Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Disciplina Projeto de
Interface com o
Usuário.
Professor: Wilker Bueno
Curso: Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Professor Wilker Bueno
2
05/05/2014
O processo do design da
interação
O que
Elicitação e
Analise?
Professor Wilker Bueno
3
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Definição:
No âmbito da engenharia, um requisito co...
Professor Wilker Bueno
4
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Definição:
O conceito de requisito é também utiliza...
Professor Wilker Bueno
5
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Objetivos:

Obter informações sobre o domínio da
a...
Professor Wilker Bueno
6
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Elicitar significa descobrir,
tornar explícito, obt...
Professor Wilker Bueno
7
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
A elicitação de requisitos visa
identificar e descr...
Professor Wilker Bueno
8
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
O processo de elicitação e análise de requisitos
1º...
Professor Wilker Bueno
9
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Atividades do processo de elicitação e análise de r...
Professor Wilker Bueno
10
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Atividades do processo de elicitação e análise de ...
Professor Wilker Bueno
11
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Atividades do processo de elicitação e análise de ...
Professor Wilker Bueno
12
28/04/2014
Elicitação e Analise
De Requisitos
Atividades do processo de elicitação e análise de ...
Professor Wilker Bueno
13
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Dificuldades no processo de elicitação e compreens...
Professor Wilker Bueno
14
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Dificuldades no processo de elicitação e compreens...
Professor Wilker Bueno
15
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Técnicas para elicitação de requisitos

Descobert...
Professor Wilker Bueno
16
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Descoberta de Requisitos
A descoberta de
requisito...
Professor Wilker Bueno
17
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
Importante:
* Entrevistadores devem es...
Professor Wilker Bueno
18
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Descoberta de Requisitos
Os stakeholders variam
de...
Professor Wilker Bueno
19
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Descoberta de Requisitos
1. Os pacientes cujas inf...
Professor Wilker Bueno
20
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
Entrevistas formais ou
informais com o...
Professor Wilker Bueno
21
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
1. Todos os especialistas em
aplicaçõe...
Professor Wilker Bueno
22
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
1. Eles estão abertos a novas ideias, ...
Professor Wilker Bueno
23
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
Vantagens:
- Contato direto com o
usuá...
Professor Wilker Bueno
24
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Entrevistas
Importante:
* Entrevistadores devem es...
Professor Wilker Bueno
25
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Cenários
Emsua forma mais geral, umcenário pode in...
Professor Wilker Bueno
26
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Cenários (Exemplo)
Suposição:
O paciente é atendid...
Professor Wilker Bueno
27
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Cenários (Exemplo)
Normal:
A enfermeira busca o pa...
Professor Wilker Bueno
28
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Cenários (Exemplo)
Oque pode darerrado?
O prontuár...
Professor Wilker Bueno
29
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Professor Wilker Bueno
30
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Caso de Uso
Característica fundamental
da linguage...
Professor Wilker Bueno
31
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Caso de Uso
- Cada classe de interação é
represent...
Professor Wilker Bueno
32
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Caso de Uso (Exemplo)
Uma breve descrição do caso ...
Professor Wilker Bueno
33
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Etnografia
É uma técnica de
observação que pode se...
Professor Wilker Bueno
34
28/04/2014
Elicitação e Análise De Requisitos
Etnografia
O trabalho do dia a dia é observado e s...
Professor Wilker Bueno
35
28/04/2014
Considerações finais

Os requisitos para um sistema de software estabelecem o que o
...
Professor Wilker Bueno
36
28/04/2014
Considerações finais

O processo de engenharia de requisitos inclui um estudo da
via...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Elicitação e Análise

2,183 views

Published on

Elicitação e Análise de requisitos

Published in: Technology
  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Elicitação e Análise

