Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Verdades que não querem te contar sobre Docker

1,422 views

Published on

Apresentação sobre algumas considerações sobre o uso de Docker.
TDC Floripa 2015: www.thedevelopersconference.com.br/tdc/2015/florianopolis/trilha-cloud-computing

Published in: Software

Verdades que não querem te contar sobre Docker

  1. 1. C l o u d C o m p u t i n g VERDADES QUE NÃO QUEREM TE CONTAR SOBRE DOCKER Luis Armando e Bruno Tavares
  2. 2. 2 Luis Armando - @labianchin Bruno Tavares - @bltavares
  3. 3. AGENDA • O que é o Docker? • Como ele tem facilitado a entrega na nuvem • As verdades que não querem te contar... • Perguntas 3
  4. 4. O QUE É DOCKER? 4
  5. 5. O QUE É DOCKER? 5 • Tecnologia recente (2013) • Baseada em namespaces (isolamento de processos) • Plataforma com ferramentas de suporte de armazenamento, rede • Comunidade grande e crescendo sempre • Esta em Trial no Tech Radar da ThoughtWorks
  6. 6. E NO QUE O DOCKER FACILITA? 6
  7. 7. POR QUE DOCKER? 7 • Todas dependências de uma aplicação dentro de um pacote (imagem) • Várias aplicações em um mesmo servidor • Mesma imagem em diferentes servidores e ambientes • Imagem torna-se um artefato de deployment • Facilita escalar horizontalmente • Isolamento de aplicação e dependências de forma barata
  8. 8. VAMOS COMEÇAR A FALAR UMAS VERDADES? 8
  9. 9. COMO "DOCKERIZAR" UMA APLICAÇÃO? Sua aplicação provavelmente vai precisar de mudanças. Sera que ela esta preparada? 9
  10. 10. COMO "DOCKERIZAR"? 10 • A aplicação pode iniciar e parar a qualquer momento? • Como a aplicação sabe localizar os serviços que ela usa? • Assume serviços rodando no mesmo servidor? • Como as dependências são gerenciadas? • Como arquivos gerados pela aplicação são persistidos?
  11. 11. COMO UTILIZAR DOCKER NO PIPELINE? Gerar artefatos reproduzíveis é muito importante para um bom processo de entrega. Como eu integro com o Docker? 11
  12. 12. DOCKER NO PIPELINE 12 • Seu CI já possui artefatos gerados? • Como publicar imagens do Docker? • Posso utilizar um registro publico? • Como manter o próprio registro? • Como se integra com outros gerenciadores de artefatos?
  13. 13. COMO INTEGRAR PROCESSOS DEPENDENTES? Cada processo roda em um container. Como eu coloco processos para rodar em conjunto? 13
  14. 14. COMPOSIÇÃO DE CONTAINERS 14 • Como os seus processos interagem? • Eles se comunicam por rede? • Eles se comunicam por arquivos intermediarios? • Como orquestrar containers para desenvolvimento? • Como orquestrar containers em produção?
  15. 15. COMO LIDAR COM PERSISTÊNCIA DE ARQUIVOS? Containers são descartáveis. Como lidar com arquivos de forma persistente? 15
  16. 16. PERSISTÊNCIA DE ARQUIVOS 16 • Os arquivos do containers podem ser descartados? • Como gerencio arquivos permanentes? • Onde persistir esses arquivos?
  17. 17. COMO DEPLOYAR UMA IMAGEM? Agora que temos uma imagem, precisamos executa-las. 17
  18. 18. DEPLOYMENT 18 • Como configurar o servidor do Docker? • Posso continuar usando o meu Configuration Manager? • Qual distro recomendada? • Como implementar meu próprio PaaS?
  19. 19. COMO DEPLOYAR EM VÁRIOS SERVIDORES? Se estivermos escalando horizontalmente, quais são os desafios? 19
  20. 20. MÚLTIPLOS SERVIDORES 20 • Como abstraio a rede entre múltiplos servidores? • Como faço para containers serem executados no mesmo servidor? • Como o sistema escolhe qual servidor executará o container?
  21. 21. E É SEGURO? Aplicações podem ser comprometidas por diversos motivos. Como containers mitigam os problemas? 21
  22. 22. SEGURANÇA 22 • Quão isolados são os processos? • Quão difícil é escalar privilégios? • Como aplicar patches de segurança? • Como auditar containers?
  23. 23. ESTA MADURO? A comunidade é forte e tem resolvido vários problemas que estamos discutindo. Será que devo começar a usar? 23
  24. 24. MATURIDADE 24 • Tenho um processo que consegue acompanhar as mudanças do ecosistema? • As mudanças tem sido retro-compatíveis?
  25. 25. "Pode usar que é massa" - Tavares, Bruno 25
  26. 26. Perguntas? MUITO OBRIGADO Luis Bianchin @labianchin Bruno Tavares @bltavares
  27. 27. FUTURO 27
  28. 28. FUTURO 28 • Acompanhar o que outras empresas tem feito • New Relic, Spotify, Google, Joyent, Phusion, Iron.io... • Acompanhe outras tecnologias de containers • rkt (CoreOs), Snappy (Canonical), systemd-nspawn • Kubernets, Mesos, Marathon, Flyn, Deis... • Acompanhe a evolução da plataforma • Powerstrip, Weave, Flannel, Swarm, Registrator.

×