviços de Saúde Ocupacional, em entidades públicas ou privadas, por um tempo igual ou superior a 2 anos.  e) O Enfermeiro que exerça ou tenha exercido atividade em serviços de Saúde Ocupacional, de entidades públicas ou privadas, por um tempo igual ou superior a 4 anos, e que possua pelo menos 120 horas de formação em matéria de saúde, higiene e segurança do trabalho / saúde ocupacional. Enfermeiro Filipe Airosa
  19. 19. ORIENTAÇÃO Nº 09/2014, DE 3 DE JUNHO DE 2014 DA DGS AUTORIZAÇÃOTRANSITÓRIA PARA EXERCÍCIO DE ENFERMAGEM DOTRABALHO Poderão requerer à DGS, autorização transitória para o exercício em saúde do trabalho, os enfermeiros que reúnam os seguintes critérios: a) Licenciatura em Enfermagem; b) Inscrição válida na Ordem dos Enfermeiros. As autorizações transitórias concedidas pela DGS, conferem pleno direito do exercício de enfermagem do trabalho em serviços internos, comuns ou externos, por um período máximo de 5 anos a contar da respetiva autorização. Enfermeiro Filipe Airosa
  20. 20. ATIVIDADE DO ENFERMEIRO DOTRABALHO Enfermeiro Filipe Airosa Gestão da saúde do trabalhador ou de grupos de trabalhadores; Promoção e proteção da saúde e bem-estar no local de trabalho; Prevenção de acidentes e doenças relacionadas ou agravadas pelo trabalho.  DGS, 2013 Promover ambientes de trabalho saudáveis e seguros
  21. 21. ATIVIDADE DO ENFERMEIRO DOTRABALHO Enfermeiro Filipe Airosa Trabalhador Família Comunidade PROMOÇÃO DA SAÚDE PROTEÇÃO ESPECÍFICA PREVENÇÃO DA DOENÇA TRATAMENTO REABILITAÇÃO REINSERÇÃO GESTÃO INVESTIGAÇÃO (Helena Loureiro)
  22. 22. PROMOÇÃO DA SAÚDE E PROTEÇÃO ESPECÍFICA Enfermeiro Filipe Airosa EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE VIGILÂNCIA DE SAÚDE VIGILÂNCIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO PROTEÇÃO ESPECÍFICA INDICADORES DE SAÚDE Estilos deVida Saudáveis Exame Físico Postura Corporal Tétano Postos de trabalho de maior risco laboral Uso de EPI’s Exame Psicológico Sensores de Segurança Hepatite B Causas do risco laboral (Helena Loureiro)
  23. 23. Enfermeiro Filipe Airosa EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
  24. 24. Enfermeiro Filipe Airosa ERGONOMIA E GINÁSTICA LABORAL
  25. 25. DIAGNÓSTICO PRECOCE ETRATAMENTO Enfermeiro Filipe Airosa(Helena Loureiro) EXAMES DE RASTREIO PARTICIPAÇÃO DE ACIDENTE CUIDAR PELO TRATAMENTO PROFILAXIA RastreioVisual Identificar a fonte Evitar processos de doença longos Evitar propagação de doenças Rastreio Auditivo Evitar a replicação de ocorrências Reduzir absentismo ECG Espirometria Dinamometria, Glicose, Combur, Hemograma e Bq
  26. 26. Enfermeiro Filipe Airosa RASTREIO VISUAL
  27. 27. Enfermeiro Filipe Airosa RASTREIO AUDITIVO
  28. 28. Enfermeiro Filipe Airosa ELETROCARDIOGRAMA DE 12 DERIVAÇÕES
  29. 29. Enfermeiro Filipe Airosa ESPIROMETRIA Procedimento: 1. Inspiração profunda 2. Apertar o bocal com boca e dentes 3. Expirar o mais forte e rápido possível
  30. 30. Enfermeiro Filipe Airosa OUTROS EXAMES COMPLEMENTARES
  31. 31. REABILITAÇÃO E REINSERÇÃO Enfermeiro Filipe Airosa(Helena Loureiro) VIGILÂNCIA DE DOENÇA CRÓNICA TERAPIA LOCAL ADAPTAÇÃO Prevenir e minimizar o futuro aparecimento de complicações Intervir localmente para evitar limitação ou perda funcional Ajustar o local de trabalho à limitação
  32. 32. Enfermeiro Filipe Airosa ENFERMEIRO DO TRABALHO Especialista Prescritor Coordenador Gestor CuidadorSocorrista Preventivo e Promotor Formador Investigador (ANTUNES, 2009)
  33. 33. PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE OCUPACIONAL (PNSOC) 2º ciclo 2013-2017 Enfermeiro Filipe Airosa
  34. 34. O QUE É? O Programa Nacional de Saúde Ocupacional 2º ciclo 2013/2017 é um instrumento orientador quanto à proteção e promoção da saúde no local de trabalho. O PNSOC 2013/2017 presta especial enfoque à promoção de ambientes de trabalho saudáveis, à vigilância da saúde dos trabalhadores e à qualidade e cobertura dos Serviços de Saúde Ocupacional, por forma a aumentar os ganhos em saúde e garantir o valor da saúde do trabalhador. DGS, 2013 Enfermeiro Filipe Airosa
  35. 35. NOVO NÍVEL DE ORGANIZAÇÃO Equipa de Coordenação do PNSOC (já existente) Equipa Regional de Saúde Ocupacional Equipa Local de Saúde Ocupacional Enfermeiro Filipe Airosa
  36. 36. PRINCÍPIOS ESTRATÉGICOS Os princípios estratégicos do 2º Ciclo do PNSOC (…) visam reforçar a capacidade organizativa, de planeamento e de intervenção, e a instituição das boas práticas em Saúde doTrabalho. DGS, 2013 Enfermeiro Filipe Airosa
  37. 37. OBJETIVOSGERAIS Enfermeiro Filipe Airosa
  38. 38. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Enfermeiro Filipe Airosa
  39. 39. BIBLIOGRAFIA http://www.dgs.pt/saude-ocupacional.aspx Enfermeiro Filipe Airosa
  40. 40. BIBLIOGRAFIA  ANTUNES, Ricardo João Correia da Cruz Pais. Enfermagem do Trabalho – Contributo do Enfermeiro para a Saúde no Trabalho. Dissertação de Mestrado em Saúde Ocupacional apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. 2009  DGS. Programa Nacional de Saúde Ocupacional: 2º Ciclo – 2013/2017. Lisboa: DGS, 2013. 50 p.  FESETE, Gabinete de Estudos. Manual de Avaliação de Riscos. Porto: Gabinete de Estudos da FESETE, 2010. 64 p.  LOUREIRO, Helena. Saúde Ocupacional. 64 diapositivos. P&B. Ano desconhecido  DGS – Saúde Ocupacional [Em linha]. Lisboa. [Consultado a 10 de abril de 2015]. Disponível em WWW: <URL:http://www.dgs.pt/saude-ocupacional.aspx> Enfermeiro Filipe Airosa
  41. 41. SAÚDE OCUPACIONAL O PAPEL DO ENFERMEIRO Enfermeiro Filipe Airosa Autorizado transitoriamente, pela Ordem do Enfermeiros, a exercer Enfermagem doTrabalho desde maio de 2015, pelo período de 5 anos. Declaração nº 162/2015/ENF Sr.ª D’Alegria – Centro Clínico de Medicina noTrabalho, Lda.19-07-2015

×