Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Product Inception: aplicando Design Thinking em um framework Agile

Nossa palestra para o The Developers Conference 2017 - São Paulo

Product Inception: aplicando Design Thinking em um framework Agile

  1. 1. P r o d u c t I n c e p t i o n : A p l i c a n d o D e s i g n T h i n k i n g e m u m f r a m e w o r k A g i l e
  2. 2. Q U E M S O M O S ? N a t a l í G a r c i a A n d r é s A m o e d o D e s i g n e r h á m a i s d e 1 0 a n o s , a p a i x o n a d a p o r i n o v a ç ã o e c o l a b o r a ç ã o ! ! B a i a n o r a d i c a d o e m S ã o P a u l o . A p a i x o n a d o p o r e c o n o m i a , d e s i g n e c u r i o s o p o r n a t u r e z a .   2
  3. 3. O N D E E S T A M O S A P L I C A N D O ? B r a s i l S e g u r o e B a n c o P e r u B a n c o C o l ô m b i a T e l e c o m S O M O S 1 2 D E S I G N E R S N O B R A S I L + 4 D E S I G N E R S E M L A T A M + 8 0 D E S I G N E R S N A E U R O PA e v e r i s 3
  4. 4. O Q U E É 
 P R O D U C T I N C E P T I O N ? •SE APOIA NO INCEPTION E CULTURA ÁGIL •INTRODUZ MINDSET E CULTURA DO DESIGN THINKING •APLICA PESQUISA E CO-CRIAÇÃO •VALORIZA O FOCO NO CLIENTE •PROMOVE COLABORAÇÃO •ARTEFATOS E VOCABULÁRIO COMUNS A TODOS 4
  5. 5. 5 F E R R A M E N T A S P R O C E S S O S C E R I M Ô N I A S V A L O R E S P R I N C Í P I O S F I L O S O F I A 
 C R E N Ç A S M I N D S E T O U F E R R A M E N T A ?
  6. 6. 6 PRATICAM DESIGN CENTRADO NAS PESSOAS PRATICAM AGILE C A D A C A S O É U M C A S O
  7. 7. 7 Não é possível (ou eficiente) introduzir novas práticas e culturas em uma organização sem o entendimento da organização e 
 a promoção de uma transformação.
  8. 8. 8 A R T E F A T O S V A L O R E S P R E S S U P O S T O S o c e r t o e o e r r a d o f u n c i o n a X n ã o f u n c i o n a c r e n ç a s e s t a b e l e c i d a s i n c o n s c i e n t e c o s t u m e s v e s t i m e n t a s l i n g u a g e m r i t u a i s p r o d u t o s v i s í v e i s e s t r a t é g i a s C U L T U R A O R G A N I Z A C I O N A L 8
  9. 9. 9 Quando estratégia e cultura colidem, a cultura vence. 9
  10. 10. 10 C A D A C A S O É U M C A S O SISTEMAS LEGADOS
  11. 11. 1111 O B S T Á C U L O S P E S S O A S C E N T R A L I Z A D O R A S F A L T A D E V I S Ã O D A S O L U Ç Ã O F A L T A D E C O L A B O R A Ç Ã O B A I X O S E N T I M E N T O D E O W N E R S H I P T E M P O I N S U F I C I E N T E P A R A D E S I G N E P E S Q U I S A P E S S O A S E P E N S A M E N T O S R E S I S T E N T E S À M U D A N Ç A M I N D S E T L I N E A R E H I E R A R Q U I C OB A I X A M A T U R I D A D E N A S N O V A S M E T O D O L O G I A S
  12. 12. O Q U E A C A B A A C O N T E C E N D O ? B O A S I D E I A S Q U E S Ã O E N G A V E T A D A S I D E I A S D E B A I X O V A L O R S Ã O D E S E N V O L V I D A S 12
  13. 13. MVVP MINIMUM VALUABLE & 
 VIABLE PRODUCT. AGILE MVP!!! PRODUTO MÍNIMO VIÁVEL É INÚTIL SE NÃO É DE VALOR. DESIGN THINKING AGILE MÍNIMO PRODUTO DE VALOR É INÚTIL SE NÃO É VIÁVEL. 13
  14. 14. 14 N Ã O S E A P R O V E I T A O P O T E N C I A L C R I A T I V O D O S P R O F I S S I O N A I S “ O p a p e l d o l í d e r c r i a t i v o n ã o é t e r t o d a s a s i d e i a s m a s c r i a r u m a c u l t u r a o n d e t o d o s p o s s a m t e r i d e i a s e s e s e n t i r v a l o r i z a d o s ” - S I R K E N R O B I N S O N O Q U E A C A B A A C O N T E C E N D O ?
