Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

O Futuro da Publicidade

Aula de Michel Lent para a Academia Draft, realizada em julho de 2016 no Rio de Janeiro.

O Futuro da Publicidade

  1. 1. Ofuturodapublicidade @lent Michel Lent
 Founder, CPO
 Lent/AG
  2. 2. As4eras
  3. 3. Aerade
 DonDraper
  4. 4. Distância entre os produtos e as pessoas
  5. 5. A invenção das estórias (“It’s toasted”)
  6. 6. A estabilidade dos formatos
  7. 7. Aerade
 SteveJobs
  8. 8. A (r)evolução da tecnologia
  9. 9. O acesso às ferramentas de produção
  10. 10. O empoderamento do indivíduo
  11. 11. AeradeTim Berners-Lee
  12. 12. A Web, a internet, o fim das fronteiras
  13. 13. A conexão do mundo
  14. 14. Informação sem limite
  15. 15. Aeradas
 pessoas
  16. 16. As grandes ‘praças’ virtuais
  17. 17. O encontro das pessoas
  18. 18. O empoderamento da voz do indivíduo
  19. 19. Anovalógicada comunicação
  20. 20. Acomunicação
 desintermediada
  21. 21. O peer to peer
  22. 22. Indivíduos: os novos publishers
  23. 23. Os novos intermediadores
  24. 24. Oconsumo demídiasob demanda
  25. 25. O dia e suas 24 horas
  26. 26. Eu decido, eu escolho, eu procuro
  27. 27. O fim da grade
  28. 28. Adescentrali- zaçãodopoder
  29. 29. Os novos hábitos de consumo de mídia
  30. 30. A perda de relevância dos canais tradicionais
  31. 31. A debilitação dos modelos econômicos adjacentes
  32. 32. Arupturadas cadeiasdevalor
  33. 33. Namúsica
  34. 34. A resignificação das plataformas
  35. 35. A reinvenção do marketing
  36. 36. Os novos modelos de negócio
  37. 37. Nojornalismo
  38. 38. O declínio dos impérios
  39. 39. A pulverização da informação
  40. 40. As novas oportunidades
  41. 41. Nostáxis
  42. 42. A resistência …
  43. 43. … e a rendição
  44. 44. A Uberização como modelo
  45. 45. Noshotéis
  46. 46. A recomendação como nova referência
  47. 47. A intermediação como descentralização
  48. 48. Naproduçãode conteúdo
  49. 49. A nova lógica de custos
  50. 50. O script X o live
  51. 51. A nova cadeia de poder, função e trabalho
  52. 52. Napublicidade
  53. 53. O fim da mídia como modelo de remuneração
  54. 54. O resignficado da criatividade
  55. 55. A reestruturação dos modelos
  56. 56. Anovalógica domarketing
  57. 57. Anovalógicada mídia
  58. 58. O shift de investimento
  59. 59. As novas concentrações
  60. 60. A inteligência e os resultados
  61. 61. Aerada performance
  62. 62. Números, inteligência e conversão
  63. 63. Retarget, remarketing, DSP, DMP e os desafios
  64. 64. Onovodesafio dasmarcas
  65. 65. Como construir marca sem o impacto da mídia
  66. 66. Os novos formatos
  67. 67. A força da solução de problemas através de serviços
  68. 68. O design thinking e o festival de post-its
  69. 69. Oencontrodos CMOseCIOs
  70. 70. As soluções multidisciplinares e a dança das verbas
  71. 71. Negócio, Experiência de Marca, Conteúdo NEGÓCIO +
 PRODUTO EXPERIÊNCIA
 DE MARCA CONTEÚDO
 + DISTRIBUIÇÃO
  72. 72. Tecnologia, produto, marca, unidos
  73. 73. Amortede DonDraper
  74. 74. Aimplosão domercado publicitário
  75. 75. A crise conjuntural encontra a crise estrutural
  76. 76. O desaparecimento (para sempre) das verbas
  77. 77. O desafio das agências e grupos
  78. 78. Anovaarenado marketing
  79. 79. Consultoria, experiência de marca, conteúdo
  80. 80. O discurso das marcas é a entrega do produto
  81. 81. Growth hacking e as parcerias
  82. 82. Onovoline-up deplayers
  83. 83. Clash de Titãs: consultorias e grupos de comunicação
  84. 84. Novos entrantes
  85. 85. Digital Product Studio
  86. 86. Wildguesses
  87. 87. Oquevem poraí
  88. 88. Chat bots (IA) e as plataformas de mensagem
  89. 89. Google e Facebook, cada vez mais gigantes
  90. 90. Millenials continuam no Facebook (e Snap e Insta)
  91. 91. Mobile, mobile, mobile.
  92. 92. As melhores marcas serão produtos, inovadores
  93. 93. A internet será basicamente social
  94. 94. Reestruturação completa da cadeia de produção de comunicação: agências; publishers; marketing
  95. 95. O futuro já chegou. Só não está bem distribuído. William Gibson, escritor americano de ficção científica, criador do termo “cyberspace”.
  96. 96. MICHEL LENT m@lent.ag | www.lent.ag www.slideshare.net/mlent68 tobe continued…

×