  1. 1. Disciplina Projeto de Interface com o Usuário. Professor: Wilker Bueno Curso: Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  2. 2. Professor Wilker Bueno 2 05/05/2014 O processo do design da interação O que Elicitação e Analise?
  3. 3. Professor Wilker Bueno 3 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Definição: No âmbito da engenharia, um requisito consiste da definição documentada de uma propriedade ou comportamento que um produto ou serviço particular deve atender. Na abordagem clássica de engenharia, conjuntos de requisitos são tipicamente utilizados como informações fundamentais para a fase de projeto de um produto ou serviço, especificando as propriedades e funções necessárias (ou desejáveis) a serem consideradas no desenvolvimento do projeto em questão.
  4. 4. Professor Wilker Bueno 4 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Definição: O conceito de requisito é também utilizado formalmente na ciência de computação, engenharia de software e engenharia de sistemas, referindo-se à definição de uma característica, atributo, habilidade ou qualidade que um sistema (ou qualquer um de seus módulos e sub- rotinas) deve necessariamente prover para ser útil a seus usuários;
  5. 5. Professor Wilker Bueno 5 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Objetivos:  Obter informações sobre o domínio da aplicação que está sendo desenvolvida;  Definir os serviços que o sistema deve oferecer;  Planejar o desempenho do sistema; e  Documentar as restrições impostas pelo hardware.
  6. 6. Professor Wilker Bueno 6 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Elicitar significa descobrir, tornar explícito, obter o máximo de informações para o conhecimento do problema em questão. Cabe à elicitação a tarefa de identificar os fatos que compõem os requisitos do Sistema, de forma a prover o mais correto e mais completo entendimento do que é demandado do software.
  7. 7. Professor Wilker Bueno 7 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos A elicitação de requisitos visa identificar e descrever os requisitos de um software a ser desenvolvido. O processo para a elicitação de requisitos prevê primeiramente a identificação dos objetivos gerais do software, informações sobre os problemas atuais existentes e por fim as necessidades que devem ser endereçadas pelo software.
  8. 8. Professor Wilker Bueno 8 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos O processo de elicitação e análise de requisitos 1º Descoberta de Requisitos 2º Classificação e Organização de Requisitos 3º Priorização e Negociação de Requisitos 4º Especificação de Requisitos Elicitação e análise de requisitos é um processo iterativo que pode ser representado como uma espiral de atividades - descoberta de requisitos, classificação e organização de requisitos, negociação de requisitos e documentação de requisitos.
  9. 9. Professor Wilker Bueno 9 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Atividades do processo de elicitação e análise de requisitos 1º Descoberta de Requisitos Essa é a atividade de interação com os stakeholders do sistema para descobrir seus requisitos. Os requisitos de domínio dos stakeholders e da documentação também são descobertos durante essa atividade.
  10. 10. Professor Wilker Bueno 10 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Atividades do processo de elicitação e análise de requisitos Essa atividade toma a coleção de requisitos não estruturados, agrupa requisitos relacionados e os organiza em grupos coerentes. A forma mais comum de agrupar os requisitos é o uso de um modelo de arquitetura do sistema para identificar subsistemas e associar requisitos a cada subsistema. 2º Classificação e Organização de Requisitos
  11. 11. Professor Wilker Bueno 11 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Atividades do processo de elicitação e análise de requisitos Inevitavelmente, quando os vários stakeholders estão envolvidos, os requisitos entram em conflito. Essa atividade está relacionada com a priorização de requisitos e em encontrar e resolver os conflitos por meio da negociação de requisitos. Normalmente, os takeholders precisam se encontrar para resolver as diferenças e chegar a um acordo sobre os requisitos. 3º Priorização e Negociação de Requisitos
  12. 12. Professor Wilker Bueno 12 28/04/2014 Elicitação e Analise De Requisitos Atividades do processo de elicitação e análise de requisitos Os requisitos são documentados e inseridos no próximo ciclo da espiral. Documentos formais ou informais de requisitos podem ser produzidos. 4º Especificação de Requisitos