  15. 15. 15 C O M O O 
 D E S I G N T H I N K I N G E O A G I L E P O D E M S E C O M P L E M E N T A R ?
  16. 16. 16 VA L O R E S 
 C O M P A R T I L H A D O S • CRIAÇÃO DE VALOR PARA O CLIENTE • COLABORAÇÃO • EXPERIMENTAÇÃO • ITERAÇÃO, ITERAÇÃO, ITERAÇÃO • TÉCNICAS PARA VISUALIZAÇÃO
  17. 17. 17 O Q U E O D E S I G N T H I N K I N G P O D E E N S I N A R PA R A O A G I L E ? • EMPATIA • PESQUISA COM CLIENTE • COLABORAÇÃO • ENVOLVIMENTO DOS TOMADORES DE DECISÃO • PENSAMENTO HOLÍSTICO
  18. 18. 18 O Q U E O A G I L E P O D E E N S I N A R PA R A O D E S I G N T H I N K I N G ? • ADAPTAÇÃO E MUDANÇA CONTÍNUA • EVENTOS E FERRAMENTAS DE MENSURAÇÃO • "FEITO É MELHOR QUE PERFEITO” • “NEVER DONE” • TIME-BOXING / EVENTOS CONECTADOS AO PROCESSO
  19. 19. P R O D U C T I N C E P T I O N 19
  20. 20. Q U A N D O ? C A S C ATA R e q u i s i t o s U I D e s e n v o l v i m e n t o T e s t e s I m p l e m e n t a ç ã o A G I L E R e q u i s i t o s U I / U X D e s e n v o l v i m e n t o T e s t e s I m p l e m e n t a ç ã o R e q u i s i t o s U I / U X D e s e n v o l v i m e n t o T e s t e s I m p l e m e n t a ç ã o PRODUCT INCEPTION R E S U L T A D O S C U M U L A T I V O S R E S U L T A D O S Ó N O F I N A L PRODUCT INCEPTION PRODUCT INCEPTION V s . 20
  21. 21. Pesquisa Ágil ANTES DE COMEÇAR SPRINT 0 SPRINT 1 SPRINT 2 SPRINT 3 UX & DESIGN THINKING PRODUCT INCEPTION Product Backlog Design + Teste DEV Design + Teste DEV Design + Teste DEV Design QA Design QA Teste após release Backlog
 de pesquisa 21
  22. 22. 22 “O que uma abordagem iterativa nos oferece é que obtemos validação ao longo da caminho ... porque estamos ouvindo as pessoas para quem realmente estamos projetando.” – Gaby Brink. Founder, Tomorrow Partners.
  23. 23. 23 C O - O W N E R S H I P PA R A C R I A Ç Ã O “Advogados" do usuário Prioridades para o negócio Possibilidades da tecnologia Objetivos da companhia DE PAPÉIS / CARGOS PARA OBSERVAÇÃO DE NECESSIDADES F O R M A L I Z A Ç Ã O D E M O M E N T O S D E D I C A D O S À C O N T R I B U I Ç Ã O C R I A T I V A E C O L A B O R A T I V A
  24. 24. O Q U E P R E C I S A M O S S A B E R ? P A R A Q U E M ? O Q U Ê ? C O M O ? 24
  25. 25. P e r f i l d o C l i e n t e ( VA L U E P R O P O S I T I O N D E S I G N ) M a p a d e e m p a t i a P e r s o n a s A R T E F AT O S / / P A R A Q U E M ? 25
  26. 26. P r o p o s t a 
 d e V a l o r ( VA L U E P R O P O S I T I O N D E S I G N ) DESCRIPCIÓN DEL PRODUCTO ¿A quién es el producto? ¿Lo que se necesita y desea el cliente? ¿Cuál es el producto? ¿Qué haces? Cliente Necesidad / Problema / Objetivo Producto Valor para el cliente ¿Cuáles son los principales beneficios para el cliente? Competidores ¿Contra la que competimos? Hay referencias? Diferenciadores ¿Puntos de diferenciación frente a los principales competidores? Frase de resumen de propuesta de valor V i s ã o d e P r o d u t o A R T E F AT O S / / O Q U Ê ? 26
  27. 27. J o r n a d a 
 d o C l i e n t e P r o t o t y p i n g 
 S k e t c h K N O W U S E E N G A G E A R T E F AT O S / / O Q U Ê ? S t o r y m a p p i n g 27
