Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Diversidade religiosa!

22,784 views

Published on

Um estudo sobre as religiões e a doutrina espírita,

Published in: Spiritual
  • Login to see the comments

Diversidade religiosa!

  1. 1. DIVERSIDADE RELIGIOSA LEONARDO PEREIRA
  2. 2. • Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. • Para odiar as pessoas precisam aprender; e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. (Nelson Mandela)
  3. 3. "A origem do mal reside no egoísmo e no orgulho; os abusos de toda espécie cessarão quando os homens se regerem pela lei da caridade." Alan Kardec (E.S.E. Cap.XVI ltem X).
  4. 4. ESTADO LAICO • O Brasil é um país que possui uma rica diversidade religiosa. Em função da miscigenação cultural, fruto dos vários processos imigratórios, encontramos em nosso país diversas religiões (cristã, islâmica, afro-brasileira, judaíca, etc). Por possuir um Estado Laico, o Brasil apresenta liberdade de culto religioso e também a separação entre Estado e Igreja.
  5. 5. • TITULO I • Dos Princípios Fundamentals • Art. 1° A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem • como fundamentos: • VIII - repúdio ao terrorismo e ao racismo;
  6. 6. • TÍTULO II • Dos Direitos e Garantias Fundamentais • CAPITULO I • Dos direitos e deveres individuais e coletivos • Art. 5° Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, • a liberdade, a igualdade, a segurança, a e a propriedade, nos termos seguintes: • [...] • II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei; • [...] • IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; • [...] • VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias. •
  7. 7. • Posteriormente, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional • n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996 - em seu Artigo 33 (nova • redação dada pela Lei n. 9.475/97), estipulou o seguinte: • Art. 33 - O ensino religioso, de matrícula facultativa, • é parte integrante da formação básica do cidadão, constitui • disciplina dos horários normais das escolas públicas do • ensino fundamental, assegurando o respeito à diversidade • cultural religiosa do Brasil, vedadas quaisquer formas de • proselitismo. • § 1. Os sistemas de ensino regulamentarão os procedimentos • para a definição dos conteúdos do ensino religioso e estabelecerão as normas para a habilitação e admissão dos professores. • § 2. Os sistemas de ensino ouvirão entidade civil, • constituída pelas diferentes denominações religiosas, para a • definição dos conteúdos do ensino religioso.
  8. 8. Religião ou Crença Nº de seguidores no Brasil Igreja Católica Apostólica Romana 124.980.132 Igreja Católica Ortodoxa 38.060 Igreja Batista 3.162.691 Igreja Luterana 1.062.145 Igreja Presbiteriana 981.064 Igreja Metodista 340.963 Assembléia de Deus 8.418.140 Congregação Cristã do Brasil 2.489.113 Igreja Universal do Reino de Deus 2.101.887 Igreja do Evangelho Quadrangular 1.318.805 Principais religiões e crenças no Brasil e seus seguidores: (Fonte: IBGE - censo Demográfico de 2000.)
  9. 9. Igreja Deus é Amor 774.830 Outros Penteconstais / Neopentecostais 2.514.532 Igreja Adventista do Sétimo Dia 1.209.842 Testemunhas de Jeová 1.104.886 Mórmons 199.645 Espiritismo 2.262.401 Umbanda 397.431 Budismo 214.873 Candomblé 127.582
  10. 10. Igreja Messiânica 109.310 Judaísmo 86.825 Tradições esotéricas 58.445 Islamismo 27.239 Crenças Indígenas 17.088 Orientais (bahaísmo, hare krishna, hinduísmo, taoísmo, xintoísmo, seicho-no-iê) 52.507 Outras religiões 41.373 Sem declaração / não determinadas 741.601 Sem religião 12.492.403
  11. 11. • O Brasil é um país religiosamente diverso, com tendência de tolerância e mobilidade entre as religiões. A população brasileira é majoritariamente cristã (89%), sendo sua maior parte católica. • Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas com base nos dados do Pnad*, a proporção de população na linha da miséria em 2006 foi de 19,31%. *Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios
  12. 12. • Herança da colonização portuguesa, o catolicismo foi a religião oficial do Estado até a Constituição Republicana de 1891. • A mão-de-obra escrava, vinda principalmente da África, trouxe suas próprias práticas religiosas, que sobreviveram à opressão dos colonizadores, dando origem às religiões afro- brasileiras.
