Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Paixão pelas Almas
O projeto de Deus e atrair a todos (...não querendo que nenhum
pereça... II Pe 3:9), e nesse projeto De...
me importo com ele, essa pessoa é muito complicada, vai me dar muito
trabalho, ou esta pessoa não quer nada com nada, some...
Pois quando colocamos parâmetros, quando dizemos esta pessoa esta
me dando muito trabalho, estamos totalmente desalinhados...
por estas vidas, entramos em um campo perigoso de exclusão e não de
inclusão, tanto o Pai quanto o Filho não excluíram nin...
“Se verdadeiramente quisermos expressar o amor de Deus,
o Senhor precisa extrair todo coração de pedra”.
Se eu me mover co...
“Se verdadeiramente quisermos expressar o amor de Deus,
o Senhor precisa extrair todo coração de pedra”.
Se eu me mover co...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Paixão pelas almas

  • Be the first to comment

Paixão pelas almas

  1. 1. Paixão pelas Almas O projeto de Deus e atrair a todos (...não querendo que nenhum pereça... II Pe 3:9), e nesse projeto Deus envolveu seu Filho. Assim como o Senhor cumpriu todo o propósito sobre a vida Dele, que nós também possamos cumprir todo o propósito designado por Deus sobre nós. Para Deus não existe nada mais importante que vidas (almas). Para que possamos nos inserir na totalidade com as coisas que Deus está inserido, precisamos ajustar algumas valores nos nossos corações. “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16 Deus “deu”, foi Deus quem quis dar, ofertar, fazer desta forma, a primeira questão que nós precisamos alinhar no nosso coração e que para nós muitas vezes, nem todas as almas deveriam ser salvas. Se pararmos para analisar, muitas vezes não evangelizamos ou nem falamos do amor de Deus, porque para nós mesmos “as vidas” não significam nada, diferente do Senhor que enquadra todas as pessoas com o mesmo significado para ele, Ele deu... o Filho por todos. Quando deparamos com pessoas, muitas vezes escolhemos quem deve ser salvo e quem não deve ser salvo, pois quando colocamos parâmetros como “para este não é o momento”, ou “este precisa muito mudar de vida”, ou este aqui não tem valor”, ou “este aqui não tem jeito”, se posicionamos desta forma o nosso coração não esta alinhado ao coração do Pai, porque o coração do Pai esta alinhado ao coração do Filho e para os dois todos tem valor, do mesmo jeito, e a palavra fala porque Deus amou, quem quis amar foi Ele, quem quis estabelecer o valor, o preço, a maneira foi Ele, mas muitas vezes nós olhamos para as pessoas e pensamos que não é momento desse ou este aqui eu nem
  2. 2. me importo com ele, essa pessoa é muito complicada, vai me dar muito trabalho, ou esta pessoa não quer nada com nada, somente me fazer perder tempo, quantas pessoas estão ao nosso redor que são almas que Deus as amou da mesma maneira que amou todas outras, e até nós mesmos, e muitas vezes olhamos para estas pessoas e podemos concluir que para nós elas não tem o mesmo valor ou o mesmo significado como elas tem para o Senhor. Então o que precisamos alinhar é o significado que as almas têm para o Senhor, este mesmo valor deve ser inserido nos nossos corações, qual é este valor: “porque Deus amou” porque ele amou, Ele deu, o Filho por ver o Pai amar então decidiu fazer parte, e se entregou. E é com este mesmo encargo que devo ir e agir com todos que precisam da salvação. O Filho concluiu que o mesmo amor que o Pai tem Ele também o tinha, pois eram um. E este mesmo amor, este mesmo zelo, esta mesma paixão, este mesmo encargo, que o próprio Senhor teve pelas almas nós precisamos receber da parte de Deus, porque senão eu e você não faremos com a mesmas paixão do Pai, e podendo cair no que diz este versículo: “Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” João 3.17 Foi Deus quem estabeleceu que o amor Dele alcançaria a todos quantos quisessem, aos mais difíceis, da mesma forma que o Filho foi enviado ao mundo não para que julgasse o mundo, também nós não estamos aqui para julgar o mundo, mas para atrair as vidas ao Pai. “Até onde devo ir com uma pessoa difícil?, até onde Ele foi, e Ele foi até ao fim, a morte!”.