  13. 13. Professor Wilker Bueno 13 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Dificuldades no processo de elicitação e compreensão dos requisitos 1. Exceto em termos gerais, os stakeholders costumam não saber o que querem de um sistema computacional; eles podem achar difícil articular o que querem que o sistema faça, e, como não sabem o que é viável e o que não é, podem fazer exigências inviáveis. 2. Naturalmente, os stakeholders expressam requisitos em seus próprios termos e com o conhecimento implícito de seu próprio trabalho. Engenheiros de requisitos, sem experiência no domínio do cliente, podem não entender esses
  14. 14. Professor Wilker Bueno 14 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Dificuldades no processo de elicitação e compreensão dos requisitos 3. Diferentes stakeholders têm requisitos diferentes e podem expressar elas de várias maneiras. Engenheiros de requisitos precisam descobrir todas as potenciais fontes de requisitos e descobrir as semelhanças e conflitos. 4. Fatores políticos podem influenciar os requisitos de um sistema. Os gerentes podem exigir requisitos específicos, porque estes lhes permitirão aumentar sua influência na organização. 5. O ambiente econômico e empresarial no qual a análise ocorre é dinâmico. É inevitável que ocorram mudanças durante o processo análise. A importância dos requisitos específicos pode mudar. Novos requisitos podem surgir a partir de novos stakeholders que não foram inicialmente
  15. 15. Professor Wilker Bueno 15 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Técnicas para elicitação de requisitos  Descoberta de Requisitos  Entrevistas  Entrevistas abertas  Entrevistas fechadas  Cenários  Casos de Uso  Etnografia
  16. 16. Professor Wilker Bueno 16 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Descoberta de Requisitos A descoberta de requisitos (às vezes chamada elicitação de requisitos) é o processo de reunir informações sobre o sistema requerido e os sistemas existentes e separar dessas informações os requisitos do usuário e de sistema. Fontes de informação durante a fase de descoberta de requisitos incluem documentação, stakeholders do sistema e especificações de sistemas similares. Você interage com os stakeholders por meio da observação e de entrevistas e pode usar cenários e protótipos para ajudar os stakeholders a compreender o que o sistema vai ser .
  17. 17. Professor Wilker Bueno 17 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas Importante: * Entrevistadores devem estar de “cabeça aberta” e não fazer a entrevista com noções pré concebidas sobre o que é necessário; * Informar aos stakeholders o ponto inicial da discussão. Isto pode ser uma questão, uma proposta de requisitos ou um sistema existente; e * Entrevistadores devem estar cientes da política organizacional - muitos requisitos reais podem não serem discutidos devido as implicações políticas;
  18. 18. Professor Wilker Bueno 18 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Descoberta de Requisitos Os stakeholders variam desde os usuários finais, passando pelos gerentes do sistema até stakeholders externos, como reguladores, que certificam a aceitabilidade do sistema. Por exemplo, os stakeholders do sistema de informação de um sistema de informação da saúde mental dos pacientes
  19. 19. Professor Wilker Bueno 19 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Descoberta de Requisitos 1. Os pacientes cujas informações estão registradas no sistema. 2. Os médicos responsáveis pela avaliação e tratamento dos pacientes. 3. Os enfermeiros que, alinhados com os médicos, coordenam as consultas e administram tratamentos. 4. As (os) recepcionistas dos médicos, que gerenciam as consultas dos pacientes. 5. A equipe de TI, responsável pela instalação e manutenção do sistema. 6. Um gerente de ética médica, que deve garantir que o sistema atenda às diretrizes éticas atuais no atendimento ao paciente. 7. Gerentes de saúde, que obtêm informações de gerenciamento a partir do sistema. 8. A equipe de registros médicos, responsável por garantir que as informações do sistema sejam mantidas e preservadas, e que os procedimentos de manutenção dos registros sejam devidamente
  20. 20. Professor Wilker Bueno 20 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas Entrevistas formais ou informais com os stakeholders do sistema são parte da maioria dos processos de engenharia de requisitos. Nessas entrevistas, a equipe de engenharia de requisitos questiona os stakeholders sobre o sistema que usam no momento e sobre o sistema que será desenvolvido. Requisitos surgem a partir das respostas a essas perguntas. As entrevistas podem ser de dois tipos: 1. Entrevistas fechadas, em que o stakeholder responde a um conjunto predefinido de perguntas. 2. Entrevistas abertas, em que não existe uma agenda predefinida. A equipe de engenharia de requisitos explora uma série de questões com os stakeholders do sistema e, assim, desenvolve uma melhor compreensão de suas necessidades.