  13. 13. • Muitos praticantes das religiões afro- brasileiras, assim como alguns simpatizantes do espiritismo, também se denominam "católicos", e seguem alguns ritos da Igreja Católica. • Esse tipo de tolerância com o sincretismo é um traço histórico peculiar da religiosidade no país.
  14. 14. • Na hierarquia católica brasileira, estão presentes hoje três vertentes principais: o clero tradicionalista, mais conservador e defensor da ortodoxia; • os remanescentes da Teologia da Libertação, que, desde a década de 1970, têm formado uma espécie de esquerda eclesiástica; • e os adeptos da Renovação Carismática, o movimento mais recente e vigoroso dentro da Igreja Católica.
  15. 15. • A Renovação Carismática Católica (RCC) chegou ao Brasil no começo dos anos 1970, e ganhou força em meados dos anos 1990. O movimento busca dar uma nova abordagem à evangelização e renovar algumas práticas do misticismo católico, incentivando uma experiência pessoal com Deus através do Espírito Santo. Assemelha-se em certos aspectos às Igrejas Pentecostais, como no uso dos dons do Espírito Santo, na adoção de posturas que poderiam ser rotuladas como fundamentalistas e numa maior rejeição ao sincretismo religioso por parte de seus integrantes.
  16. 16. • O Protestantismo é o segundo maior segmento religioso do Brasil com, aproximadamente, 26,2 milhões de pessoas (15,4% da população), • O protestantismo caracteriza-se pela grande diversidade denominacional, • livre interpretação da Bíblia, e nenhuma instituição, concílio ou convenção geral que agregue e represente os protestantes como um todo. • Cada denominação religiosa protestante tem plena autonomia administrativa, e eclesiástica,, sendo, portanto uma agremiação religiosa independente.
  17. 17. • portos a nações amigas por meio do Tratado de Comércio e Navegação, comerciantes ingleses estabeleceram a Igreja Anglicana no país, em 1811. Seguiu-se a implantação de outras igrejas de imigração: alemães trouxeram a Igreja Luterana, em 1824, e também a Igreja Adventista, em 1890, e imigrantes americanos trouxeram as Igrejas Batista e Metodista. Mais tarde, missionários trouxeram as Igrejas Congregacional e Presbiteriana, agora voltadas ao público brasileiro.
  18. 18. • Em 1910, o Brasil receberia o pentecostalismo, com a chegada da Congregação Cristã no Brasil e da Assembléia de Deus. A partir de 1950, o pentecostalismo transformou-se com a influência de movimentos de cura divina que geraram diferentes denominações, tais como a Igreja Evangélica Pentecostal O Brasil Para Cristo e a Igreja do Evangelho Quadrangular. Nessa época, algumas denominações protestantes que eram tradicionais adicionaram o fervor pentecostal, como exemplo, a Igreja Cristã Maranata, a Convenção Batista Nacional e a Igreja Presbiteriana Renovada.
  19. 19. • Na década de 1970, surgiu o movimento neopentecostal, com igrejas mais secularizadas, padrões morais menos rígidos, e ênfase na teologia da prosperidade, como a Igreja Universal do Reino de Deus. A partir dos anos 1980, surgiram igrejas neopentecostais com foco nas classes média e alta, trazendo um discurso ainda mais liberal quanto aos costumes e menos ênfase nas manifestações pentecostais. Dentre essas igrejas se destacam a Igreja Renascer em Cristo e a Igreja Evangélica Cristo Vive.
  20. 20. • O espiritismo é uma das religiões que mais tem crescido no Brasil. Em 2000, o Brasil concentrava 2,3 milhões de espíritas. Em 2005, estimava-se a existência de 10 milhões de espíritas no mundo inteiro (Encyclopaedia Britannica). Desse total, aproximadamente 3 milhões vivem no Brasil, fazendo dessa a maior nação espírita do planeta. Estima-se, porém, que o número de simpatizantes do espiritismo no Brasil gire em torno de 20 milhões.
  21. 21. • Como doutrina filosófica, o espiritismo foi sistematizado pelo pedagogo francês Allan Kardec em O Livro dos Espíritos, publicado em 18 de abril de 1857. No Brasil, contudo, houve uma forte modificaçãodas idéias espíritas, que foram carregadas de um viés muito mais religioso do que o existente na Europa. Foi dentro dessa perspectiva que o espiritismo foi amplamente divulgado no Brasil, ainda na segunda metade do século XIX, atraindo principalmente a classe média. Em setembro de 1865, em Salvador, Bahia, foi criado o "Grupo Familiar do Espiritismo", o primeiro Centro Espírita Brasileiro. Em 1873, fundou-se a "Sociedade de Estudos Espíritas", com o lema "Sem caridade não há salvação; sem caridade não há verdadeiro espírita". Esse grupo dedicou-se a traduzir para o português as obras de Kardec, como "O Livro dos Espíritos", "O Livro dos Médiuns", "O Evangelho Segundo o Espiritismo", "O Céu e o Inferno" e "A Gênese".