  28. 28. B a c k l o g 
 p r i o r i z a d o H i s t ó r i a s 
 d e u s u á r i o ESTÓRIA: Ver mis beneficios categorizados QUIÉN? Yo como Staff (Cesar), líder (Renata) y Executivo (Carlos) QUÉ? Quiero ver lo que son mis beneficios (por ejemplo, plan de salud, VR, VT, licencias, alquileres, asistencia en la guardería y cursos, idiomas, asociaciones con otras empresas, descuentos, etc.) POR QUÉ? Para facilitar el conocimiento de todos los beneficios y ventajas que me ofrece everis y poder disfrutar de ellos mejor. M a t r i z e s d e p r i o r i z a ç ã o 
 ( E A N Á L I S E D E R I S C O S 
 E D E P E N D Ê N C I A S ) A R T E F AT O S / / C O M O ? 28
  29. 29. I T E R A Ç Ã O & I N T E G R A Ç Ã O D E S I G N T H I N K I N G C O M A G I L E P e r f i l d o C l i e n t e P r o p o s t a d e V a l o r P r i o r i z a ç ã o B a c k l o g Va l o r x I m p a c t o V i a b i l i d a d e x R i s c o P R O D U T O / S E R V I Ç O A P R E N D E R + G R O O M I N G+ N O V O S P R O D U C T I N C E P T I O N S L E A N 
 & S C R U M M E D I R C O N S T R U I R + F E E D B A C K D O C L I E N T E + I N F O M E R C A D O E C O M P A N H I A 29
  30. 30. P R O D U C T I N C E P T I O N e v e r i s y o u | 5 D I A S , 2 0 H O R A S Resultado da pesquisa e desafios HMW Mapa Proposta de Valor - Ideação Visão do Produto - MVP e H.U. Jornada do cliente e Prototyping Storymapping
 e priorização 30
  31. 31. G R O O M I N G e v e r i s y o u | 5 D I A S , 2 0 H O R A S Detalhes técnicos das primeiras sprints Mapa da aplicação + KPIs para Analytics Conceito 
 Visual UX/UI das primeiras histórias do usuário Detalles funcionales y técnicos de las estorias de usuario de los primeros sprints. UX / UI para las primeras historias del usuario / sprints Mapa de aplicación + KPIs Analytics 22 31
  32. 32. D E S I G N T H I N K I N G R E C O R R E N T E PRODUCT INCEPTION PRODUCT INCEPTION PRODUCT INCEPTION E V O L U Ç Ã O D E V I S Ã O E R O A D M A P 32
  33. 33. 33 Q U A L É A N O S S A P R O P O S I Ç Ã O ? • AUMENTO DE QUALIDADE • ENXUGAMENTO DE PROCESSOS • PROMOVER COLABORAÇÃO 
 PARA DESIGN E PLANEJAMENTO • ACELERAR TIME-TO-MARKET • AUMENTO DE FLEXIBILIDADE • VISÃO DO TODO/ESTRATÉGIA C U R T O P R A Z O
  34. 34. 34 Q U A L É A N O S S A P R O P O S I Ç Ã O ? • TRANSFORMAÇÃO DE CULTURA • ENTREGA CONTÍNUA DE VALOR
 PARA CLIENTE E COMPANHIA • COLABORAÇÃO EXTREMA • APROVEITAR AS CARACTERÍSTICAS
 SINGULARES DA COMPANHIA M É D I O / L O N G O P R A Z O
  35. 35. 35 N O S S O P A P E L TANGIBILIZAR CENÁRIOS E NECESSIDADES
 DO CLIENTE
  36. 36. 36 N O S S O P A P E L APOIAR CONTÍNUO DESENVOLVIMENTO DA
 PROPOSTA DE VALOR
  37. 37. 37 N O S S O P A P E L DESIGN THINKING SEMPRE QUE
 POSSÍVEL
  38. 38. 38 N O S S O P A P E L PROMOVER EMPATIA 
 CLIENTES E COLABORADORES
  39. 39. P E R G U N T A S ? 39
  40. 40. O B R I G A D O ! n a t a l i . a b r e u . g a r c i a @ e v e r i s . c o m a n d r e s . a m o e d o . j u s t o @ e v e r i s . c o m b i t . l y / P r o d u c t I n c e p t i o n

×