Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Desmistificando o nao-modelo Spotify

Apresentação realizada no Lean Kanban Brazil 2017. Assistida por aproximadamente 100 pessoas. http://leankanban.com.br/programa/

O Spotify é uma empresa de 11 anos que vem inovando constantemente e aumentando a base de usuários. Por acreditar na transparência, a empresa é bastante aberta com as abordagens utilizadas no desenvolvimento de produtos e de software. Provavelmente você já assistiu algum video ou leu algum artigo sobre práticas utilizadas pelo Spotify. É compreensível que algumas empresas passem a copiar partes da estrutura almejando atingir os mesmos benefícios. Após experienciar esta cultura por 3 anos eu convido você para explorar comigo os ingredientes deste não-modelo.

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Desmistificando o nao-modelo Spotify

  1. 1. HENRIQUE IMBERTTI DESMISTIFICANDO O “NÃO-MODELO” SPOTIFY L e a n K a n b a n B ra z i l 2 0 1 7 # L K B R 1 7 @ i m b e r t t i
  2. 2. 2 “EU ACREDITO NESTE CONCEITO, MAS A IMPLEMENTAÇÃO DESCRITA ACIMA É ARRISCADA E SUJEITA A FALHAS” W I N S T O N W . R O Y C E , 1 9 7 0 T R A D U Ç Ã O L I V R E Waterfall?
  3. 3. 3 Modelo? “ESTE ARTIGO É SOMENTE UMA FOTOGRAFIA DA NOSSA MANEIRA DE TRABALHAR ATUAL- UMA JORNADA EM ANDAMENTO, NÃO UMA JORNADA CONCLUÍDA”
  4. 4. 4 Fonte: dicionário Houaiss
  5. 5. NÃO-MODELO A l g o m a i s f l ex í ve l q u e e s t á s e n d o co n s t a n t e m e n t e a d a p t a d o Exemplo [dentro de uma jornada] Maneira de trabalhar [dentro do contexto de uma época] Descrição de padrões e práticas [que emergiram e que estão mudando constantemente]
  6. 6. 6 Muita gente olhando para o Spotify, mas o Spotify está olhando para onde?
  7. 7. 7 “O modelo Spotify é resultado de várias pessoas colaborando e experimentando ao longo do tempo, e muitos aspectos do modelo foram criados sem o meu envolvimento” H E N R I K K N I B E R G T r a d u ç ã o l i v r e
  8. 8. 8 “Um sistema complexo que funciona invariavelmente evoluiu de um sistema simples que funcionava. A afirmação inversa também parece ser verdade: um sistema complexo projetado do zero nunca funciona e não pode ser projetado para funcionar. Você deve recomeçar, iniciando com um sistema simples” J O H N G A L L , s y s t e m s t h e o r i s t T r a d u ç ã o l i v r e F O R Ç A S D E S E L E Ç Ã O A M B I E N TA L
  9. 9. Fev 2014 9 B R A S I L S U É C I A E U A - Fev 2017
  10. 10. NOSSO QUADRO DE REFERÊNCIA É UMA LENTE ATRAVÉS DA QUAL VEMOS O MUNDO A p e n a s a m i n h a v i s ã o , n a d a o f i c i a l
  11. 11. 11 “CITE ALGO DO MODELO SPOTIFY E EU VOU LHE DIZER QUE NÃO FUNCIONA EXATAMENTE ASSIM” J A S O N Y I P , A g i l e C o a c h @ S p o t i f y
  12. 12. 12 SQUAD CIA
  13. 13. 13 Board após 2 meses APÓS ALGUMAS SEMANAS
  14. 14. 14 MANEIRA DE TRABALHAR DO CLIENTE = JIRA! :-/
  15. 15. 15 Organização se movendo rápido e experimentando constantemente
  16. 16. 16 “EU PERCEBI QUE NÃO EXISTE MODELO NENHUM!” A g i l e C o a c h r e c é m c h e g a d a a o S p o t i f y
  17. 17. 17 CHAPTER LEAD E V O L U Ç Ã O D O P A P E L 100% gerente funcional técnico 100% gerente funcional não-técnico 50% código, 50% gerente funcional técnico Experimento para remover o papel
  18. 18. 18 OKRs P&As RHYTHIM/DIBBS OKRs
  19. 19. 19 “A CULTURA É UMA ABSTRAÇÃO, PORÉM AS FORÇAS QUE SÃO CRIADAS EM SITUAÇÕES SOCIAIS E ORGANIZACIONAIS QUE DERIVAM DA CULTURA SÃO PODEROSAS” E d g a r H . S c h e i n ( t r a d u ç ã o l i v r e )
  20. 20. 20 “SE NÃO ENTENDEMOS O FUNCIONAMENTO DESSAS FORÇAS, NOS TORNAMOS VÍTIMAS DELAS” E d g a r H . S c h e i n ( t r a d u ç ã o l i v r e )
