Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Perséfone em seus espaços

koré Deméter gender and relationship questions - mitanálise

  • Be the first to comment

Perséfone em seus espaços

  1. 1. Projeto AndaLuzia Empoderamento de Mulheres Perséfone Entre os Espaços Apresentação Noeliza Lima
  2. 2. Perséfone em seu reino exerce o papel de Senhora dos Mistérios da Vida e da Morte. É ela quem recebe os mortos no mundo espiritual, formando com Hades uma união de trabalho e afetiva. É um casamento, que alimenta a ambos. Perséfone* (Koré – a jovem) foi uma boa filha. Este relacionamento com a mãe, Deméter (deusa da fertilidade e colheita)preparou-a para respeitar outras mulheres. Filha da natureza, caminha tranqüilamente entre os espaços.
  3. 3. Como exemplo cita-se sua disposição amigável em ajudar Psyché** dando-lhe a caixa da Beleza Eterna (como tarefa para Afrodite). Também com os homens se comporta assertivamente. Hércules em uma de suas tarefas lhe pede ajuda e ela presta seu concurso cedendo-lhe Cérbero, o cão de guarda dos Infernos. Traçando um paralelo com as mulheres de hoje, qual seria o segredo da majestade de Perséfone? Como consegue ela se impor e exercer seus direitos de rainha perante Hades?
  4. 4. A impressão que o mito traz é que seu companheiro não sente receio de ceder seu espaço de trabalho. Pode-se aventar a possibilidade de que Hades, conhecedor da necessidade que tem da contribuição de Perséfone e de seu valor enquanto pessoa, a deixa em liberdade para exercer sua identidade. Outro fato é que Perséfone não conheceu homens.
  5. 5. Chegou virgem ao casamento, no sentido de experiências psíquicas anteriores com o sexo masculino. Sendo filha da natureza, tendo o sentido de semente , se lhe for dado o cuidado necessário, floresce . Sobressai nesta reflexão o fato de que se a mulher receber o cuidado e o trato necessários, pode reconhecer-se como ser inteiro, e produzir . Assim, torna-se importante a figura do companheiro como: ou propiciador da regressão, ou como propiciador da maturidade (Diel,1991).
  6. 6. Comentário: Perséfone e Deméter são uma representação só. São a imersão no psíquico e no real. Representam a vida criativa, a expressão do ser perante si mesmo e o mundo, a abertura e o fechamento, permissão e a interdição.
  7. 7. No momento em que Perséfone está com a mãe, a natureza se renova. Quando ela está com Hades, a natureza adormece. Estes movimentos de ir e vir , afastar-se e aproximar-se, entre outras aparentes oposições, representam aqui a caminhada humana, ou seja, o retirar-se para planejar e se refazer, e o ato de se atirar no mundo, realizando os projetos elaborados no adormecer das estações.
  8. 8. Levando-se esta análise para o mundo, percebem-se os grupos de trabalho de mulheres, como espaços de Deméter, de reflexão e elaboração de estratégias. Ao mesmo tempo de intensa participação no público, que constituem os encontros e reuniões extras, onde semeiam a idéia da livre expressão feminina,trabalhando em suas especialidades, auxiliando outros grupos.
  9. 9. Estas mulheres simbolizam Perséfone, e se exteriorizam tanto no espaço privado como no espaço público. Assim, consideram-se tais grupos como propiciadores de reflexão,auto conhecimento e suporte. Funcionando como Deméter A que dá o dom de gestar e floresce r, como Hades, aquele que, pelas sementes de romã, propicia a Perséfone a volta ao lar...
  10. 10. Surge a compreensão da mulher inteira, neste ir e vir se renovando e transformando, impulsionando-se e aos outros, em direção a verdade e ao amadurecimento. Figuras míticas que, juntas, retratam o processo de crescimento humano, tanto individual como coletivo. E sugerem a possibilidade da ligação do homem e da mulher em sua diversidade. Perséfone: http://pt.wikipedia.org/wiki/Persefone Psyché: http://pt.wikipedia.org/wiki/Psique Artigo publicado em http://tesseract.sites.uol.com.br Cursos? ngroupsy@yahoo.com

×