Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Introdução à Visualização de Dados

Uma introdução histórica sobre Representação Gráfica de Dados e 8 premissas de Edward Tufte que valem a pena ser seguidas.

Introdução à Visualização de Dados

  1. 1. DATA
 VISUALIZATION UMPOUCODE HISTÓRIAE ALGUMAS PREMISSAS 17.03.2015 
 h.d.mabuse
 

  2. 2. Gráficos baseados em dados, são imagens que traduzem quantidades em uma forma visual. Por mais estranho que possa parecer, é uma invenção humana muito recente. Mapa estelar Sumério, de Ninive, 3000 aec. Enquanto mapas gravados em argila datam de 5000 anos atrás, a representação visual de dados começa por volta de 1750/1800.

  3. 3. Clareza, Precisãoe Eficiência 8premissas* *porEdwardTufte
  4. 4. 1.mostreos dados;
  5. 5. 2.induzao leitora pensarsobre dados;
  6. 6. 3.não distorçaa mensagem dosdados;
  7. 7. 4.apresente muitoem conjuntos pequenos;
  8. 8. 5.incentiveo olhoa comparar dados;
  9. 9. 6.apresente osdadosem váriosníveis dedetalhe;
  10. 10. 7.atendaà uma proposta clara;
  11. 11. 8.integração entredados verbaise estatísticos;
  12. 12. h.d.mabuse mabuse@cesar.org.br mabuse.art.br @hdmabuse www.slideshare.net/h.d.mabuse Foss, S. K. (1992). Visual imagery as communication. Text and Performance Quarterly. doi:10.1080/10462939209359638 Perini, L. (2007). :Beautiful Evidence. Isis. doi:10.1086/524282 Plutchak, T. S. (1991). Envisioning Information. Bulletin of the Medical Library Association, 79, 346–348. doi:10.1213/00000539-199103000-00040 Tufle, E. (1983). The visual display of quantitative information. CT Graphics, Cheshire. Retrieved from http://www.colorado.edu/UCB/AcademicAffairs/ ArtsSciences/geography/foote/maps/assign/reading/TufteCoversheet.pdf www.cesar.org.br Obrigado.

×