  22. 22. • Com a vinda dos escravos para o Brasil, seus costumes deram origem a diversas religiões, tais como o candomblé, que tem milhões de seguidores, principalmente entre a população negra, descendente de africanos. Estão concentradas em maior número nos grandes centros urbanos do Norte, como Pará e Maranhão, no Nordeste, Salvador, Recife, Piauí e Alagoas, no sudeste, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, e no Rio Grande do Sul. Diferente do candomblé, que é a religião sobrevivente da África ocidental, há também a Umbanda, que representa o sincretismo religioso entre o catolicismo, espiritismo e os orixás africanos. • As chamadas Religiões Afro-Brasileiras: o candomblé que é dividido em várias nações, o batuque, o Xangô do Recife e o Xambá foram trazidas originalmente pelos escravos. Estes escravos cultuavam seu Deus, e as divindades chamadas Orixás, Voduns ou inkices com cantos e danças trazidos da África.
  23. 23. • Religião brasileira • A Umbanda é considerado por muitos uma religião nascida no Brasil em 15 de novembro de 1908 no Rio de Janeiro. Embora existam relatos de outras datas e locais de manifestação desta religião antes e durante este período (F. Rivas Neto, Lições Básicas de Umbanda - 1997, ISBN 85-274-0292-0, Pag.25 e W. W. da Mata e Silva, Umbanda e o poder da mediunidade - 1997,ISBN 85-274-0462-1, Pag.40) seus adeptos aceitam esta data como o inicio histórico da mesma.
  24. 24. Outras religiões • Neopaganismo • Hoje em dia, entre os brasileiros, está começando a se difundir as religiões neo-pagãs como a Wicca, e o Neo- druidismo. Principalmente, em Brasília e nas capitais da Região Sudeste. • Xamanismo • Do estado da Bahia para o norte há também práticas diferentes tais como o Catimbó, Jurema, e o Tambor-de- Mina com fortes elementos indígenas. • Em 2004, a Comissão Nacional Anti-Drogas (CONAD), atual órgão do Ministério da Justiça brasileiro, após dezoito anos de espera da comunidade daimista, reconhece a legitimidade do uso religioso da ayahuasca e a legalidade de sua prática, ver: Santo Daime.
  25. 25. • Cristianismo Ortodoxo • A Igreja Ortodoxa também se faz presente no Brasil. A Catedral Metropolitana Ortodoxa, localizada em São Paulo, na rua Vergueiro, foi inaugurada em janeiro de 1954. Contudo, ainda tem pequena representação no país, apesar de já ter alguma visibilidade. • Islamismo • Existem inúmeras mesquitas espalhadas por todo o Brasil, onde é possível encontrar muçulmanos, geralmente as sextas-feiras congragados em torno da oração.
  26. 26. • Judaísmo • Apesar de ser uma religião minoritária no contexto brasileiro, o Judaísmo tem no Brasil uma das mais numerosas comunidades judaicas do mundo, ocupando o nono lugar. A imigração judaica para o Brasil começou logo após à época do descobrimento. • Os judeus portugueses e espanhóis, fugindo das perseguições, migraram para o país em busca de liberdade religiosa. A primeirasinagoga das Américas, Sinagoga Kahal Zur Israel foi construída em Recife, em 1637. • Mormonismo • Os Santos dos Últimos Dias, acreditam em Jesus Cristo ressuscitado, como mostra a estátua do Cristo vivo em Salt Lake City, Utah • Existente desde 1923 no Brasil, os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, também conhecidos como mórmons, tem aqui no Brasil o 3° maior país com população mórmon do mundo 1, quase 1 milhão de membros atualmente 2, superado apenas pelos Estados Unidos e México. Em 2000, o censo do IBGE mostrou haver no Brasil somente 200 mil pessoas que se dizem membros desta denominação.
  27. 27. Mas... O que é religião? • Chamamos de "religião" a crença na existência de um ser supremo e a manifestação desse tipo de crença por meio de doutrinas ou rituais.
  28. 28. • Quem sou eu? • O que estou fazendo aqui? • De onde vim? • E para onde vou?
  29. 29. "Espiritismo não é a religião do futuro, mas o futuro das religiões".

×