  21. 21. Professor Wilker Bueno 21 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas 1. Todos os especialistas em aplicações usam terminologias e jargões específicos para um domínio. Para eles, é impossível discutir os requisitos de domínio sem essa terminologia. Eles normalmente usam a terminologia de forma precisa e sutil, o que dificulta a compreensão dos engenheiros de requisitos. 2. O conhecimento de domínio é tão familiar aos stakeholders que eles têm dificuldade de explicá-lo, ou pensam que é tão fundamental que não vale a pena mencionar. Por exemplo, para um bibliotecário, não é necessário dizer que todas as aquisições são catalogadas antes de serem adicionadas à biblioteca. No entanto, isso pode não ser óbvio para o entrevistador, e acaba não sendo levado em conta nos Pode ser difícil elicitar conhecimento do domínio por meio de entrevistas por duas razões:
  22. 22. Professor Wilker Bueno 22 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas 1. Eles estão abertos a novas ideias, evitam ideias preconcebidas sobre os requisitos e estão dispostos a ouvir os stakeholders. Mesmo que o stakeholder apresente requisitos-surpresa, eles estão dispostos a mudar de ideia sobre o sistema. 2. Eles estimulam o entrevistado a participar de discussões com uma questão-trampolim, uma proposta de requisitos ou trabalhando em um conjunto em um protótipo do sistema. É improvável que dizer às pessoas “diga-me o que quiser” resulte em informações úteis. É muito mais fácil falar em um contexto definido do que em termos gerais. Entrevistadores eficazes têm duas características:
  23. 23. Professor Wilker Bueno 23 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas Vantagens: - Contato direto com o usuário e validação imediata. Desvantagens: - Conhecimento tácito e diferenças de cultura. Entrevistas fechadas. O engenheiro de requisitos busca respostas para um conjunto de questões pré definidas. Entrevistas abertas. Não há uma agenda pré-definida e o engenheiro de requisitos discute, de forma aberta, o que o stakeholders quer do sistema. O engenheiro de requisitos ou analista discute o sistema com diferentes stakeholders e obtêm um entendimento dos requisitos.
  24. 24. Professor Wilker Bueno 24 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Entrevistas Importante: * Entrevistadores devem estar de “cabeça aberta” e não fazer a entrevista com noções pré concebidas sobre o que é necessário; * Informar aos stakeholders o ponto inicial da discussão. Isto pode ser uma questão, uma proposta de requisitos ou um sistema existente; e * Entrevistadores devem estar cientes da política organizacional muitos requisitos reais podem não serem discutidos devido as implicações políticas;
  25. 25. Professor Wilker Bueno 25 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Cenários Emsua forma mais geral, umcenário pode incluir: 1. Uma descrição do que o sistema e os usuários esperam quando o cenário de iniciar. 2. Uma descrição do fluxo normal de eventos no cenário. 3. Uma descrição do que pode dar errado e como isso é tratado. 4. Informações sobre outras atividades que podem acontecerao mesmo tempo. 5. Uma descrição do estado do sistema quando o cenário acaba.
  26. 26. Professor Wilker Bueno 26 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Cenários (Exemplo) Suposição: O paciente é atendido em uma clínica médica por uma recepcionista; ela gera um registro no sistema e coleta suas informações pessoais (nome, endereço, idade etc.) Uma enfermeira é conectada ao sistema e coleta o histórico médico do paciente.
  27. 27. Professor Wilker Bueno 27 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Cenários (Exemplo) Normal: A enfermeira busca o paciente pelo sobrenome. Se houver mais de um paciente com o mesmo sobrenome, o nome e a data de nascimento são usados para identificaro paciente. A enfermeira escolhe a opção do menu para adicionaro histórico médico. A enfermeira segue, então, uma série de prompts do sistema para inserir informações sobre consultas em outros locais, os problemas de saúde mental (entrada de texto livre), condições médicas (enfermeira seleciona condições do menu), medicação atual (selecionado no menu), alergias (texto livre) e informações da vida doméstica (formulário).
