Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
Poluição Atmosférica
Next

3

Share

Poluição atmosférica 9g

Este trabalho não foi objeto de qualquer correção!
Foi postado tal e qual como foi enviado por o(s) autor(es).
O mérito (se for caso disso) é exclusivo dele(s)!

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Poluição atmosférica 9g

  1. 1. Poluição Atmosférica
  2. 2. Introdução  A poluição atmosférica resulta da emissão de gases poluentes ou de partículas sólidas na atmosfera.
  3. 3. Efeitos sobre a saúde humana  Os poluentes atmosféricos podem afectar o sistema respiratório directamente ou indirectamente. Os efeitos directos resultam da inalação de fumo proveniente das fábricas e transportes. Os efeitos indirectos são provocados pela destruição de tecidos das folhas das plantas.
  4. 4. Causas  A nível nacional destacam-se, pelas suas emissões, as Unidades Industriais e de Produção de Energia como a geração de energia eléctrica, as refinarias, fábricas de pasta de papel, siderúrgicas, cimenteiras e indústria química e de adubos.
  5. 5. Refinaria (Iraque) Fábrica Siderúrgica (Pequim) Fábrica de Pasta de Papel Cimenteira (Portugal)
  6. 6.  Existem outras fontes poluidoras que, em certas condições, se podem revelar importantes, tais como:  A queima de resíduos urbanos, industriais, agrícolas e florestais, feita muitas vezes, em situações incontroladas.  A queima de resíduos de explosivos, resinas, tintas, plásticos, pneus é responsável pela emissão de compostos perigosos.  Os fogos florestais são, nos últimos anos, responsáveis por emissões significativas de CO2;
  7. 7.  O uso de fertilizantes e o excesso de concentração agropecuária, são os principais contribuintes para as emissões de metano, amoníaco e N2O;  As indústrias de minerais não metálicos, a siderurgia, as pedreiras e áreas em construção, são fontes importantes de emissões de partículas.
  8. 8. Consequências  O aumento da temperatura global e consequentes incêndios, o derretimento da camada de gelo polar e consequentes cheias, alagamentos, mudança de clima e desertificação ou desflorestação.
  9. 9. Medidas de Combate á Poluição Atmosférica  Medidas preventivas:  Medir e conhecer a concentração dos poluentes       no ar; Definir as fontes poluentes; Definir a qualidade do ar; Analisar os valores limite; Estabelecimento de limites de qualidade do ar ambiente; Definição de normas de emissão; Licenciamento das fontes poluidoras;
  10. 10.  Incentivo à utilização de novas tecnologias;  Utilização de equipamento de redução de emissões (por exemplo os catalisadores nos automóveis e a utilização de equipamento de despoluição de influentes gasosos nas indústrias);  Controle dos locais de deposição de resíduos sólidos, impedindo os fogos espontâneos e a queima de resíduos perigosos;  Utilização de redes de monitorização da qualidade do ar;
  11. 11.  Incentivo à permanência de florestas naturais;  Estabelecimento de Planos de Emergência para situações de poluição atmosférica graves;  Criação de serviços de informação e de auxílio às populações sujeitas ou afectadas pela  poluição atmosférica;  Plantar árvores .
  12. 12.  Trabalho realizado por : Miguel Tomé nº16
  • shellenmacedo

    May. 9, 2016
  • Sasso99

    Nov. 18, 2015
  • AnaRibeiro82

    Mar. 1, 2015

Este trabalho não foi objeto de qualquer correção! Foi postado tal e qual como foi enviado por o(s) autor(es). O mérito (se for caso disso) é exclusivo dele(s)!

Views

Total views

821

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

42

Actions

Downloads

0

Shares

0

Comments

0

Likes

3

×