Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Arte, Tecnologiae Brasilidades noIV Salão ÚNICO.Sesc Casa Amarela, 11/11/2011          h.d.mabuse                         ...
h.d.mabuse > c.e.s.a.r > artes visuais > música
http://ow.ly/7qSGA   http://ow.ly/7qTby   http://ow.ly/7qTue
por mais diversas que sejam essas obras são baseadas em          software*  * instruções de comportamento descritas atravé...
}void myMouse(int button, int state, int x, int y) {  // If left button was clicked  if(button == GLUT_LEFT_BUTTON && stat...
onde encontrar a identidadebrasileira em obras com essas       características?
de fora para dentro, através de umaanálise visual? é possível se não temos        mais o gesto artístico?   e de dentro pa...
na escrita do código existe intenção e estiloDon Knuth
A linguagem não é um mero veículo de informações mas sim uma atividadeprofundamente enraizada no contexto social e nas nec...
estética da escrita de gambiarra?
William              S. BurroughsA linguagem é um vírus do espaço
http://www.twitter.com/hdmabuse      mabuse@cesar.org.br
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Tecnobrasilidades: Arte, Tecnologia e Tradições Culturais Brasileiras

"Tecnobrasilidades: Arte, Tecnologia e Tradições Culturais Brasileiras", debate durante o IV Salão Univestiário de Arte Contemporânea http://salaounico.net . O debate conta também por Edson Barrus e Mãe Beth de Oxum.

  • Login to see the comments

Tecnobrasilidades: Arte, Tecnologia e Tradições Culturais Brasileiras

  1. 1. Arte, Tecnologiae Brasilidades noIV Salão ÚNICO.Sesc Casa Amarela, 11/11/2011 h.d.mabuse mabuse@cesar.org.br
  2. 2. h.d.mabuse > c.e.s.a.r > artes visuais > música
  3. 3. http://ow.ly/7qSGA http://ow.ly/7qTby http://ow.ly/7qTue
  4. 4. por mais diversas que sejam essas obras são baseadas em software* * instruções de comportamento descritas através de linguagensespecíficas que são interpretadas para os computadores. o que os humanos escrevem é chamado código fonte.
  5. 5. }void myMouse(int button, int state, int x, int y) { // If left button was clicked if(button == GLUT_LEFT_BUTTON && state == GLUT_DOWN) { // Store where the user clicked, note Y is backwards. abc[NUMPOINTS].setxy((float)x,(float)(SCREEN_HEIGHT - y)); NUMPOINTS++; // Draw the red dot. drawDot(x, SCREEN_HEIGHT - y); // If 3 points are drawn do the curve. if(NUMPOINTS == 3) { glColor3f(1.0,1.0,1.0); // Draw two legs of the triangle drawLine(abc[0], abc[1]); drawLine(abc[1], abc[2]); Point POld = abc[0]; /* Draw each segment of the curve. Make t increment in smaller amounts for a more detailed curve. */ for(double t = 0.0;t <= 1.0; t += 0.1) { Point P = drawBezier(abc[0], abc[1], abc[2], t); drawLine(POld, P); POld = P; } glColor3f(1.0,0.0,0.0); NUMPOINTS = 0; } }}void myDisplay() { glClear(GL_COLOR_BUFFER_BIT); glFlush();} return 0;
  6. 6. onde encontrar a identidadebrasileira em obras com essas características?
  7. 7. de fora para dentro, através de umaanálise visual? é possível se não temos mais o gesto artístico? e de dentro para fora, através do CÓDIGO FONTE?
  8. 8. na escrita do código existe intenção e estiloDon Knuth
  9. 9. A linguagem não é um mero veículo de informações mas sim uma atividadeprofundamente enraizada no contexto social e nas necessidades e aspirações humanas. Wittgenstein
  10. 10. estética da escrita de gambiarra?
  11. 11. William S. BurroughsA linguagem é um vírus do espaço
  12. 12. http://www.twitter.com/hdmabuse mabuse@cesar.org.br

×