  28. 28. Professor Wilker Bueno 28 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Cenários (Exemplo) Oque pode darerrado? O prontuário do paciente não existe ou não pôde ser encontrado. A enfermeira deve criar um novo registro e registrar as informações pessoais As condições do paciente ou a medicação em uso não estão inscritas no menu. A enfermeira deve escolher a opção ‘outros’ e inserir texto livre com descrição da condição/medicação O paciente não pode/não fornecerá informações sobre seu histórico médico. A enfermeira deve inserir um texto livre registrando a incapacidade/relutância do paciente em fornecer as informações. O sistema deve imprimir o formulário padrão de exclusão afirmando que a falta de informação pode significar que o tratamento será limitado ou postergado. Este deverá ser assinado e entregue ao paciente. Outras atividades : Enquanto a informação está sendo inserida, o registro pode ser consultado, mas não editado por outros agentes Estado do sistema na O usuário está conectado. O prontuário do paciente, incluindo seu histórico médico, é inserido no banco de dados e um registro é adicionado ao log do sistema, mostrando o tempo de início e fim da sessão e a enfermeira envolvida
  29. 29. Professor Wilker Bueno 29 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos
  30. 30. Professor Wilker Bueno 30 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Caso de Uso Característica fundamental da linguagemUML; - Identifica os atores envolvidos em uma interação e dá nome ao tipo de interação; - Representa todas as possíveis interações que serão descritas nos requisitos do sistema; - Atores, que podem ser pessoas ou outros sistemas, são representados como figuras ‘palito’;
  31. 31. Professor Wilker Bueno 31 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Caso de Uso - Cada classe de interação é representada poruma elipse; - Identificam as interações individuais entre o sistema e seus usuários ou outros sistemas; - Cada caso de uso deve ser documentado com uma descrição textual; e - É uma técnica eficaz para elicitar requisitos dos stakeholders que vão interagir diretamente como sistema.
  32. 32. Professor Wilker Bueno 32 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Caso de Uso (Exemplo) Uma breve descrição do caso de uso Agendar consultaAgendar a consulta permite que dois ou mais médicos de consultórios diferentes possam ler o mesmo registro ao mesmo tempo . Um médico deve escolher, em um menu de lista de médicos on-line, as pessoas envolvidas. O prontuário do paciente é então exibido em suas telas, mas apenas o primeiro médico pode editar o registro. Além disso, uma janela de mensagens de texto é criada para ajudar a coordenar as ações. Supõe que uma conferência telefônica para comunicação por voz será estabelecida separadamente.
  33. 33. Professor Wilker Bueno 33 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Etnografia É uma técnica de observação que pode ser usada para compreender os processos operacionais e ajudar a extrair os requisitos de apoio para esses processos. Um analista faz uma imersão no ambiente de trabalho em que o sistema será usado.
  34. 34. Professor Wilker Bueno 34 28/04/2014 Elicitação e Análise De Requisitos Etnografia O trabalho do dia a dia é observado e são feitas anotações sobre as tarefas reais em que os participantes estão envolvidos. O valor da etnografia é que ela ajuda a descobrir requisitos implícitos do sistema que refletem as formas reais com que as pessoas trabalham em vez de refletir processos formais definidos pela organização.
  35. 35. Professor Wilker Bueno 35 28/04/2014 Considerações finais  Os requisitos para um sistema de software estabelecem o que o sistema deve fazer e define as restrições sobre seu funcionamento e implementação .  Os requisitos funcionais são declarações dos serviços que o sistema deve fornecer ou descrições de como alguns processamentos devem ser efetuados.  Muitas vezes, os requisitos não funcionais restringem o sistema que está sendo desenvolvido e o processo de desenvolvimento que está sendo usado. Estes podem ser os requisitos de produto, requisitos organizacionais ou requisitos externos. Eles costumam se relacionar com as propriedades emergentes do sistema e, portanto, aplicam se ao sistema como um todo.  O documento de requisitos de software é uma declaração acordada dos requisitos do sistema. Deve ser organizado para que ambos – os clientes do sistema e os desenvolvedores de software possam usá-lo .
  36. 36. Professor Wilker Bueno 36 28/04/2014 Considerações finais  O processo de engenharia de requisitos inclui um estudo da viabilidade, elicitação e análise de requisitos,especificação de requisitos, validação e gerenciamento de requisitos.  Elicitação e análise de requisitos é um processo iterativo que pode ser representado como uma espiral de atividades descoberta de requisitos, classificação e organização de requisitos, negociação de requisitos e documentação de requisitos.  A validação de requisitos é o processo de verificação da validade, consistência e completude, realismo e verificabilidade dos requisitos.  Mudanças organizacionais, mudanças nos negócios e mudanças e técnicas, inevitavelmente geram mudanças nos requisitos para um sistema de software. O gerenciamento de requisitos é o processo de gerenciamento e controle dessas mudanças.

×