Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projecto escrita criativa

Em actualização...

Projecto escrita criativa

  1. 1. http://escritacriativa_ejaf.blogs.sapo.pt/
  2. 2. O projecto - objectivos Desenvolver o gosto pela escrita e pela leitura; Desenvolver a criatividade, imaginação e sensibilidade, usando técnicas individuais e de trabalho conjunto; Conhecer os vários tipos de escrita; Dinamizar actividades que promovam a escrita como uma actividade divertida e lúdica; Experimentar as palavras e verificar a sua adequação em vários contextos; Aprender a olhar, observar e escrever sobre factos vividos e conhecidos; Desenvolver a inteligência linguística através do enriquecimento vocabular e do aperfeiçoamento da ortografia; Identificar dificuldades da escrita, agindo para superá-las; Promover a sociabilidade, a integração e o trabalho em grupo.
  3. 3. Escrever... <ul><li>“ É sem dúvida na poesia experimental que uma parte das técnicas utilizadas na escrita dita criativa, muito embora toda a boa escrita seja criativa, vai buscar raízes. </li></ul><ul><li>Em Portugal, temos excelentes exemplos de autores que pareciam querer brincar com a escrita, estando, contudo, a fazer literatura: a palavra existia, para eles, porque era simplesmente palavra e porque apregoava sensações:” </li></ul><ul><li>Jorge da Cunha </li></ul>
  4. 4. Exemplo de poesia experimental ( ou poesia visual)
  5. 5. José Saramago(1999)
  6. 6. Plano de algumas actividades: <ul><li>1. As primeiras palavras... Apresentação dos objectivos do projecto e do grupo.  Primeiros exercícios de desbloqueio. Escrita automática. </li></ul>
  7. 7. Escrever é... Escrever é uma maneira de falar sem ser interrompido Autor:  Renard , Jules   Escrever é batermo-nos com tinta para nos fazermos compreender Autor:  Cocteau , Jean      Escrever é ter a companhia do outro de nós que escreve Autor:  Ferreira , Vergílio    
  8. 8. Escrita associada à imagem <ul><li>Escrever um pequeno texto que defina o processo de escrita – (“escrever – usar palavras” </li></ul><ul><li>Associar o texto produzido a uma imagem abstracta. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>“ Há palavras que fazem bater mais depressa o coração – todas as palavras – umas mais do que outras, qualquer mais do que todas. Conforme os lugares e as posições das palavras. Segundo o lado de onde se ouvem – do lado do Sol ou do lado onde não dá o Sol. ” Cada palavra é um pedaço do universo. Um pedaço que faz falta ao universo. Todas as palavras juntas formam o universo. “ </li></ul><ul><li>As palavras querem estar nos seus lugares... </li></ul><ul><li>Almada Negreiros, A Invenção do Dia Claro </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Há palavras que nos beijam Como se tivessem boca, Palavras de amor, de esperança, De imenso amor, de esperança louca. </li></ul><ul><li>Palavras nuas que beijas Quando a noite perde o rosto, Palavras que se recusam Aos muros do teu desgosto. </li></ul><ul><li>De repente coloridas Entre palavras sem cor, Esperadas, inesperadas Como a poesia ou o amor. </li></ul><ul><li>(O nome de quem se ama Letra a letra revelado No mármore distraído, No papel abandonado) </li></ul><ul><li>Palavras que nos transportam Aonde a noite é mais forte, Ao silêncio dos amantes Abraçados contra a morte. </li></ul><ul><li>Alexandre O´Neill </li></ul>
  11. 11. <ul><li>2. Escrita sensorial: escrever a partir de estímulos visuais    </li></ul><ul><li>Recorrendo a imagens, fotografias ou postais são propostos vários exercícios de escrita de breve execução. ( dois exercícios propostos no projecto) </li></ul>
  12. 12. Tema : o mar <ul><li>Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim. A tua beleza aumenta quando estamos sós E tão fundo intimamente a tua voz Segue o mais secreto bailar do meu sonho. Que momentos há em que suponho Seres um milagre criado só para mim. </li></ul><ul><li>Sophia de Mello Breyner </li></ul>
  13. 13. Mar Português <ul><li>Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso, ó mar! Valeu a pena? Tudo vale a pena Se a alma não é pequena. Quem quer passar além do Bojador Tem que passar além da dor. Deus ao mar o perigo e o abismo deu, Mas nele é que espelhou o céu. </li></ul>
  14. 21. <ul><li>3. Escrita sensorial: escrever a partir de estímulos auditivos e olfactivos.   </li></ul><ul><li>A audição de músicas, sons ambientes ou diálogos são o ponto de partida para exercícios de escrita. Sentir e imaginar vários cheiros como forma de estimular os sentidos, e escrever! </li></ul>
  15. 22. <ul><li>4. Escrita de uma letra para uma música. </li></ul><ul><li>Proposta : Pedro Abrunhosa – Momento </li></ul><ul><li>Manter o refrão e substituir , de forma criativa, a letra da música. </li></ul><ul><li>De seguida, tentar “encaixar” a letra construída na versão instrumental. </li></ul><ul><li>Posteriormente, criar um refrão para uma música que seja do agrado dos alunos. </li></ul>

×