  3. 3. Pois quando colocamos parâmetros, quando dizemos esta pessoa esta me dando muito trabalho, estamos totalmente desalinhados dos parâmetros de Deus. Quando amamos com nosso próprio amor um dia ele acaba, o Filho foi enviado com o mesmo amor que havia no Pai, por isso o Filho pode amar-nos com este mesmo encargo que havia no Pai, quando em nós não há este amor desistimos facilmente das vidas (almas). O nosso próprio amor não tem consistência, tem durabilidade momentânea, nosso amor não é eterno, tem data de vencimento, tem data de validade, mas o amor do Pai que flui em nós não tem data de validade, o amor que flui do Pai e um amor abrangente e um amor aberto no qual todos podem se achegar, que serão recebidos, amados, valorizados, aceitos, perdoados. ...“não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” João 3.17b “Não para que julgasse o mundo”, a missão do Filho foi ser a expressão verdadeira do amor do Pai, o Pai não envio seu Filho para que este viesse a escolher quem deveria receber o amor ou não (julgar), mas para que todos viessem a ser salvos. Para que eu possa ser canal de Deus, preciso introduzir este princípio na minha vida, pois o Senhor não tem me enviado a julgar o mundo (as vidas) mas para que eu possa ser canal de salvação a todos quantos o Senhor tem me enviado, o desejo do Senhor é me usar com este amor que procede do Pai. Muitas vezes amamos esperando retorno do “investimento” que fizemos sobre as vidas, e ficamos frustrados com o retorno, quando porém vamos amar novamente estamos totalmente contaminados com as frustrações pelas quais passamos com estas vidas, trazendo com isso enorme prejuízo para nós mesmos, caímos em comparações se vale ou não vale apena pagar o preço
  4. 4. por estas vidas, entramos em um campo perigoso de exclusão e não de inclusão, tanto o Pai quanto o Filho não excluíram ninguém, mantiveram a porta aberta, mantiveram a paixão acesa pelos perdidos, o próprio Deus estabeleceu “EU AMO, PORQUE AMO ENTÃO EU DOU”, Eu fiz o projeto, o projeto é Meu, então Eu só quero que vocês amem, as outras partes se valem ou não apena pode deixar Comigo e com meu Filho! Se eu quero amar verdadeiramente as almas então eu devo amar com este coração, com esta disposição, com este entendimento, de que o amor do Pai estava no Filho, e o amor do Pai foi revelado no Filho, não para que o Filho julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele. Se nós estamos nesta missão gloriosa da parte de Deus, de promover salvação, de promover reconciliação, que nenhum pereça, de não perdermos nenhum, as pessoas precisam ver este acesso aberto em mim e em você, precisamos ser acessíveis a tal ponto, que as pessoas venha se sentir acolhidas. “Precisamos expressar o amor do Pai” “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne”. Ezequiel 36.26 O Senhor quer trazer valores novos, parâmetros novos sobre este coração novo, sobre este espírito novo que ele colocou em você, porque se formos fazer a obra de resgatar as vidas com o coração que temos apenas, conseguiremos expressar até uma medida a partir de algum momento deixará de expressar a compaixão pelas vidas. Deus sabendo disso que não conseguiríamos expressar o verdadeiro amor, propôs um “transplante” espiritual de coração e de espírito, compartilhando conosco do Seu coração (cheio de amor e encargo pelas vidas).
  5. 5. “Se verdadeiramente quisermos expressar o amor de Deus, o Senhor precisa extrair todo coração de pedra”. Se eu me mover com o coração (pedra) que tenho jamais vou poder expressar o verdadeiro amor, o Senhor então precisa arrancar este coração de pedra, o que é isso: arrancar os valores humanos, arrancar a visão humana, arrancar sentimentos humanos, arrancar parâmetros humanos, o coração que julga, para que o Senhor possa colocar o Seu coração em nós, colocar os Seus valores, os Seus sentimentos, introduzir em nós até onde o Senhor e capaz de caminhar conosco, até onde o Senhor expressa Seu amor para conosco, pois até onde Ele foi, até a sua própria morte no calvário, Ele morreu para que nós pudéssemos ter vida, você está disposto a morrer para que alguém viva? Precisamos ter em nós a paixão pelo perdido, e isso só acontecerá quando o meu coração tiver totalmente envolvido pelo coração do Pai. Deus te abençoe!
  6. 6. “Se verdadeiramente quisermos expressar o amor de Deus, o Senhor precisa extrair todo coração de pedra”. Se eu me mover com o coração (pedra) que tenho jamais vou poder expressar o verdadeiro amor, o Senhor então precisa arrancar este coração de pedra, o que é isso: arrancar os valores humanos, arrancar a visão humana, arrancar sentimentos humanos, arrancar parâmetros humanos, o coração que julga, para que o Senhor possa colocar o Seu coração em nós, colocar os Seus valores, os Seus sentimentos, introduzir em nós até onde o Senhor e capaz de caminhar conosco, até onde o Senhor expressa Seu amor para conosco, pois até onde Ele foi, até a sua própria morte no calvário, Ele morreu para que nós pudéssemos ter vida, você está disposto a morrer para que alguém viva? Precisamos ter em nós a paixão pelo perdido, e isso só acontecerá quando o meu coração tiver totalmente envolvido pelo coração do Pai. Deus te abençoe!

×