Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Atropelamento e Fuga

Reflexão como parte da mesa “Atropelamento e Fuga”: uso de novas tecnologias nas lutas populares pelo direito à cidade. No festival Continuum 2013, dia 17 de Julho.

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Atropelamento e Fuga

  1. 1. atropelamento e fuga uso das novas tecnologias nas lutas populares pelo direito à cidade h.d.mabuse 17 de agosto 2013
  2. 2. direito à cidade
  3. 3. #direitos urbanos #ocupe estelita #articulação e engajamento # >11mil membros
  4. 4. desmandos urbanos
  5. 5. a batalha dos martírios 1973
  6. 6. Ruas da minha infância Quantas lembranças deixaram em mim Augusta, Hortas, Alecrim De travessas e becos hoje desmoronados Daqueles carnavais em que eu menino Fugia com medo dos alegres mascarados O meu Recife cada vez mais lindo Tão diferente, minha gente, é o progresso Por isso ó ruas da minha infância Jamais ouvirão do Bloco a Marcha Regresso E se no mundo tudo tem o seu fim Adeus rua Augusta, de Hortas e Alecrim. contra Ariano Suassuna, Leonardo Dantas Silva, Paulo Malta, Orlando Parahym, Nilo Pereira, Marcos Vinícios Vilaça, os arquitetos Lúcio Costa, José Luiz Mota Menezes e Sr. Ayrton de Almeida Carvalho (que discordou de seu entusiasmo para construir “obras viárias à custa do patrimônio histórico” a favor Augusto Lucena, Flávio Guerra, vereadores da Câmara Municipal, a maioria dos deputados estaduais, alguns deputados federais, dos membros do Cons. Mun. de Cultura e entidades civis e religiosas, inclusive da Arquidiocese. Gilberto Freyre e o ministro da educação Jarbas Passarinho.
  7. 7. Dois monumentos do Recife foram extintos em períodos  ditatoriais e autoritários: a Igreja do Paraíso (1944), quando no Estado Novo*, 1937-1945 e a dos Martírios** (1973), no Governo Militar (1964-1985). * Novaes Filho (prefeito),Agamenon Magalhães (governador) e Getúlio Vargas (presidente); ** Augusto Lucena (prefeito), Eraldo Gueiros Leite (governador) e Gal. Emílio Garrastazu Médici (presidente).
  8. 8. “mais de 400 casas, 11 ruas (Augusta, Santa Teresa, do Alecrim, das Hortas, Dias Cardoso, entre outras), o Pátio do Carmo e a Igreja do Senhor Bom Jesus dos Martírios” argumentos dados pelo prefeito: _má conservação da igreja; a falta de uso; _risco de desabamento pondo em perigo a vida humana; _apoio legal que o poder municipal tinha de destruir edificações que ameaçassem a integridade da população.
  9. 9. 1973 diferenças 2013 # jovem democracia # internet / redes sociais # período da ditadura militar # jornais rádio e tv centralizavam a comunicação em massa
  10. 10. 1973 semelhanças 2013 # período autoritário do mercado # período autoritário militar
  11. 11. novas mídias #como lidar com a articulação e engajamento “horizontal”? # como confiar nessas mídias, sendo elas parte de outros setores desse mesmo mercado?
  12. 12. atropelamento e fuga uso das novas tecnologias nas lutas populares pelo direito à cidade h.d.mabuse 17 de agosto 2013

×