  21. 21. 21 E d g a r H . S c h e i n ARTEFATOS VALORES PREMISSAS
  22. 22. 22 OS ARTIGOS E VIDEOS APENAS ARRANHAM A SUPERFÍCIE, MAS O QUE ESTÁ POR TRÁS DISSO?
  23. 23. I m a g e m d a I n t e r n e t : o V i c t o r H u g o c o m p a r t i l h o u c o m i g o n o F a c e b o o k
  24. 24. 24 Modelo de gestão arcaico, porém tunado com os termos da moda
  25. 25. 25 O QUE A SUA EMPRESA ESTÁ OTIMIZANDO? EFICIÊNCIA VS EFICÁCIA A FORMA DE TRABALHAR DO SPOTIFY CONSOME MUITOS RECURSOS E REQUER MUDANÇAS NA ENGENHARIA
  26. 26. 26
  27. 27. 27 VALORES
  28. 28. 28 PREMISSAS AUTONOMIA COLABORAÇÃO POTENCIAL DIVERSIDADE LONGO PRAZO APRENDIZADO F o n t e : M a r c i n F l o r y a n , T r i b e L e a d @ S p o t i f y
  29. 29. 29 AUTONOMIA “A autonomia é a melhor coisa e a mais desafiadora ao trabalhar no Spotify” Joakim Sundén, Agile Coach @ Spotify
  30. 30. 30 COLABORAÇÃO
  31. 31. 31 POTENCIAL TEORIA Y As pessoas querem independência no trabalho As pessoas buscam ter responsabilidade As pessoas são motivadas pela auto-realização As pessoas naturalmente querem trabalhar As pessoas vão se auto gerenciar para performar T h e H u m a n S i d e o f E n t e r p r i s e , D o u g l a s M c G r e g o r M i n d s e t , C a r o l D w e c k
  32. 32. 32 DIVERSIDADE
  33. 33. 33 DIVERSIDADE
  34. 34. 34 LONGO PRAZO
  35. 35. 35 APRENDIZADO
  36. 36. 36 APRENDIZADO LEARNING ORGANIZATION W o r k s h o p P e n s a m e n t o A 3 f a c i l i t a d o p e l o I m b e r t t i W o r k s h o p M o b P r o g r a m m i n g f a c i l i t a d o p e l o W o o d y   Z u i l l
  37. 37. 37 APRENDIZADO Fechamento de uma Hack Week em Estocolmo Chapter de Agile Coaches discutindo problemas sistêmicos Offiste de uma tribo
  38. 38. SUÉCIA REDUZIR DESIGUALDADE FAMÍLIA > TRABALHO HIERARQUIA INFORMAL LIDERANÇA SERVIDORA QUESTIONAMENTOS PROCESSUAL
  39. 39. ONDE VOCÊ ACHA QUE O BRASIL SE ENCAIXA? OS SUECOS SE ORGANIZAM PARA TRABALHAR COM ESTA PREMISSA EM MENTE.
  40. 40. 40 h t t p s : / / w w w . h o f s t e d e - i n s i g h t s . c o m / c o u n t r y - c o m p a r i s o n / b r a z i l , s w e d e n /
  41. 41. 41
  42. 42. 42 O que você pode começar a fazer na próxima segunda-feira?
  43. 43. STATIK S y s t e m s Th i n k i n g A p p r o a c h t o I m p l e m e n t i n g K a n b a n Entender o que faz um serviço ser ajustado ao propósito do cliente 1 Entender a origem das insatisfações do processo atual 2 Analisar a demanda 3 Analisar a capacidade 4 Modelar o fluxo de trabalho 5 Descobrir as Classes de Serviço 6 Projetar o sistema kanban 7 Socializar o design e negociar a implementação 8 PARA CADA SERVIÇO
  44. 44. 44 NÃO VÁ PRECIPITADAMENTE PARA A MODELAGEM DO QUADRO NÃO VÁ PRECIPITADAMENTE PARA A MUDANÇA DE ESTRUTURAS STATIK INSPIRAÇÃO EM CASES
  45. 45. 45 STATIK + PRINCÍPIOS & PRÁTICAS KANBAN Vo c ê v a i c h e g a r e m a l g o m e l h o r d o q u e o “ m o d e l o ” S p o t i f y ! = Concorde em buscar uma abordagem evolucionária para mudança
  46. 46. 46 “O IMPORTANTE NÃO É O SEU PROCESSO, MAS SIM O PROCESSO PARA MELHORAR O SEU PROCESSO” H e n r i k K n i b e r g ( t r a d u ç ã o l i v r e )
  47. 47. 47 IMBERTTI, O QUE SERIA A ESSÊNCIA DO “MODELO” SPOTIFY PARA VOCÊ?
  48. 48. 48 Pare de tentar usar a sabedoria dos outros e pense por si mesmo. Tradução livre https://www.leanblog.org/2008/12/jason-yips-japan-trip/ Enfrente suas dificuldades, pense, pense, pense e resolva os seus problemas. O sofrimento e as dificuldades oferecem oportunidades para melhorar. O sucesso é nunca desistir. T A I I C H I O H N O
  49. 49. 49 OBRIGADO! HENRIQUE IMBERTTI @IMBERTTI

×